Thiago Gagliasso se intitula "ex-irmão" de Bruno Gagliasso; entenda
Menu & Busca
Thiago Gagliasso se intitula “ex-irmão” de Bruno Gagliasso; entenda

Thiago Gagliasso se intitula “ex-irmão” de Bruno Gagliasso; entenda

Home > Entretenimento > Famosos e TV > Thiago Gagliasso se intitula “ex-irmão” de Bruno Gagliasso; entenda

Na segunda-feira (28), Thiago Gagliasso surpreendeu seus seguidores por se apresentar como “ex-irmão” de Bruno Gagliasso em um recado enviado a Leandra Leal.

A atriz participou do programa Altas Horas, da TV Globo, e fez críticas ao atual governo. Por isso, Thiago, que defende publicamente o presidente Jair Bolsonaro, decidiu conversar com Leandra e escreveu uma mensagem.

 “Oi, Le, sou eu Thi, ex-irmão do Bruno Gagliasso, adorei sua posição no Altas Horas! Sou teu fã, mas tu já viu a tal da prestação de contas da Rouanet? Sei que com toda sua visibilidade poderia nos ajudar, manda uma mensagem para o Fábio Porchat.”

Thiago Gagliasso enviou o recado para Leandra pelo direct do Instagram e publicou o print em sua página. Na legenda, ele insultou a atriz chamando-a de “Leandra Desleal”.

Thiago Gagliasso ex-irmão
Thiago Gagliasso envia mensagem para “Leandra Desleal”. | Foto: Reprodução/Instagram.

Por que Thiago Gagliasso se declara “ex-irmão” de Bruno Gagliasso?

Nas redes sociais, Thiago Gagliasso se apresenta como um defensor da gestão de governo atual e das ideias de extrema direita. O ator também já publicou seu apoio ao tratamento precoce por meio de remédios sem eficácia comprovada, como ivermectina e cloroquina.

Além disso, constantemente, Thiago faz críticas a diversos integrantes da classe artística que se opõem ao presidente Bolsonaro e cobra o posicionamento. No dia 21 de junho, ele enviou uma mensagem para Samantha Schmutz alegando que a atriz deveria se manifestar diante do “Passivo da Rouanet” que envolve cerca de 12 bilhões de reais que não foram auditados.

Thiago Gagliasso ex-irmão
Thiago Gagliasso e Bruno Gagliasso não têm a mesma opinião política. | Foto: Montagem/Reprodução.

No entanto, Bruno Gagliasso, de 39 anos, bem como sua esposa Giovanna Ewbank, se posicionam contra Bolsonaro e já declararam apoio aos movimentos sociais. Ontem, no Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA +, Bruno publicou uma imagem nos stories, com o texto: “Apoiar Bolsonaro não significa apoiar suas decisões políticas’. Mas você tá apoiando o quê então? A carreira musical dele?”.

Assim, internautas têm afirmado que Thiago Gagliasso se intitula como “ex-irmão” de Bruno Gagliasso pelas divergências políticas diante da gestão atual.

_____________________________
Por Lucas Kelly – Redação Fala

Tags mais acessadas