'Outlander' - Leia a crítica da série, também disponível na Netflix
Menu & Busca
‘Outlander’ – Leia a crítica da série, também disponível na Netflix

‘Outlander’ – Leia a crítica da série, também disponível na Netflix

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > ‘Outlander’ – Leia a crítica da série, também disponível na Netflix

A quarta temporada de Outlanderjá está disponível na Netflix, entenda do que se trata a série que está nos destaques da plataforma

Outlander é uma série baseada nos livros da autora Diana Gabaldon, cujo o primeiro volume foi lançado em 1991, nos EUA. Em 2014, após a produtora americana Starz comprar os direitos da história de Gabaldon, os livros ganharam uma adaptação para a televisão. No Brasil a série é transmitida pela Fox Premium 1, além de fazer parte do catálogo de séries da Netflix.

Outlander na Netflix
Série Outlander, disponível na Netflix. | Foto: Reprodução.

Sua história, a princípio, se assemelha a qualquer romance, ou seja, um casal que se encontra e se apaixona perdidamente. Porém, Outlander possui de pano de fundo, para essa narrativa de amor, a história escocesa. O livro e a série se passam na Escócia, no ano de 1743, data em que o país passava por diversas mudanças e revoluções causadas pelo atrito entre o povo e a coroa inglesa. Esse suposto pano de fundo se torna a história principal da série, e o casal, Claire e Jamie, passam a ser apenas mais um detalhe dentro dos fatos históricos abordados.

Mas não é por isso que deixamos de nos encantar com a história de amor que há entre o casal. Claire Randall (CaitrionaBalfe) é uma enfermeira que atuou nos campos de batalha da Segunda Guerra Mundial, casada com Frank Randall. Após o fim da guerra, o casal se reencontra e decide viajar até a Escócia, para se reconectarem novamente. Nesta viagem a vida de Claire muda por completo, a enfermeira, por um passe de mágica, abandona seu tempo e se depara no meio de um conflito entre escoceses e ingleses, no ano de 1743, quase 200 anos antes do ano em que é retirada.

É no meio dessa confusão que a personagem é apresentada ao antepassado de seu marido, o capitão inglês Jonathan Randall, que se torna o vilão da temporada. Além de Randall, ela conhece Jamie Fraser, um escocês fugitivo, que ajuda a salvar Claire do capitão. A história, então, se torna uma representação da viagem no tempo, e uma aula de História Escocesa. A primeira temporada e o primeiro livro focam na construção desse pano de fundo, e na relação que surge entre Claire e Jamie.

Na temporada seguinte, que corresponde ao segundo livro (cada temporada é baseada no livro de mesmo número), acompanhamos a vida do casal na França. Somos apresentados a personagens históricos como, por exemplo, Luís XV, que assume um papel fundamental na nova etapa da história. A narrativa fica menos frenética em seus acontecimentos, mas é envolvente.

A terceira temporada traz novas aventuras para o casal. A temporada nos prende e nos deixa com um leve gosto de quero mais. As aventuras na Jamaica nos apresentam um ambiente totalmente novo do que aqueles que já conhecemos. Além disso, velhos personagens retornam à trama para por um ponto final em suas trajetórias na série.

As quatro temporadas de Outlander se mostram fiéis aos livros. Os cortes feitos não alteram sua percepção da história e muito menos fazem falta, por mais que a leitura desses acontecimentos seja super interessante, a falta deles na série não é notada.

Porém, na quarta temporada, o ritmo da série vai ficando lento e se torna monótona, se comparada com as três primeiras. Ela compensa na ótima fotografia, algo que em todas as temporadas é de extrema qualidade.

A temporada se torna confusa em diversos pontos, além de cansativa. A tentativa de um novo casal para a série é fraca, algo que Gabaldon se mostra ser mais eficiente, já que esse mesmo casal, no livro, é bem mais interessante.

Mas, nos desapontamentos com essa narrativa romântica, o fundo histórico só melhora. Na nova fase da série, a América se torna o ponto-chave. Os relatos de como as cidades americanas funcionavam na época e como a escravidão era vista pela população é tão rica em detalhes que quase esquecemos dos casais e outras personagens da narrativa.

A nova temporada, em uma visão geral, é boa, porém, não nos deixa animados para uma quinta temporada, que já está sendo exibida fora do Brasil. Contudo, não podemos negar que as referências históricas da série não nos desapontam, e que são elas que nos mantêm ainda tão interessados na série Outlander.

Trailer oficial da série

FICHA TÉCNICA: Outlander

Título Original: Outlander
Duração: 5 temporadas (4 sendo exibidas no Brasil)
Lançamento: 9 de agosto de 2014
Distribuidora: Fox Premium 1 e Netflix
Dirigido por: Anna Foerster, Brian Kelly, John Dahl e Metin Hüseyin
Classificação: 16 anos
Gênero: Drama, Romance
País de Origem: EUA

__________________________________________
Por Luiza Nascimento Lopes – Fala! PUC

Tags mais acessadas