Amadurecimento escolar: veja o que muda no ensino superior
Menu & Busca
Amadurecimento escolar: veja o que muda no ensino superior

Amadurecimento escolar: veja o que muda no ensino superior

Home > Universidades > Amadurecimento escolar: veja o que muda no ensino superior

As mudanças são contantes e, na maioria das vezes, influenciam na vida dos indivíduos. Sendo assim, amadurecimento vem acompanhado delas.

A passagem do Ensino Médio para o Ensino Superior destaca-se como uma das maiores modificações na rotina de um indivíduo.

Além das responsabilidades que esta nova fase exige, o amadurecimento acaba por ser uma consequência direta também.

Amadurecimento escolar: veja o que muda no Ensino Superior | foto: Reprodução
Amadurecimento escolar: veja o que muda no Ensino Superior | foto: Reprodução

Ensino Médio

Publicidade

Durante o Ensino Médio, a maioria das preocupações dos estudantes giram em torno da profissão a ser escolhida e do ingresso ou não em uma faculdade.

No entanto, não é algo que deve ser generalizado, uma vez que há alunos que não se preocupam com essas questões por não se interessarem ou por falta de condições necessárias a essa mudança.

Ensino Superior

Por outro lado, no Ensino Superior, as preocupações passam a ser relacionadas à situação monetária e à busca por estágio ou emprego.

Publicidade

Além disso, há universitários que lidam com os contratempos de morar sozinhos ou em repúblicas.

VOU MORAR SOZINHO! E AGORA? – DICAS PARA UNIVERSITÁRIOS LONGE DE CASA

Sendo assim, o que muda muito para alguém que cursa o Ensino Superior é o tamanho das responsabilidades. E elas é que permitirão o amadurecimento em si.

Portanto, a faculdade aproxima o universitário da vida adulta, exigindo mais responsabilidades e maturidade ao resolver conflitos e situações.

TRABALHAR E ESTUDAR – COMO CONCILIAR AS DUAS ATIVIDADES?

Mais do que isso, na universidade, na grande maioria das vezes, o estudante escolhe a profissão que quer seguir.

Assim, a faculdade acaba por ser mais satisfatória ao universitário, visto que este fez sua escolha dentre milhares de opções.

Mas é claro que nem sempre o aluno gostará das aulas, professores ou da própria instituição. Como tudo na vida, haverá sempre pontos positivos e negativos. E é aqui que surge a maturidade para compreender isso.

____________________
Por Isabela Cagliari – Redação Fala! Universidades

Tags mais acessadas