'Caçadores de Demônios': leia a crítica do dorama na Netflix
Menu & Busca
‘Caçadores de Demônios’: leia a crítica do dorama na Netflix

‘Caçadores de Demônios’: leia a crítica do dorama na Netflix

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > ‘Caçadores de Demônios’: leia a crítica do dorama na Netflix


Caçadores de Demônios
 (The Uncanny Counter) é um dorama coreano disponível na Netflix, com uma história que mistura comédia, drama, ação e fantasia e que caiu no gosto dos assinantes do serviço, tornando-se mais um na grande lista de sucessos de 2020.

Trama de Caçadores de Demônios

Baseado no webtoon Amazing Rumor, de Jang Yi, The Uncanny Counter acompanha a vida dos caçadores de demônios, pessoas simples que devido a algum evento trágico se encontravam em coma e, nesse momento, eles têm uma segunda chances, ao serem “despertos” por seres celestiais que estão responsáveis por deixar a Terra longe de espíritos malignos.

Porém, um dos responsáveis é morto em combate e o espírito celestial ao qual ele é responsável não morreu com ele, acabou possuindo outra pessoa. É nesse momento que tudo fica confuso, pois a celestial Wi-gen (Moon Sook) encontra Mun, um jovem colegial que não estava em coma. Vale dizer que a história do jovem é bem trágica.

So Mun (Jo Byung-gyu) é um jovem órfão que perdeu seus pais devido a um acidente de carro que o deixou com um pequeno problema, o que o faz ser alvo de bullying junto com seus melhores amigos Im Ju-yeon (Lee Ji-won) e Kim Ung-min (Kim Eun-soo).

É uma cena engraçada quando Mun encontra os outros caçadores, Do Ha-na (Kim Se-jeong) pode sentir os espíritos malignos e também ler as memórias das pessoas quando ela as toca. Ga Mo-tak (Yoo Jun-sang) é super forte e pode pular longe. Choo Mae-ok (Yum Hye-ran) tem incríveis habilidades de cura. Todos estes tiveram o retorno do coma, então encaram o fato de ser caçadores um privilegio, afinal, eles estavam em estado vegetativo. Para Mun isso é apenas mais uma responsabilidade no meio de tantas outras sem vantagem alguma, o que o faz ter receio de aceitar.

dorama Netflix
So Mun confuso. | Foto: Reprodução.

Quem são vilões?

Em um primeiro momento, os vilões são os espíritos malignos que encarnam em humanos que estão a ponto de praticar o ato de matar alguém e ganham força cada vez que assassinam e consomem as almas de suas vítimas. Os espíritos que vão subindo de nível sempre consomem um x números de almas.

Mas há uma questão, na realidade, a trama está toda entrelaçada desde os garotos que praticam bullying até o prefeito corrupto com seu sistema de suborno, assassinato e poluição da cidade inteira. No meio disso, tudo os espíritos malignos habitam.

Um desses espíritos, Ji Chung-sin (Lee Hong Nae), foi o responsável por matar o quarto membro da equipe antes do Mun aparecer na história, e ele está ficando cada vez mais forte, sendo praticamente impossível dos caçadores detê-lo.

Heróis nada convencionais

Há algo extremamente atraente em super-heróis que fogem do padrão que estamos tão acostumados. Os caçadores, apesar de terem poderes sobrenaturais, foram escolhidos por serem bons humanos e todos mantêm a simplicidade em sua vida, inclusive Ha-na, Mo-tak e Mae-ok que trabalham em uma loja de macarrão bem popular no bairro pela receita caseira.

Um fator engraçado é que, na transformação em caçadores, nenhum deles ganha um corpo sarado ou uma beleza estonteante, na verdade, todos os caçadores ganham cachinhos nos cabelos e, ao invés de trajarem roupas de super-heróis, eles usam moletons vermelhos enquanto saem para caçar.

Caçadores de Demônios
O dorama Caçadores de Demônios tem chamado a atenção. | Foto: Reprodução.

Relacionamentos interessantes

Existem muitas conexões na séries que deixam o coração do espectador quentinho, como a amizade entre o So Mun, Ungmin e Juyeon, o trio está sempre junto, apoiando um ao outro e compartilhando alegrias e tristezas.

Os próprios caçadores se tratam como família, sempre protegendo-se e cuidando, não só fisicamente para o trabalho, mas também emocionalmente sendo um suporte para o outro.

Ação é um colírio aos olhos

Pelo nome da trama, esperamos quase que obrigatoriamente umas boas doses de luta e é isso que temos, meus caros!

Há muito combate corpo a corpo e as cenas de lutas sempre se diferem. Devemos agradecer ao ótimo planejamento de direção e roteiro. Podemos ver a mescla entre a utilização de poderes e habilidades a cada luta contra os oponentes, é realmente muito satisfatório ver um combate de The Uncanny Counter.

Elenco de Caçadores de Demônios

Sabemos que uma péssima atuação pode estragar a história mais impressionante do mundo, mas, com certeza, não é o que acontece aqui. Caçadores de Demônios tem um elenco confiável e talentoso.

Yoo Jun-sang e Yum Hye-ran são atores veteranos com vários trabalhos de sucesso e prêmios, os atores mais jovens Jo Byung-gyu e Kim Se-jeong se destacam pela profundidade das emoções passadas em cenas, desde o drama à comédia.

Os vilões representados por Lee Hong-nae e o prefeito corrupto, interpretado por Guang-il Choi, são aqueles seres malignos que você adora odiar. Essa solidez de interpretação arrebata todas as atenções.

Direção e Fotografia

A direção do drama é assinada por Yoo Seon Dong, nome já conhecido pelos dorameiros, mas somos obrigados a assumir que Caçadores de Demônios (The Uncanny Counter) já pode ser considerado sua obra-prima. As cenas de luta, especialmente, são muito bem coreografadas, fruto de um ótimo trabalho nos bastidores.

A fotografia não fica muito atrás ao utilizar um ótimo jogo de câmeras e efeitos especiais para trazer mais dramaticidade à trama, levantando ou baixando o ânimo das cenas conforme brinca com iluminações pouco usuais e um uso fortíssimo de luzes verdes.

Veredito final sobre Caçadores de Demônios

Vale muito a pena dar uma chance a Caçadores de Demônios. A rica história por trás desse mundo mágico encanta a todos, não só aos dorameiros de plantão! A trama tem a dosagem certa de fantasia, ação, mistério e drama, tudo caminhando com exímia com maestria.

____________________________
Por Yasmin Ribeiro – Fala! Universidade Federal do Alagoas

Tags mais acessadas