Pela 1ª vez na história, o Rentistas é campeão do Torneio Apertura
Menu & Busca
Pela 1ª vez na história, o Rentistas é campeão do Torneio Apertura

Pela 1ª vez na história, o Rentistas é campeão do Torneio Apertura

Home > Notícias > Esporte > Pela 1ª vez na história, o Rentistas é campeão do Torneio Apertura

O Campeonato Uruguaio de futebol, que teve a sua 1ª edição realizada em 1900, é historicamente dominado por apenas dois clubes: os tradicionais Nacional e Peñarol que possuem mais de 40 títulos cada um. O último time a quebrar essa hegemonia foi o Danubio, que venceu a liga derrotando o Montevideo Wanderers nos pênaltis, após um empate por 2×2. Porém, o Torneio Apertura deste ano trouxe mais uma surpresa. O pequeno Rentistas, após uma vitória por 1×0 contra o Nacional, se sagrou campeão da competição pela primeira vez na sua história.

Rentistas
Jogadores do Clube Atlético Rentistas comemorando o título do Torneio Apertura do Uruguai | Foto: Reprodução/Trivela.

Rentistas

Fundado em 1933, no pequeno bairro de Cerrito de la Victoria, o Rentistas é um clube que disputou em grande parte da sua história divisões inferiores do Uruguai, tendo conseguido o acesso à elite em apenas 7 oportunidades (1971, 1988, 1996, 2003, 2011, 2013, 2019) e jogado a Primeira Divisão poucas vezes. Mesmo assim, a equipe da capital fez uma campanha excelente, com 7 vitórias, 7 empates e apenas uma derrota, marcando 26 gols e sofrendo somente 15, tendo assim a melhor defesa do campeonato ao lado do Peñarol.

O time é comandado pelo jovem treinador Alejandro Cappuccio, que está no clube desde 2018 e tinha apenas trabalhos nas categorias de base em outras equipes uruguaias como Peñarol, Montevideo Wanderers e Fénix no currículo. No ano passado, o Rentistas terminou na 3ª colocação na Segunda Divisão com uma ótima campanha, apenas atrás do campeão Montevideo City Torque, time pertencente ao grupo dono do grande Manchester City, e do Deportivo Maldonado.

Nos playoffs pela terceira vaga, a equipe de Alejandro venceu o Sud América por 4×0 na semifinal e se classificou para a decisão contra o Villa Española. No 1º jogo, o Rentistas abriu o placar com um gol de calcanhar do atacante Maximiliano Callorda, mas tomou o empate aos 45 minutos do 2º tempo. Porém, na partida decisiva, “El Rojo” ganhou por 2×0 e garantiu o seu espaço na elite do futebol uruguaio em 2020.

Alejandro Cappuccio
Técnico Alejandro Cappuccio comandando o Rentistas em um jogo do Campeonato Uruguaio. | Foto: Twitter/@Alecappuccio76.

No gol, o experiente Yonatan Irrazábal defende a meta do time, que teve a melhor a defesa da competição. Para ajudá-lo, a dupla de zaga formada por Alexis Rolín e o jovem Maximiliano Falcón fornece uma boa proteção ao arqueiro, sempre bem posicionados e certeiros nas disputas pela bola. Os laterais, além de fechar a primeira linha de 4 da defesa, também apoiam bem ofensivamente, tendo o capitão Andrés Rodales e o promissor Robert Ergas distribuído quatro assistências somados.

O meio-campo é formado por um trio que apresenta muita combatividade e chegada à grande área. À frente da defesa, Ramiro Cristóbal inicia as jogadas do ataque e encurta os espaços muito bem sem a bola. O argentino Carlos Villalba e o bom Matías Abisab são os motores dessa equipe, defendendo e atacando com a mesma eficiência. Abisab deu 5 assistências no Apertura, sendo o principal criador de chances de gol do Rentistas.

No início do torneio, o jovem Cristian Olivera, de apenas 18 anos, era o principal nome do ataque e estava tendo excelentes atuações, que chamaram muita atenção do futebol europeu. O Almería, da Espanha, pagou 2 milhões de euros e tirou o jogador do Rentistas, que teve que buscar uma solução para a perda do seu atleta.

Neste momento, o ponta Gonzalo Vega assumiu a posição e foi o grande destaque da equipe no restante da competição. Ao todo, Vega marcou 6 gols e foi o artilheiro do time. Também é importante destacar a participação dos atacantes Santiago Romero, Renato César, Salomón Rodríguez, Franco Pérez e Nahuel Acosta que, somados, fizeram 9 gols e deram 4 assistências, ajudando muito o Rentistas a ter o 2º melhor ataque do campeonato.

Rentistas
Escalação titular do Rentistas na temporada 2020. | Foto: Reprodução.

Apostas do campeão do Torneio Apertura

A proposta do Rentistas se baseia muito na eficiência defensiva na marcação e no confronto 1×1 dos seus atacantes. Por não ter jogadores que possuam grande qualidade no passe, a equipe de Alejandro Cappuccio aposta muito no drible e nas jogadas de velocidade, lideradas por Gonzalo Vega, com o auxílio do lateral Robert Ergas e da chegada principalmente de MatíasAbisab pelo meio.

O time também se destaca no grande aproveitamento nas finalizações, com quase 40% de chutes certos no total. Destaque ainda para a bola área, responsável por 8 dos 26 gols da equipe no Apertura.

A expectativa agora é observar como o Rentistas se portará nos campeonatos seguintes, principalmente no Torneio Intermédio, que iniciou no último sábado, com derrota do clube para o Liverpool por 2×1.

O primeiro objetivo já foi alcançado e o sonho de se tornar campeão uruguaio, e por consequência se classificar para a Libertadores, pela primeira vez, está mais próximo do que nunca. Peñarol e Nacional devem ficar atentos, pois a imagem dos jogadores e da comissão técnica do Rentistas levantando o troféu do Torneio Apertura deverá se repetir muitas vezes no futuro.


*Nós, do projeto Esporte em Pauta, estamos realizando uma parceria com o Fala!; se quiser ter acesso a mais conteúdos sobre os mais variados esportes, procure nossa página no Instagram (@esporte_em_pauta) e no Twitter (@EsportePauta).

____________________________
Por Victor Fardin – Fala! PUC

Tags mais acessadas