Água tônica é eficaz contra o coronavírus? Entenda o caso
Menu & Busca
Água tônica é eficaz contra o coronavírus? Entenda o caso

Água tônica é eficaz contra o coronavírus? Entenda o caso

Home > Lifestyle > Saúde > Água tônica é eficaz contra o coronavírus? Entenda o caso

Nas últimas semanas, um vídeo viralizou nas redes sociais ao mostrar uma mulher, Victoria Peixoto – que se autodenomina ativista política em seu Instagram -, afirmando que o consumo de água tônica combate o Covid-19 por possuir quinino em sua composição. Segundo ela, seria a mesma substância que os hospitais estão utilizando para tratar os casos mais graves da doença.

água tônica coronsvírus
A água tônica não é eficaz contra o coronavírus. | Foto: Reprodução.

Eu estou comprando água tônica, que tem quinino. Quinino é a base da cloroquina. E isso daqui você pode comprar tanto no supermercado, como eu estou fazendo, quanto na conveniência, no barzinho da esquina. Isso a Globo não te conta.

Indica Victoria Peixoto

Bom, essa fala é errônea. De fato, o refrigerante citado possui a substância quinino, que dá o gosto amarga à bebida e que, muitos anos atrás, foi utilizada em pacientes que estavam infectados com o vírus da malária.

Desse último fato é que saiu a confusão com a cloroquina, remédio utilizado nos dias atuais no combate à malária e que está sendo utilizado de forma experimental contra o Covid-19 em alguns pacientes no Brasil e no mundo.

Em entrevista ao portal G1, o pneumologista Rodolfo Fred Behrsin, professor do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, afirmou que:

 O quinino era um remédio que antigamente era usado para o tratamento da malária. Ocorreu que, devido ao seu uso indiscriminado, as variedades de malária presentes no Brasil ficaram resistentes a ele, e foi necessário substituí-lo pela hidroxicloroquina e pela cloroquina. A gente pode dizer que essas são substâncias ‘parentes’ do quinino, mas são medicamentos diferentes.

Deve-se frisar também que os usos da hidroxicloroquina e da cloroquina em pacientes do Covid-19 ainda está em fase de testes. Não há comprovação de que nenhum remédio conhecido seja efetivo no combate da doença até o momento. 

Mas, o número de pesquisas relacionadas à doença continua avançando em todos os países e a esperança de que se encontre alguma substância que funcione efetivamente para controlar o novo coronavírus ainda está viva na comunidade científica.

___________________________________
Por Anna Casiraghi – Fala! Cásper

Tags mais acessadas