2 de abril: Dia Mundial de Conscientização do Autismo
Menu & Busca
2 de abril: Dia Mundial de Conscientização do Autismo

2 de abril: Dia Mundial de Conscientização do Autismo

Home > Lifestyle > Saúde > 2 de abril: Dia Mundial de Conscientização do Autismo

No dia 2 de abril, Dia Mundial de Conscientização do Autismo, entenda o que é o transtorno do espectro autista, quais os sintomas e como essas pessoas podem ser apoiadas.

2 de abril autismo
2 de abril, dia mundial de conscientização ao transtorno do espectro autista. | Foto: Reprodução.

O que é o autismo?

De acordo com a National Autistic Society (NAS), o autismo é uma deficiência que afeta a maneira como as pessoas percebem o mundo e interagem com os outros.

Uma pessoa com autismo experimenta seu ambiente de maneira diferente dos outros, o que pode afetar suas habilidades de comunicação e sua capacidade de se relacionar socialmente. Caso haja algumas discriminação contra pessoas com autismo, a mesma pode ser relatada via disque denúncia.

Como o nome sugere, o autismo é uma condição do espectro, o que significa que, embora todas as pessoas autistas compartilhem certas características, elas podem experimentar a condição de maneiras diferentes. Pessoas de todas as nacionalidades e origens culturais, religiosas e sociais podem ter autismo, embora o transtorno pareça afetar mais homens do que mulheres.

Quais os sintomas do TEA?

Duas pessoas não experimentam TEA da mesma maneira. No entanto, existem alguns fatores em comum para a maioria dos casos. Em particular, entender e se relacionar com outras pessoas e participar da vida cotidiana pode ser mais difícil.

Como resultado da doença, as pessoas com autismo podem parecer insensíveis, procurar tempo sozinhas e se comportar de uma maneira considerada socialmente inadequada.

Afirma o NHS, Serviço Nacional da Saúde do Reino Unido

Pessoas com autismo também tendem a se envolver em comportamentos e rotinas repetitivas. Por exemplo, eles podem querer sempre viajar da mesma maneira para a escola ou para o trabalho ou comer exatamente a mesma comida no café da manhã em um dia específico da semana. Muitas pessoas com desordem do espectro autista também sofrem com sub-sensibilidade a sons, toques, gostos, cheiros, luz, cores, temperaturas ou dor.

No entanto, a Síndrome de Asperger, que é uma forma de autismo, está ligada aos níveis médios ou acima da média de inteligência. Um exemplo de personalidade com a Síndrome de Asperger é a ativista do clima Greta Thunberg.

Como as pessoas com transtorno do espectro autista podem ser apoiadas?

O autismo é uma condição vitalícia e muitas pessoas acreditam que essa característica é uma parte importante de sua identidade. No entanto, existem várias estratégias e programas comportamentais que ajudam a permitir o aprendizado e o desenvolvimento que pessoas com autismo podem achar úteis.

Para ajudar pessoas que se encaixam no espectro autista, é importante estudar sobre assunto e ter respeito com o espaço da outra pessoa. Ao viver com alguém que sofra da doença, tente ser claro, direto, apostar na comunicação visual, prestar atenção na sobrecarga sensorial e compreender que as diferenças de alguém com o transtorno do espectro autista, apesar de limitadoras em alguns aspectos, não são necessariamente ruins.

Tags mais acessadas