Aprenda o processo de criação de coleção de moda com a U.Mode
Menu & Busca
Como funciona a criação de uma coleção de moda?

Como funciona a criação de uma coleção de moda?

Home > Notícias > Mercado > Como funciona a criação de uma coleção de moda?

Você já se deparou com uma coleção de moda nas passarelas, ou até mesmo nas próprias lojas e comerciais, e se perguntou como tudo aquilo é pensado e estruturado? Tenho certeza que muitos possuem essa mesma dúvida sobre como funciona o processo de criação de coleção e é por isso que estamos trazendo esse tema no texto de hoje.

Ultimamente, um número muito grande de roupas, sapatos e objetos de moda estão sendo colocados no mercado, mas como funciona exatamente esse processo de criação de coleção de moda? O que é preciso para começar do zero uma nova linha? São essas e outras perguntas que vamos responder abaixo. Então, caso você tenha interesse em descobrir o mundo por trás da moda, continue a leitura!

processo de criação de coleção
Planejamento de coleção: aprenda como funciona a moda. | Foto: Freepik.

O que é coleção de moda?

Nós sabemos da importância da moda, tanto para quem trabalha com ela, quanto para os consumidores, mas o que é, de fato, uma coleção de moda? Bom, uma coleção de moda funciona basicamente como um conjunto de peças, que variam entre roupas, sapatos e acessórios, que possuem algum tipo de ligação, isto é, que tenham alguma história e similaridade.

Toda essa conexão em comum está geralmente associada ao tema escolhido e com a ideia que o estilista e a marca desejam passar para os seus clientes.

Normalmente, as coleções são as responsáveis por criar e lançar um novo (ou um novo reformulado) conceito ou estilo que acompanhará o nome da marca ou do próprio estilista e idealizador das ideias. A partir disso é que o profissional da moda consegue definir sua identidade nas peças, compartilhando com o público tudo que está por trás da coleção.

Além de todo esse processo de criação, é preciso ficar atento à coerência entre todos os objetos que se enquadram dentro da coleção. Isso é essencial para o crescimento dos produtos e da marca. Claro que possuir uma originalidade é importante, mas não adianta querer ser inovador se as peças da coleção não estiverem conectadas e não possuírem uma linha de raciocínio clara e interconectada.

No mundo da moda, essas coleções podem ser compostas por dois tipos de produtos: os básicos e os fashion. O primeiro tipo está em todas as coleções e costumam ser peças atemporais, enquanto o segundo acompanha as tendências da moda e tem um período muito menor de vendas.

Essa diferença pode ser sentida nas roupas que vão para as passarelas, desfiles de moda e que ficam na moda por um tempo específico, em comparação com as tendências consideradas atemporais.

Como funciona a criação de coleção de moda?

Quando vemos as peças expostas nas vitrines, é muito difícil imaginar o extenso trabalho envolvido por trás de tudo isso, afinal, imaginar como acontece uma criação de coleção é complicado quando você não conhece.

Entretanto, as etapas de criação de coleção de moda envolvem bem mais do que a simples vontade de criar uma roupa, já que existe a definição de um tema, a escolha de tecidos, os croquis (ou seja, esboços dos desenhos originais que vão ser implantados e desenvolvidos) e o desenho técnico (aquele que vai ser o definitivo). Ou seja, existe todo um planejamento de moda por trás de uma criação de coleção. 

Como já foi dito acima, não existe apenas um modelo de coleção, uma vez que cada uma delas procura explorar um público e um mercado diferente. Isso acontece devido a roupa que aparece na passarela não ser a mesma da vitrine da loja, pois existe toda uma idealização e distinção entre as peças que vão ser comerciais e as peças que vão carregar uma simbologia mais conceitual. 

Mas, o que é ser conceitual no universo da criação de uma coleção? Tais peças carregam cor, tendências de tecido, de bordado e de caimento, entre outros aspectos. E, justamente por isso, é preciso fazer a distinção citada anteriormente, já que as marcas precisam vender e ter público comprador.

