'Sangue e Água' - Confira a crítica da série original Netflix
Menu & Busca
‘Sangue e Água’ – Confira a crítica da série original Netflix

‘Sangue e Água’ – Confira a crítica da série original Netflix

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > ‘Sangue e Água’ – Confira a crítica da série original Netflix

A nova série teen Sangue e Água é a segunda produção original Africana lançada pela Netflix. Com seis episódios na sua primeira temporada, ela segue a história de Puleng Khumalo, uma jovem de 16 anos que busca respostas sobre o desaparecimento de sua irmã mais velha, Phume.

Quando acaba na festa de aniversário da rica Fikile Bhele, Puleng começa a suspeitar que a garota possa ser sua irmã perdida, Fiki vem de uma família rica e é cercada de amigos do mesmo grupo social, ela é a aluna perfeita e estrela de natação do colégio preparatório de elite onde estuda, em Cape Town. Puleng se transfere para a escola para tentar se aproximar de Fakile e descobrir a verdade sobre os mistérios que cercam a jovem estrela.

O desaparecimento de Phume tem um papel esmagador na vida de Pulleng, ela e o irmão vivem na sombra desse mistério de 17 anos, e seus pais sofrem um luto em relação ao desaparecimento do qual não parecem conseguir se afastar, o que cria tensões na família. Enquanto navega pelo mistério de Fiki ser a perdida Phume, a história conta com elementos clássicos de melodramas teens, como uniformes combinando em escolas de alto padrão, intriga entre alunos pelos primeiros lugares, triângulos amorosos, sexo, brigas e jovens entrando em vários problemas.  

Sangue e Água Netflix
Sangue e Água, série original Netflix. | Foto: Reprodução.

Crítica da série africana

A série possui uma vibe única presente o tempo todo, rodeada pelas belas paisagens da Cidade do Cabo, ela mantém esse elemento cool e inovador, que não estamos acostumados a ver nas produções norte-americanas. O elenco é majoritariamente negro, trazendo uma diversidade que as séries teens não costumar ter. O jovem elenco prende o espectador na história, que segue com certa profundidade a realidade de seus personagens com um leve e persistente clima de investigação, acompanhado por uma trilha sonora eletrizante e elementos da cultura sul-africana. 

A série é autêntica, pautada no mistério, mas não carregada apenas por ele, ela remete aos problemas políticos e socioculturais da África do Sul, sem perder os elementos clássicos das séries teens de qualquer país. Os adolescentes estão tentando descobrir quem são e como devem agir, enquanto são surpreendidos por elementos inesperados das suas vidas, seus segredos e as consequências de suas decisões.

A Netflix tem tido sucesso em conquistar espectadores para seus dramas teens pautados nos questionamentos universais dos jovens, que independem do lugar de origem da série, como é o caso do sucesso de Elite, série espanhola teen que está entre as mais assistidas no serviço de streaming

A série possui um bom tamanho, os 6 episódios da primeira temporada passam rapidamente e são bem amarrados e desenvolvidos, deixando um gostinho de quero mais ao final. A série relembra Gossip Girl e Elite por seus uniformes, colégio de elite, os dramas adolescentes e os diálogos abertos sobre sexo e drogas, os fãs dos dramas teens, com certeza, vão gostar de Sangue e Água.

____________________________
Por Larissa Cruz – Fala! USP

Tags mais acessadas