Poesia - Me Entenda
Menu & Busca
Poesia – Me Entenda

Poesia – Me Entenda

Home > Lifestyle > Poesia – Me Entenda

Não quero perder nem um dia, nem um segundo, sem dizer, sem fazer algo que eu poderia com você.

Cada minuto com você eu vou tornar mais valioso.

E não vou deixar que insegurança, conflito, ansiedade, ou o que seja, tire esses minutos de mim com você.

Eu quero focar, quero enxergar com toda a minha capacidade: você.

Quero saber se está bem, se você se sente acordado, quero saber se está respirando profundamente, se está vivendo a melhor vida que poderia e no auge do seu potencial.

Quero saber se seus pensamentos te perturbam ou não, eu quero saber absolutamente tudo. Não quero deixar de enxergar nenhuma parte sua. 

Por que você merece meus olhos e merece os olhos do mundo

Quero ir com você a lugares inimagináveis, terras invisíveis e até mesmos cenários de jogos de fantasia. 

Pode me pedir para dormir embaixo de uma árvore com você porque eu vou dormir. 

Pode me pedir para passar um dia enfurnada na cama, eu vou passar. 

Pode me pedir para ficar quietinha e escutar o mar, eu vou ficar.

Quero aproveitar sua existência no máximo. 

Quero colher sua essência de todas as formas possíveis. 

Viva comigo impulsivamente. 

Viva comigo a sua melhor vida.

Não vamos ter medo

Digo isso a você, mas digo a mim mesma. 

Você não precisa me responder, conheço seu amor, só quero que entenda o meu e as falhas que ainda tenho como humana. 

Em inúmeros caminhos que faço sozinha, sei que você não é pouco. 

Você não é uma estrela pequena no céu. Você não é um planeta sem nome. Não é terra perdida. Não é espada presa em pedra. Não é reino sem rei. Não é um cérebro sem memória. Você não é só um carro na estrada. Não é pedra preciosa. Você não é passarinho que só canta de noite.

Você é muito mais que uma humanidade toda aos meus olhos. 

Graças a você a minha visão é ultravioleta. 

Em inúmeros caminhos que faço sozinha, como havia dito, desde andar do ponto de ônibus até minha casa, desde acordar de manhã e levantar da cama, desde lavar meus cabelos no chuveiro, eu posso pensar muito, mais muito, e me atrapalhar, mas também penso muito como fui feliz nos dias ao seu lado e como sou feliz por ainda estar ao seu lado. 

Nada supera no meu coração, seus braços de ouro que aceitaram me carregar em momentos difíceis. 

Nada supera a palavra amável que um dia me disse.

Nada supera a sua existência. Sou privilegiada por testemunhar e sentir sua existência e presença.

Privilegiada por beijar seus lábios. Privilegiada por deitar ao seu lado e ser acariciada.

Te beijo de olhos abertos para apreciar seu frágil olhar, que ele se quebre ao me ver, que derreta de lágrimas, porque os meus vão também.

Por favor. Por favor. Eu não sei por que te peço. Eu não sei o que peço. 

Mas sempre que olho para ti eu tenho vontade de rezar, ajoelhar. 

Talvez por ser grata. 

Talvez por não acreditar que alguém como você exista e está ao meu lado. 

E me entenda: Eu te amo.

___________________________________
Por Isabela Aoyama – Fala! Mack

Tags mais acessadas