Reezer, MING e Lex revelam detalhes de "My Way Home"
Menu & Busca
Reezer, MING e Lex revelam detalhes de “My Way Home” e história por trás do lançamento

Reezer, MING e Lex revelam detalhes de “My Way Home” e história por trás do lançamento

Home > Entretenimento > Música > Reezer, MING e Lex revelam detalhes de “My Way Home” e história por trás do lançamento

Reezer é do Brasil e MING e Lex, dos Estados Unidos. Juntos, produziram My Way Home pela Braslive. Distantes fisicamente, mas próximos virtualmente, os três artistas abordam na faixa uma questão que ocorre nos quatro cantos do mundo: uma noitada em que você começa com uma pessoa e termina com outra e que, no final, você está tentando entender a situação enquanto volta para casa depois da festa. E com isso, qualquer um que já passou por isso com certeza se identificará.

My Way Home pode te dar um gostinho de saudade ou despertar a vontade de voltar às pistas. E é isso que esperam os artistas em conversa com o Fala! Universidades sobre a produção da música. Veja:

Reezer
Saiba tudo sobre o lançamento de My Way Home e sua história. | Foto: Reprodução.

Reezer, MING e Lex contam detalhes sobre canção My Way Home

Obrigada por falarem conosco. My Way Home é um super Melodic House e gostaríamos de saber a expectativa de vocês para este lançamento.

Reezer: Estou muito animado para esse lançamento e mal posso esperar para tocá-lo nas pistas de dança quando os shows voltarem.

MING: Trabalhar com Reezer e Lex nessa música foi emocionante. Os clubes estão abrindo na América, então estamos animados para detonar essa faixa na pista de dança.

Lex: Espero que este lançamento faça as pessoas se mexerem e que coloque um sorriso em seus rostos!

A letra fala sobre aquelas noites malucas – que por causa da pandemia há muito tempo que não vivemos – e que só percebemos quando chegamos em casa ou, no dia seguinte, ao acordar com uma ressaca – ou às vezes nem mesmo assim (risos). Vocês já passaram por isso? Lex acaba falando sobre uma história verídica nessa faixa?

Lex: Sim! Algumas noites você está voltando para casa depois de dançar por toda a cidade e ainda vibrar com a música e as pessoas.

Como foi o encontro de vocês três através da Braslive?

Reezer: O Gui, que trabalha comigo, conhecia o MING, e ele tinha um ótimo vocal de Lex, o que foi uma boa oportunidade para trabalharmos nessa faixa juntos.

MING: Lex e eu escrevemos músicas pelo Skype durante a pandemia. Criamos a letra e a melodia e compartilhamos a música com o Gui da Braslive, que mandou para o Reezer, e o resto é história.

Lex: Foi ótimo. Eu admiro muito Reezer e MING e estou emocionado com a faixa.

Reezer tem muitas colaborações e MING muitos remixes. O que vocês levam em consideração ao escolher e iniciar um trabalho em parceria?

Reezer: Em geral, eu diria que seria bom que a pessoa trabalhasse em um estilo semelhante ao meu, ou pelo menos em um estilo que funcione com o meu. Mas não há regras, se houver oportunidade de colaboração que seja interessante e que eu veja potencial, mas é totalmente diferente de mim, eu definitivamente consideraria.

MING: Cada artista precisa trazer algo único para a mesa. Produção forte, ótimas letras e melodias sólidas. A soma de todo o nosso trabalho deve ser mais substancial do que nossos esforços solo. E My Way Home é todas essas coisas.

Lex: É tudo sobre a vibe. Quando a vibração está certa, é muito fácil trabalhar com todos.

Podemos ver nas redes sociais do Reezer e do MING muitas imagens de praias. De que forma a natureza influencia o processo de produção de vocês?

Reezer: A natureza, em geral, definitivamente me inspira musicalmente, e estou feliz por morar em uma cidade como o Rio, onde estou em contato constante com a natureza. Sempre que posso, corro na praia, por exemplo, e isso geralmente me inspira.

MING: Mesmo morando em Nova York, passo muito tempo na minha casa de praia em Hamptons durante o verão. O oceano é uma grande fonte de inspiração. Ultimamente, temos visto baleias e golfinhos perto da costa, e essa energia está mudando vidas. O movimento constante do surf e a natureza em geral ajudam a alimentar a minha visão artística. Eu estava na minha casa de praia quando Lex e eu escrevemos My Way Home durante o lockdown.

Lex: A natureza informa a música porque a música faz parte da natureza. Estamos todos sintonizados no comprimento de onda que estamos criando.

Tags mais acessadas