Taylor Swift: Tudo sobre o curta-metragem de 'All Too Well'
Menu & Busca
Taylor Swift: Tudo sobre o curta-metragem de ‘All Too Well’

Taylor Swift: Tudo sobre o curta-metragem de ‘All Too Well’

Home > Entretenimento > Música > Taylor Swift: Tudo sobre o curta-metragem de ‘All Too Well’

A loirinha que divide opiniões, Taylor Swift, está regravando seus álbuns e o da vez foi Red, lançado originalmente em 2012. Com o relançamento de um dos seus mais famosos trabalhos, Taylor produziu um curta-metragem da música All Too Well, contando com Sadie Sink, que fez a série Stranger Things, Dylan O’Brien, um dos grandes protagonistas da série Teen Wolf, e a própria cantora.

All Too Well é um dos maiores sucessos da carreira de Taylor e com esse short film de quase 15 minutos, ela acrescentou uma letra que não tinha na versão de 2012, além de cenas retratando seu relacionamento conturbado e abusivo de 2010. O namoro que a cantora retrata na música é com o ator Jake Gyllenhaal, ela tinha 20 anos e ele 30 na época em que estiveram juntos.

Logo que o curta foi lançado, já atingiu um enorme público, assim como seu álbum Red (Taylor’s Version), que bateu o recorde no Spotify de álbum feminino mais ouvido em um dia. A seguir, confira algumas curiosidades sobre o short film.

Saiba tudo sobre All Too Well, primeiro curta-metragem de Taylor Swift.
Saiba tudo sobre All Too Well, primeiro curta-metragem de Taylor Swift. | Foto: Reprodução.

Curiosidades sobre All Too Well, curta-metragem de Taylor Swift

1. Sadie Sink e Dylan O’Brien têm praticamente a mesma diferença de idade que Taylor Swift e Jake Gyllenhaal tinham na época que namoraram.

Sadie tem 19 anos e Dylan 30, enquanto Taylor tinha 20 e Jake 30. Isso foi uma das primeiras coisas que os fãs perceberam quando o elenco foi anunciado, fazendo a ligação com o relacionamento de 2010.

2. Escolha dos Atores 

Taylor contou, em entrevista ao programa Late Night With Seth Meyers, que quando pensou em fazer o curta, Sadie e Dylan vieram direto na cabeça dela. A cantora conversou primeiramente com Sink e ela aceitou logo de cara, mas se ela tivesse dito não, Swift teria desistido do projeto. E logo após conversou com O’Brien, que também aceitou logo de cara. Lembrando que os atores são grandes fãs da loirinha.

3. Capa do curta 

A rainha dos easter eggs não ia deixar de passar uma boa oportunidade, não é mesmo? A capa conta com Dylan e Sadie se olhando, mas o que muitos não perceberam é que Sadie está olhando diretamente para os olhos de Dylan, enquanto o rapaz está com os olhos vidrados na boca da atriz, de modo que não conseguia encará-la. Taylor fez um paralelo para tentar afirmar que Jake sabia sobre como destruiu o coração e a saúde mental da artista. Além da posição de Sink ser igualzinha a de Swift na capa original de Red (2012).

Com esse curta-metragem e esses álbuns “Taylor’s Version”, percebe-se que Taylor Swift é uma verdadeira gênia! A mulher pensa em tudo, inclusive em formas de inovar o meio musical. Acredita-se que a próxima regravação vai ser de 1989, um de seus mais famosos álbuns.

__________________________________________________________

Por Maria Mesquita – Fala! São Judas

Tags mais acessadas