Série sobre o goleiro Bruno é cancelada pela TV Globo
Menu & Busca
Série sobre o goleiro Bruno é cancelada pela TV Globo

Série sobre o goleiro Bruno é cancelada pela TV Globo

Home > Entretenimento > Famosos e TV > Série sobre o goleiro Bruno é cancelada pela TV Globo

A série sobre o ex-goleiro Bruno, condenado a 20 anos e 9 meses pelo assassinato de Eliza Samúdio, não vai sair do papel. Após muita discussão interna e revolta nas redes sociais, o projeto não será exibido pela TV Globo.

goleiro bruno flamengo
O ex-goleiro Bruno foi condenado a mais de 20 anos de prisão pelo assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samúdio. | Foto: Reprodução.

O caso Eliza Samúdio

Em 2010, o caso Eliza Samúdio ganhou muita repercussão. Na época, a modelo e atriz mantinha um relacionamento com então goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes.

Segundo veiculado pela mídia, ao informá-lo que estava grávida, o jogador teria planejado a sua morte.

Após um longo julgamento em março de 2013, Bruno foi condenado a 20 anos e 9 meses por homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, asfixia e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima), sequestro, cárcere privado e ocultação de cadáver.

Em julho de 2019, o ex-goleiro Bruno ganhou o benefício do regime semiaberto domiciliar, após ter cumprido o tempo necessário para progressão da pena, conforme está previsto na Lei de Execuções Penais (LEP).

A série sobre o goleiro Bruno foi cancelada

De acordo com a jornalista Patrícia Kogut, colunista do O Globo, o Globoplay desistiu de levar adiante a produção da série que seria dirigida por Amora Mautner e escrita por Lucas Paraizo.

A atriz Vanessa Giácomo já estava confirmada no papel da vítima Eliza Samúdio. A proposta da série já havia causado revolta nas redes sociais e até mesmo entre funcionários da Rede Globo, como a autora Gloria Perez.

Ainda de acordo com a colunista, mesmo com o cancelamento da série sobre o ex-goleiro Bruno, existe a intenção da TV Globo em fazer novas produções sobre crimes conhecidos.

__________________________________________
Por Rafaele Oliveira – Redação Fala!

Tags mais acessadas