Então, como os temas são escolhidos? Bom, na maioria dos casos, os estilistas decidem o tema da coleção por meio de um brainstorming, ou seja, uma “chuva de ideias”, baseando-se em questões ligadas à arquitetura, religião e tecnologia. Um exemplo muito interessante dessa mistura de possibilidades são os bailes de gala do MET (Metropolitan Museum of Art), em Nova Iorque.

Depois disso, é feito um processo bastante individual e intimista, no qual o estilista e a sua equipe precisam analisar todas essas ideias para finalmente chegar a uma conclusão final que agrade a todos e que também esteja dentro da proposta de cada marca. 

O que é necessário para criar uma coleção de moda?

Você sabe quais são os passos fundamentais para criar e lançar uma coleção de moda? Caso a resposta seja não, fique atento às informações abaixo. 

Antes de tudo, é necessário fazer algumas análises e pesquisas, e um “mapa de coleção de moda” pode ser o seu maior aliado nesse momento, porque planejar um lançamento demanda muita organização, trabalho em equipe, criatividade e sagacidade, e nem sempre as empresas estão preparadas para um passo tão grande como esse. 

A criação de um mapa de coleção de moda permite que a empresa visualize todas as etapas fundamentais para chegar ao resultado final, além de proporcionar o conhecimento necessário de todos os detalhes das peças que vão ser desenvolvidas.

Porém, como é feito esse mapa e por quais motivos ele auxilia na criação de uma coleção? O mapa vai envolver pesquisas (de mercado, perfil do público comprador, qualidade do material etc.), criação, negociação, produção, mostruário, estipulação de preços, além da perspectiva de vendas, de divulgação e de monitoramento, ajudando, assim, a gerar um acompanhamento de tudo que está sendo realizado.

Veja, a seguir, um passo a passo curto de como criar uma coleção de moda:

  • Primeiro, é importante conhecer o mercado, o perfil dos clientes e os produtos que vão ser vendidos, além de traçar onde a marca pretende chegar;
  • Tenha referências, isto é, crie um tema e incorpore as suas ideias dentro dele;
  • Encontre fornecedores responsáveis e que atendam as necessidades da sua empresa da melhor forma possível; 
  • Monte um cronograma possível de ser seguido (essa dica vai te ajudar muito a fazer todo o processo como deve ser realizado);
  • Faça uma monitoração dos resultados de forma constante, com o objetivo de verificar se as metas estão sendo atingidas corretamente.

Os bastidores de uma coleção de moda

Por trás de todas as campanhas de moda existem diversos profissionais que assumem grande parte da responsabilidade, juntamente com o próprio criador da coleção, para garantir o melhor resultado. 

Dessa forma, são feitos vários stylings, cliques e filmagens, objetivando valorizar o trabalho da coleção e recompensar o esforço de todos os envolvidos no processo de criação da coleção de moda, que vai desde a idealização até as passarelas ou lojas. 

Como a U.Mode pode te ajudar a criar uma coleção?

Além de tudo o que já foi citado aqui, existem ainda plataformas que auxiliam na criação e acompanhamento de coleções por meio de ferramentas como o fashion PLM e o ERP, ou ERP de moda. 

A U.Mode é uma plataforma que trabalha com fashion PLM e ajuda o estilista no processo de desenvolvimento da coleção de moda ideal. E, por ser especializada nesse segmento, o objetivo da plataforma é agilizar, organizar e facilitar a vida da equipe por trás da criação da coleção de moda, já que a empresa vai prestar toda assistência necessária para a criação de uma coleção de moda atual, criativa e voltada para a ideia da marca e/ou estilista. Gostou de aprender sobre o processo de criação de coleção e ficou interessado no trabalho da U.Mode? Acesse nosso site para saber como aproveitar a oportunidade de otimizar suas criações!

________________________
Por Anna Beatriz Peixoto – Fala! UFPE

Tags mais acessadas