Rio de Janeiro: 5 ilhas pouco conhecidas para você turistar
Menu & Busca
Rio de Janeiro: 5 ilhas pouco conhecidas para você turistar

Rio de Janeiro: 5 ilhas pouco conhecidas para você turistar

Home > Lifestyle > Viagens > Rio de Janeiro: 5 ilhas pouco conhecidas para você turistar

O estado do Rio de Janeiro é repleto de pontos turísticos, como o Cristo Redentor, o Morro do Pão de Açúcar, o Maracanã e outros. O Rio, contudo, possui diversas ilhas que, por si, já são uma grande atração turística e que valem a pena conhecermos. A seguir, iremos apresentar as ilhas e arquipélagos pouco conhecidos do Rio de Janeiro, mas que reservam histórias e paisagens incríveis.

5 ilhas no Rio de Janeiro para visitar

1. Ilha de Paquetá 

Localizada no interior do Nordeste da Baía de Guanabara, a ilha conta com uma paisagem deslumbrante, com a junção do azul do céu e do mar, e o verde das árvores que a cercam e tornam um patrimônio histórico conservado por milhares de anos. A única maneira de acessar a ilha é através de barcos que partem da Praça XV.  

Ilha de Paquetá, uma das ilhas mais bonitas do Rio de Janeiro.
Ilha de Paquetá, uma das ilhas mais bonitas do Rio de Janeiro. | Foto: Reprodução.

2. Ilha Grande

A Ilha Grande vem a cada dia conquistando o coração de muitos turistas, localizada no litoral norte do Rio de Janeiro, com mais de 100 opções de praias espalhadas por toda a ilha com suas belezas exuberantes. Por mais que ela seja repleta de água azul cristalina, não é recomendado visitá-la no verão, pois é um período de grandes chuvas. Com isso, a melhor estação para visitar a ilha é a primavera. Além disso, ela pode ser acessada de forma marítima, sendo barco ou um transfer. 

Entre as 5 ilhas menos conhecidas está a Ilha Grande.
Entre as 5 ilhas menos conhecidas está a Ilha Grande. | Foto: Reprodução.

3. Ilha Fiscal

A Ilha do Fiscal possui esse nome por conta dos bailes do Império. Conhecendo as suas proximidades, é possível observar salões e exposições que explicam um pouco da apresentação marinha no desenvolvimento do Brasil. Como o navio de Bauru que participou da segunda guerra mundial e hoje está atracado no píer conhecido como submarino Riachuelo. 

A Ilha Fiscal, no Rio de Janeiro, é perfeita para os amantes da história do Brasil.
A Ilha Fiscal, no Rio de Janeiro, é perfeita para os amantes da história do Brasil. | Foto: Reprodução.

4. Ilha do Bom Jesus, Rio de Janeiro

 A Ilha do Bom Jesus é marcada por diversos contextos históricos, entre eles, o isolamento de escravos e secos que possuíam doenças contagiosas, contraídas no tráfico transatlântico. A ilha fica localizada na Baía de Guanabara, com um acesso super fácil. Além de toda história por trás da ilha, um dos seus principais pontos históricos é a igreja de Bom Jesus, erguida em 1705. Junção de história com paisagens incríveis de tirar o fôlego. 

5. Ilhas Cagarras

A Ilha Cagarras é um arquipélago com  grande importância ecológica. Além de paisagens incríveis, a ilha conta com golfinhos, tartarugas e aves como as Fragatas e os atobás. Muitos   historiadores dizem que no início do século 19 haviam baleias, inclusive na Baía de Guanabara, que era possível ver da antiga ilha Fiscal.

Ilha Cagarras, um lugar diferente de todos.
Ilha Cagarras, um lugar diferente de todos. | Foto: Reprodução.

Além das que vimos anteriormente nos parágrafos acima, o Rio de Janeiro é repleto de Ilhas Oceânicas que possuem contato com o mar aberto, e valem a pena serem visitadas e conservadas cada uma com o seu contexto histórico. 

_________________________________________________

Por Ana Paula Vitória – Fala! Mack

Tags mais acessadas