5 adaptações de quadrinhos para fugir do tema "super-herói"
Menu & Busca
5 adaptações de quadrinhos para fugir do tema “super-herói”

5 adaptações de quadrinhos para fugir do tema “super-herói”

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > 5 adaptações de quadrinhos para fugir do tema “super-herói”

Filmes de super-herói se tornaram os queridinhos de Hollywood na última década, sendo a grande maioria deles adaptações diretas ou baseadas em nos quadrinhos da Marvel ou da DC Comics. Apesar da grande predominância dos heróis no gosto popular, as HQs constituem uma mídia muito ampla, que possui todo tipo de obra dos mais variados gêneros. De maneira a servir como porta de entrada para essas obras, a lista a seguir busca indicar 5 adaptações de quadrinhos consagrados para as telonas. Confira:

Adaptações de quadrinhos para assistir

1. V de Vingança (​V for Vendetta)

V de Vingança
V de Vingança. | Foto: Reprodução.

Adaptação da graphic novel de mesmo nome, que fez tornar conhecido aquele que é considerado um dos maiores gênios da nona arte: Alan Moore. Publicada entre 1982 e 1989 e ilustrada por David Lloyd, a história se passa em um passado distópico alternativo, em que um regime totalitário ascendeu ao poder após uma guerra nuclear. O protagonista V, um justiceiro de postura anarquista, busca então derrubar o regime.

A máscara usada pelo personagem é uma representação estilizada do soldado inglês Guy Fawkes, que teve participação em uma conspiração para assassinar o rei inglês James I, no século XVII. Popularizando-se anos mais tarde, acabou se tornando símbolo de revoltas contra o autoritarismo e o controle estatal, sendo até adotada pelo grupo Anonymous.

O filme foi lançado em 2005, dirigido por James McTeigue e estrelando Natalie Portman em um dos papéis principais. Foi no geral bem recebido pela crítica e pelo público e, apesar da recepção negativa por parte de Moore desde a concepção do filme, acabou aumentando a popularidade da HQ e estendendo seu legado. O quadrinho foi publicado no Brasil pela editora Panini.

2. Ghost World – Aprendendo a Viver (Ghost World)

adaptações de quadrinhos
Ghost World – Aprendendo a Viver. | Foto: Reprodução.

O filme de 2001, dirigido por Terry Zwigoff, tem roteiro do diretor e de Daniel Clowes, também autor da HQ homônima lançada entre 1993 e 1997. O filme segue duas adolescentes, Enid (Thora Birch) e Rebecca (Scarlett Johanson), após sua formatura no ensino médio. Nenhuma das duas planeja fazer faculdade, tendo o sonho de morar juntas. Em uma pegadinha de mal gosto, acabam conhecendo o colecionador de discos antigos Seymour (Steve Buscemi), com o qual Enid se identifica e acaba desenvolvendo uma grande amizade.

O filme não foi grande sucesso de bilheteria na época, apesar da recepção favorável da crítica, tendo ganhado o status de cult nos anos seguintes. A trilha sonora mescla músicas jazz e blues antigos com algumas faixas de rock e punk, e o filme acaba se tornando um coming of age com uma atmosfera bem diferente. Vale a pena conferir o filme e o quadrinho, que saiu no Brasil pela editora Nemo.

3. Anti-Herói Americano (American Splendor)

melhores adaptações de quadrinhos
Anti-Herói Americano. | Foto: Reprodução.

Lançado em 2003 e dirigido por Shari Springer Berman e Robert Pulcini, o filme é uma adaptação da série de quadrinhos autobiográficos de Harvey Pekar, American Splendor, e na graphic novel Our Cancer Year – “nosso ano do câncer”, em um tradução livre – escrita por Pekar e sua esposa Joyce Brabner. O filme mescla a partes encenadas com depoimentos reais das personagens.

Harvey (Paul Giamatti) é um arquivista frustrado que, após conhecer o cartunista Underground Robert Crumb (James Urbaniak), decide criar sua própria série de revistas em quadrinhos retratando histórias de seu cotidiano. Sua esposa Joyce (Hope Davis) e seu amigo Toby (Judah Friedlander) também são personagens frequentes. Parte das histórias podem ser encontradas em Bob e Harv: Dois Anti-Heróis Americanos, da editora Conrad.

4. Sin City – A Cidade do Pecado (Sin City)

adaptações de quadrinhos no cinema
Sin City – A Cidade do Pecado. | Foto: Reprodução.

O filme de 2005, dirigido por Robert Rodriguez, Frank Miller e Quentin Tarantino, é baseado na série de HQs homônima de Miller, que também assina o roteiro. Publicada entre 1991 e 1992, a série contém diversas histórias que se passam na cidade fictícia de Basin City, conhecida pelo seu apelido Sin City.

O filme segue a mesma linha, apresentando pequenos trechos nos quais certos personagens se repetem. Um grande chamariz do filme foi a sua fotografia, feita inicialmente em preto e branco com cores sendo adicionadas em pontos específicos. Foi um grande sucesso de público e crítica. A maioria das graphic novels da série foram publicadas no Brasil pela editora Devir.

5. Turma da Mônica: Laços – uma das adaptações de quadrinhos mais famosas atualmente

Turma da Mônica Laços
Turma da Mônica: Laços. | Foto: Reprodução.

O selo de graphic novels da MSP, que contém releituras de diversos personagens clássicos de Maurício de Souza, foi responsável por alavancar a carreira de diversos artistas da cena nacional de quadrinhos, sendo dois deles Victor e sua irmã Lu Cafaggi. A dupla escreveu Turma da Mônica: Laços, lançada em 2013, que deu origem ao filme de mesmo nome de 2019, dirigido por Daniel Rezende, onde a turma sai em busca do cachorro de Cebolinha, Floquinho, que desapareceu. O filme foi um grande sucesso tanto de público como e crítica, e a HQ rendeu uma sequência, Lições, que foi publicada, assim como sua antecessora, pela Panini.

Essas são apenas algumas das adaptações de quadrinhos para você aproveitar e curtir o fim de semana!

_____________________________
Por Felipe Parlato – Fala! Cásper

Tags mais acessadas