quinta-feira, 18 abril, 24
HomeFamosos e TVSandy no Quem Pode, Pod: veja os destaques da entrevista

Sandy no Quem Pode, Pod: veja os destaques da entrevista

Nesta terça-feira (15), tivemos a grata oportunidade de ouvir a voz marcante da cantora, compositora e atriz Sandy, de 40 anos, ecoar no “Quem Pode, Pod”, um podcast dinâmico e cativante conduzido por Giovanna Ewbank e Fernanda Paes Leme. Nesse episódio em particular, as fronteiras da conversa foram ultrapassadas enquanto a artista compartilhava suas experiências e opiniões sobre uma série de temas controversos que moldaram sua trajetória profissional.

sandy
A entrevista ainda rendeu belas fotos das apresentadoras junto à Sandy. | Foto: Divulgação Sandy/ Instagram.

Além de mergulharmos em reflexões sobre maternidade, vínculos afetivos e a complexa relação com a exposição midiática, um dos assuntos mais contundentes que emergiu foi o seu notório rótulo de “fama de santa”. 

Em um relato carregado de autenticidade, Sandy confessou a profunda inquietação que sentia quando o foco da discussão recaía sobre sua sexualidade. Ela compartilhou como era afetada por um estigma que limitava sua liberdade de expressão nesse aspecto crucial da vida, descrevendo essa situação como uma verdadeira “prisão” para seu senso de identidade.

Sandy revivenciou memórias que a fizeram perceber o quão exigida e alvo de especulações foi ao longo de sua trajetória. Ela compartilhou como, quando tinha apenas 14 anos, alguém a questionou sobre suas perspectivas de casar virgem. Ao refletir sobre esse momento, ela observou que sua perspectiva sobre o tema ainda não estava completamente formada em sua mente naquela época. 

Essa inquietação a levou a explorar as dificuldades de estabelecer limites nesse contexto, chegando até a admitir que recorreu à mentira em algumas ocasiões para lidar com o assunto. Ela revelou abertamente: “Ou eu me expunha e me sentia mal depois, ou eu mentia. Eu menti sobre meu primeiro beijo”.

A cantora enfatizou que os questionamentos excessivos em torno de sua vida pessoal naquele período não tinham fundamento na realidade. Ela salientou que era uma adolescente comum, com namoro e vida própria, incluindo sua sexualidade. No entanto, qualquer acontecimento mínimo se tornava notícia, o que a deixava perplexa. O auge da exposição resultou na presença de Sandy em incríveis 14 capas de revista simultaneamente.

Durante o decorrer da entrevista, ao relembrar seus relacionamentos anteriores ao casamento, as apresentadoras Fê Paes Leme, Gio Ewbank e a própria Sandy perceberam uma curiosidade: todas haviam tido alguma ligação com o ator Paulinho Vilhena em diferentes momentos de suas vidas. Sandy também recordou que era virgem naquela época e que não havia tido relações sexuais com o artista durante o período em que namoraram.

Quando questionada sobre sua perspectiva atual em relação à intimidade sexual, Sandy não hesitou em compartilhar seu ponto de vista. Ela mencionou, por exemplo, que faz uso de um vibrador quando o marido está viajando, destacando a importância da masturbação e do autoconhecimento feminino. Com firmeza, ela afirmou: “As mulheres têm que se conhecer. Antes de a gente querer que o parceiro conheça a gente ou faça o que a gente quer, a gente tem que saber pedir”.

Sobre a exposição do filho de Sandy

Um outro aspecto notável da entrevista concentrou-se na maternidade, e Sandy compartilhou que sua abordagem ao trabalho mudou significativamente após a chegada de Theo. Ela destacou que já havia adotado um ritmo mais tranquilo em sua carreira solo, e que agora dispõe de um leque de escolhas que a fazem repensar suas prioridades. De forma eloquente, ela explicou: “O meu ritmo já era mais lento desde quando comecei a carreira solo. Tem um bando de coisas que agora que eu posso escolher e eu não quero mais”.

Nas plataformas de mídia social, um tema que sempre suscitou questionamentos por parte do público diz respeito à decisão da cantora de não revelar publicamente o rosto de seu filho. Sandy argumentou com sensatez: “Eu resguardo a privacidade dele porque quero que ele tenha essa escolha, a opção de decidir se quer ou não seguir a fama. No momento, a face do Theo permanece em segredo para todos. 

Sandy se abriu sobre suas crises de pânico

A conversa também trouxe à luz um aspecto marcante: durante a turnê Sandy & Junior em 2019, a cantora passou por diversas crises de pânico. Ela revelou que não estava mais acostumada com a grandiosidade dos espetáculos que caracterizavam essa fase da carreira. A entrevistada compartilhou como a intensa atenção voltada para ambos os irmãos acrescentava um peso adicional de responsabilidade. 

E isso sem mencionar a extensão dos shows, que regularmente se estendiam por aproximadamente duas horas de apresentação. Ela explicou: “Eu tinha que cantar, dançar, trocar de roupa, ser artista pop de novo, do nada, virar essa ficha. Eu não sabia se eu sabia fazer isso de novo, eu estava com medo, de verdade”.

Confira a entrevista completa: 

_________________________________________
Por Beatriz Lippi – Redação Fala!

ARTIGOS RECOMENDADOS