Saúde física e mental: Como praticar yoga em casa
Menu & Busca
Saúde física e mental: Como praticar yoga em casa

Saúde física e mental: Como praticar yoga em casa

Home > Lifestyle > Saúde > Saúde física e mental: Como praticar yoga em casa

A yoga é uma prática de exercícios que vem ganhando muita fama nos últimos anos, graças aos seus benefícios físicos e mentais, adequando-se a cada intenção do praticante.

Originada na Índia e inspirada por filosofias do hinduísmo e budismo, a yoga é um conjunto de exercícios que promove autoconhecimento e relaxamento do corpo e da mente, através de práticas de respiração, posturas e meditação.

Por ser uma prática voltada somente para o corpo, a yoga é uma ótima opção para praticar em casa, com materiais ao alcance das mãos. Pensando nisso, aqui há um conjunto de dicas para exercitar seu corpo e mente no conforto de seu lar.

Dicas para praticar yoga em casa

1. Escolha um lugar calmo

Um ponto crucial dos exercícios é a escolha correta de espaço. Sempre tenha em mente um lugar calmo e sem muitos barulhos externos para realizar sua prática de yoga. Os sons exteriores afetam muito na maneira que o corpo relaxa e descansa.

2. Use roupas confortáveis

Com a yoga, você irá se alongar e esticar. Sendo assim, procure usar roupas confortáveis e que não afetem sua circulação sanguínea.

benefícios da yoga
A prática da yoga é muito importante para a saúde física e mental. | Foto: Pexels.

3. Momento de relaxamento

A prática é a oportunidade diária de concentrar-se em si, nos processos respiratórios e hormonais do seu corpo. Assim, faça do momento uma transformação interior de autoconhecimento e descanso mental.

4. Acompanhe treinos profissionais

Atualmente, há diversos profissionais na prática de yoga que disponibilizam seus treinos na web ou em redes sociais. Os canais de YouTube, por exemplo, são uma maneira fácil e barata de realizar uma aula experimental ou começar uma rotina.

Alguns exemplos deles são: “Pri Leite Yoga” e “Fernanda Yoga”, ambos em português, ou, caso seja de sua preferência, “Sarah Beth Yoga” e “Yoga With Adriene”, na língua inglesa.

5. Procure não se alimentar antes da prática

Estar com o estômago cheio pode ser prejudicial no momento de exercitar seu corpo, uma vez que você não terá a mesma energia e poderá ter complicações. Por isso, alimente-se bem, conforme seus hábitos, e espere, aproximadamente, 30 minutos para começar a yoga.

meditação guiada
A meditação ajuda a controlar a ansiedade. | Foto: Pexels.

6. Crie um ritual e tenha paciência

Organize sua rotina para encaixar a yoga nos momentos oportunos, tendo em vista momentos em que você poderá se dedicar inteiramente à prática, sem distrações externas.

Ademais, é importante ressaltar que os resultados não são instantâneos, são necessários paciência e cuidado durante a jornada. Observar as pequenas (e muito benéficas) mudanças do seu corpo e mente é um ótimo incentivo para continuar.

7. Respeite seus limites

A parte mais importante da prática de yoga é saber respeitar os seus limites, sejam eles físicos ou mentais. Saber até onde seu corpo aguenta e o que você pode fazer com ele é um ótimo caminho inicial para evitar possíveis dores ou machucados. A melhor parte de tudo é poder aproveitar e desfrutar na medida certa!

_________________________________
Por Letícia Lopes – Fala! Cásper

Tags mais acessadas