Opinião - Entretenimento: a válvula de escape necessária
Menu & Busca
Opinião – Entretenimento: a válvula de escape necessária

Opinião – Entretenimento: a válvula de escape necessária

Home > Entretenimento > Opinião – Entretenimento: a válvula de escape necessária

“Rir é o melhor remédio” nunca foi uma expressão tão real

Falando cientificamente, o lazer é responsável por aumentar o hormônio ocitocina e o neurotransmissor serotonina no nosso cérebro, e os dois têm tudo a ver com bem-estar psíquico. Fazer qualquer coisa que te agrade, por mais simples que seja, já é capaz de aumentar os níveis de ocitocina, hormônio que tem esse poder incrível de amenizar o estresse.

Entretenimento é o ato ou efeito de entreter(-se), de distrair(-se) e aquilo que distrai, entretém; distração, divertimento. Enquanto você consome essa dose de sentimentos bons que liberam prazer por um tempo indeterminado, a mente se desliga de preocupações rotineiras e problemas do cotidiano.

entretenimento
Entenda a importância do entretenimento na vida das pessoas. | Foto: Reprodução.

Necessidade e importância do entretenimento

O ser humano, através das décadas, sempre procurou maneiras de se entreter. Podemos pensar desde um bobo da corte na Idade Média – que era um tipo de “funcionário” da monarquia, um comediante, encarregado de entreter o rei e rainha, shows musicais através dos anos, as eras do cinema e até o streaming nos dias de hoje. É fato que a busca das pessoas é simplesmente se sentir vivo.

Então, para sentir emoções, as pessoas costumam ler aquele livro de romance, assistir a uma comédia, devorar um suspense, jogar jogos diversos, tocar instrumentos, desenhar, sair com os amigos e por aí vai. Um dos conteúdos que mais se encontra na internet são “o que fazer para sair do tédio!” ou “conheça 10 filmes que vão te emocionar!”, entre inúmeros títulos parecidos para confortar o indivíduo nessa busca do entretenimento.

Ter momentos de lazer e diversão são de extrema importância, principalmente desde que a pandemia começou. E a maior prova da importância do entretenimento apareceu justamente nessa fase. Com as medidas de prevenção contra o Covid-19, segundo a OMS, acabaram os shows, eventos, festas, bares e basicamente todas as interações sociais no geral. A falta que isso faz para a sociedade e para a saúde mental de cada um é impressionante. Há diversos dados que mostram aumento de depressão, ansiedade e até mesmo suicídio depois que o isolamento social começou.

Como explicado anteriormente, nosso corpo precisa desse bem-estar psíquico causado por essas reações químicas que acontecem no nosso cérebro, que são ativadas pelo entretenimento em suas infinitas formas. Mas, talvez seja até mais profundo do que isso. Segundo o escritor de ciência norte-americano Steven Johnson, em entrevista para a SuperInteressante, o autor diz que “tem a ver com a experiência de novidade e surpresa; uma parte significativa de nossa inteligência vem do nosso interesse em coisas que nos surpreendem desafiando nossas expectativas”.

Muitas pessoas só conseguem ser produtivas se ficam relaxadas ou apenas dando aquela espairecida, como se diz popularmente. O que seria das pessoas se, depois daquele dia cheio no trabalho, não existissem opções de entretenimento? Maratonar uma série que aquece seu coração ou até sair para jantar no seu lugar preferido com alguém que você gosta já alivia todo esse estresse do cotidiano. Limpar a mente e se desligar pode ajudá-lo a resolver seus problemas e pendências com mais consciência e sem estar naquele estado de acúmulo e desgaste mental. Saúde mental também é saúde.

__________________________
Por Paula Paolini – Fala! PUC-SP

Tags mais acessadas