6 itens que fazem toda a diferença ao fazer uma videoconferência
Menu & Busca
6 itens que fazem toda a diferença ao fazer uma videoconferência

6 itens que fazem toda a diferença ao fazer uma videoconferência

Home > Notícias > Urbano > 6 itens que fazem toda a diferença ao fazer uma videoconferência

Uma boa videoconferência é aquela que é realizada sem interrupções e que todos conseguem ouvir e ver perfeitamente. Só que para isso acontecer é necessário que sejam utilizados equipamentos adequados e softwares que tenham boas funcionalidades. Veja quais itens podem ajudar e que garantem uma boa videoconferência.

videoconferência
6 itens que fazem toda a diferença na hora de fazer uma videoconferência. | Foto: Reprodução.

Itens que fazem toda a diferença em uma videoconferência

1. Usar um bom app de videoconferência

Um bom aplicativo de videoconferência faz toda a diferença na hora da reunião. Ele precisa garantir a estabilidade dos encontros e suportar o número de participantes.

Ele tem que ser estável e oferecer bons recursos. Por exemplo, o Teams permite que durante a webconferência sejam exibidas apresentações ao mesmo tempo que o locutor fala, deixa desfocar o fundo para evitar distrações ou possíveis embaraços se alguém aparecer atrás do seu computador, permite bloquear algum convidado que esteja tumultuando o momento, tem recurso de chat e muito mais.

Dessa forma, você sabe que a reunião estará preparada para possíveis imprevistos e pode contar com os recursos se precisar. O app também deve estar disponível para uso tanto em computadores como em smartphones, pois, dessa forma, pode ser utilizado por diversos usuários e dispositivos. 

2. Recursos de chat na videoconferência

Ainda relacionado ao app escolhido, para ter uma boa videoconferência, é preciso ter recursos de chat. Isso permitirá que as pessoas passem a fazer perguntas ou levantar pontos sem interromper quem está falando. Isso faz com que as respostas sejam respondidas sem que um “atropele” o outro.

Além disso, o chat ajuda a organizar os questionamentos, pois quem estiver conduzindo a reunião pode responder na ordem.

3. Uma câmera com boa resolução

A qualidade da imagem fará toda a diferença para ter uma boa videoconferência. É cansativo e pode ser até difícil ficar olhando para a tela por muito tempo. Ainda mais se a imagem for ruim e pouco nítida. É preciso garantir que a webcam ou a câmera do smartphone tenha uma boa resolução. A imagem deve ser nítida e vívida. 

A iluminação do ambiente contribui bastante para melhorar a imagem. É preciso que ele seja claro e que a luz não vá de encontro à câmera. Caso isso ocorra, pode causar reflexo. Um recurso que pode ajudar e alguns aplicativos oferecem é alterar o plano de fundo. É possível desfocar as imagens ou então escolher o que aparecerá. Dessa forma, o foco será quem está falando.

4. Microfones e equipamentos para captar o som

O som também deve ser de boa qualidade. As pessoas precisam entender nitidamente o que é dito. Se possível, evite usar o microfone do notebook, pois ele capta o som ambiente e podem aparecer ruídos. O melhor é usar um headset ou microfone de lapela, que captam apenas sons mais próximos.

No caso de a videoconferência ser realizada em uma sala de reuniões com mais de um participante, o equipamento deve ser de qualidade. Como ele fica sobre a mesa para captar a voz de todos, a sala deve ser silenciosa. Uma dica, independentemente do fone de ouvido usado, é sempre contar com o recurso de silenciar o microfone. Quando não estiver sendo usado, coloque no mudo para evitar vazamento de sons. 

5. Tenha um bom equipamento

Um bom equipamento também ajudará bastante. O computador deve ter um bom poder de processamento para que consiga rodar o software sem que ocorram travamentos ou lentidão.

Se for usar o smartphone, instale o aplicativo antes e teste para saber se está tudo funcionando. Certifique-se de que a conexão com a internet está boa. No caso de usar um pacote de dados móveis, veja se existe limite disponível para que a conexão não seja interrompida.

Uma dica para quem usa o celular é ter um suporte para ele, assim, as mãos ficam livres e as imagens não ficam tremidas.

6. Conexão da internet

Para que a videoconferência possa acontecer, é necessário estar conectado com a internet. A pandemia trouxe congestionamento e muita lentidão na internet, mas é preciso garantir que haja uma boa conexão, sem lentidão, seja ela por cabo, Wi-Fi ou por dados móveis.

Fazer testes antes de começar o encontro garante que consiga uma boa videoconferência. Dependendo do app que será usado para a conferência, é preciso ter uma velocidade mínima para usar ele bem. Verifique isso com antecedência e garanta que a internet irá suportar a conexão. 

Uma boa videoconferência só acontece se forem utilizados bons equipamentos. Entretanto, isso não é suficiente, são necessárias outras coisas. O comportamento dos participantes e duração adequada da reunião garantirão que todos se entendam e participem.

___________________________
Por Luana Biral – Fala! Unip

Tags mais acessadas