'Os Simpsons' previram guerra em 2021: veja por que se preocupar
Menu & Busca
‘Os Simpsons’ previram guerra em 2021: veja por que se preocupar

‘Os Simpsons’ previram guerra em 2021: veja por que se preocupar

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > ‘Os Simpsons’ previram guerra em 2021: veja por que se preocupar

Caos pós-eleições? Fim do mundo? Guerra civil? As previsões de Os Simpsons são a marca registrada da série animada. Por isso, o 4º episódio da 32ª temporada tem assustado os telespectadores. O episódio em questão se trata do especial de Halloween, ‘A casa da árvore dos horrores XXXI’, que foi ao ar nos Estados Unidos em novembro de 2020 e traz uma “previsão” assustadora para 20 de janeiro de 2021.  

Os Simpsons
Os Simpsons previram guerra civil em 2021. | Foto: Reprodução.

Mas o que o episódio de Os Simpsons tem de assustador?

O especial começa com os moradores de Springfield indo às urnas para escolher o próximo presidente dos Estados Unidos. No decorrer do episódio, é possível observar placas de apoio a Biden e Trump espalhadas pela cidade.

Também, piadas indicando o favoritismo republicano, como a exigência de mais documentos para eleitores democratas e a referência a Roger Stone, que aparece como supervisor eleitoral.

Ao perceber que o marido ainda não compareceu ao local de votação, Marge liga para Homer, que está relaxando em uma rede. Mas o personagem ignora a recomendação da mulher, que pede para que ele vá imediatamente exercer seu poder de voto.

Então, algum tempo depois, sua esposa o encontra ainda na rede cochilando e, ao ser questionado sobre não ter ido votar, Homer dispara, “o que de mal pode acontecer?”.

previsões
Episódio faz piada com favoritismo republicano. | Foto: Reprodução. 

A cena seguinte ao questionamento é exatamente a que está preocupando os telespectadores. Após perguntar o que demais poderia acontecer por ele não ter votado, Homer aparece no telhado de sua casa equipado com utensílios domésticos adaptados para a sua proteção, enquanto o caos é instalado ao seu redor. Um verdadeiro cenário apocalíptico, com robôs destruidores, fogo e tudo o que um mundo distópico tem direito.

Quais as chances de uma guerra civil acontecer nos EUA em 2021?

Os rumores sobre a previsão estar correta aumentaram ainda mais depois da invasão ao Capitólio dos Estados Unidos, em 6 de janeiro deste ano. O local, que serve como centro legislativo do país, foi invadido no dia em que Trump discursou para seus apoiadores, acusando mais uma vez as eleições de fraudulentas. Após o pronunciamento, um grupo de pessoas se mobilizou para invadir o prédio onde seria confirmada a vitória de Joe Biden.

Cinco pessoas morreram, entre elas um policial, que foi espancado pelos invasores. Alguns extremistas chegaram a pedir a morte do vice-presidente Mike Pence, que presidia a reunião. E logo após Biden aparecer publicamente pedindo um posicionamento de Trump, o presidente se pronunciou e pediu que o grupo se retirasse do local.

População ainda não descarta perigo

Existem os que pensam que a previsão de Os Simpsons tem a ver com a desastrosa invasão ao Capitólio ocorrida no dia 6. Porém, a data 20 de janeiro, que aparece em destaque no episódio, ainda está em evidência, visto que é o dia da posse de Joe Biden. E, apesar de ter se posicionado contra a invasão do dia 6 de novembro, bem como garantido transição ordeira, Trump afirmou que não participará da cerimônia.

Os estados estão se preparando para os próximos dias, que prometem ser bastante agitados, mesmo após a posse de Joe Biden. Visto que o país está bastante polarizado e é muito provável que os republicanos não aceitem fácil a derrota. Inclusive, após a eleição de Biden apoiadores de Trump chegaram a prever uma guerra civil nos EUA.

Autoridades estão atentas a possíveis ameaças

Um incêndio que ocorreu nesta segunda-feira (18), acendeu ainda mais o alerta das autoridades. O caso aconteceu nas redondezas, a aproximadamente 1,6 km do Capitólio. Mesmo assim, a sede foi fechada, por precaução. O Serviço Secreto Americano informou que não existem ameaças ao público.

Os Simpsons realmente preveem o futuro?

Não é a primeira vez que o mundo se agita com as previsões da sitcom. Coisas como o jogo do Brasil e Alemanha, o ataque às torres gêmeas, a eleição de Trump, a nota de duzentos reais e até mesmo os resultados das eleições do último ano já haviam sido pautas de discussões. Mas nem tudo que se passa no programa deve ser levado a sério, principalmente em episódios de Halloween, onde o exagero é a marca registrada.

Além disso, os criadores e roteiristas já esclareceram que não fazem nenhum tipo de previsão. Apenas costumam incorporar acontecimentos do mundo e padrões de comportamento no programa. Em entrevista à Radio 1 Newsbeat, da BBC, a roteirista Stephanie Gillis disse, “É por isso que acho que acabamos falando muito sobre o programa fora do trabalho, porque muito do que está acontecendo no mundo acaba na série”. 

No caso do Trump, em 2000, estávamos procurando uma celebridade engraçada que pudesse virar presidente na história.

Al Jean, roteirista da série, em entrevista à Radio 1 Newsbeat, da BBC.

Portanto, como os próprios roteiristas esclareceram, as previsões são apenas coincidências, ou questão de erros e acertos. Visto que se você fizer muitas previsões é provável que acerte algumas. Como Al Jean disse, “Se você fizer muitas previsões, 10% estarão corretas. Somos uma espécie de futurologistas que escrevemos 10 meses à frente, então estamos tentando adivinhar o que vai acontecer”.

previsões dos simpsons
Os Simpsons acertaram na previsão da eleição de Trump. | Foto: Reprodução.

Agora, quanto ao dia 20 de janeiro de 2021, retratado no episódio de Os Simpsons, é possível que hajam conflitos e é para isso que as autoridades se preparam. Mas ninguém espera viver o terror de Homer, sentado no telhado, cercado pelo caos da guerra, enquanto os quatro cavaleiros do apocalipse se aproximam. 

______________________________
Por Bianca Sousa – Fala! Faculdade Paulista de Comunicação

Tags mais acessadas