Açúcar: um ingrediente, inúmeros problemas
Menu & Busca
Açúcar: um ingrediente, inúmeros problemas

Açúcar: um ingrediente, inúmeros problemas

Home > Lifestyle > Saúde > Açúcar: um ingrediente, inúmeros problemas

De acordo com a American Heart Association – Associação Americana para Doenças do Coração, não é recomendado dar açúcar processado a crianças com menos de dois anos de idade. Caso a recomendação não seja respeitada, é provável que a pessoa tenha preferência pelo sabor doce por muitos anos da vida.

É na infância que hábitos alimentares saudáveis podem ser construídos com maiores chances de um sucesso duradouro. Os gostos estimulados durante o início da vida permanecerão por um bom tempo, fazendo com que o indivíduo opte por alimentos doces sempre que puder.

Açúcar: um ingrediente, inúmeros problemas
Açúcar: um ingrediente, inúmeros problemas

Entende-se por açúcar processado aquele que está nos refrigerantes, em industrializados e doces no geral. Este tipo de ingrediente causa respostas inflamatórias e perturbações hormonais, aumentando o risco de doenças como diabetes, obesidade e hipertensão. Estas inflamações catalisam o envelhecimento e podem aumentar o risco de desenvolvimento de câncer.

Açúcar: um ingrediente, inúmeros problemas
Muffins de chocolate

Confira na tabela abaixo algumas alternativas para substituir o açúcar refinado em sua alimentação!

Alimento que contém muito açúcar SUBSTITUIÇÕES
Refrigerantes Suco de fruta natural, chás sem açúcar misturados em água com gás
Balas  Frutas e vegetais desidratados, cereal sem açúcar com frutas secas, barra de cereais sem açúcar
Bolos e tortas Banana ou maçã assadas com canela, frutas, doces funcionais feitos com açúcar de coco
Sorvetes Smoothies preparados com iogurte sem açúcar e frutas congeladas, frutas congeladas batidas com leite de coco
Cereais adoçados Aveia em flocos, cereais sem açúcar, cereais sem açúcar misturados em frutas como uva-passa branca e preta

Com tantas opções, vai ficar fácil evitar este ingrediente tão danoso sem abrir mão de alimentos saborosos!

Referências: British Journal of Sports Medicine

Por Izadora Del Bianco (@izadbr)

Tags mais acessadas