segunda-feira, 26 fevereiro, 24
HomeEsporteOpinião: A seleção do Campeonato Brasileiro 2021

Opinião: A seleção do Campeonato Brasileiro 2021

Com a última rodada acontecendo hoje (09), restam poucas definições para o Brasileirão

O Galo foi o grande campeão do Campeonato Brasileiro.
O Galo foi o grande campeão do Campeonato Brasileiro. | Foto: Pedro Souza.

Faltando apenas uma rodada para o fim do Campeonato Brasileiro, a maioria dos times já sabem qual será seu destino na próxima temporada. Atlético-MG, Flamengo, Palmeiras, Corinthians e Fortaleza já garantiram uma vaga na próxima Libertadores, enquanto times como Bragantino e Fluminense já estão com a vaga bem encaminhada.

A última vaga para a competição continental será definida nesta última rodada, América-MG, Atlético-GO, Ceará, Santos, Internacional e São Paulo ainda têm chances de classificação. Já na briga contra o rebaixamento, temos Grêmio, Juventude, Bahia, Cuiabá e Athletico. Os já rebaixados Sport e Chapecoense apenas cumprem tabela na última partida.

Relembre os destaques do Campeonato Brasileiro de 2021

Goleiro — João Paulo (Santos)

João Paulo foi o principal jogador do Santos no campeonato.
João Paulo foi o principal jogador do Santos no campeonato. | Foto: Divulgação/Santos.

O jovem goleiro, de 26 anos, foi o principal destaque do Santos no Brasileirão, disputando 32 das 37 partidas, o arqueiro santista se destacou em diversos jogos pelo grande número de defesas em um time que brigou contra o rebaixamento durante grande parte da competição.

Com 14 jogos sem sofrer gol durante a competição, João Paulo vem se destacando na equipe santista desde o ano passado, quando tinha John como seu goleiro reserva. Além do goleiro do time paulista, Maílson, do Sport, e Éverson, do Atlético Mineiro também merecem destaque, mas na minha opinião, JP foi o melhor durante todo o campeonato.

Lateral Direito — Marcos Rocha (Palmeiras)

Marcos Rocha foi muito regular durante a disputa.
Marcos Rocha foi muito regular durante a disputa. | Foto: Sebastiao Moreira.

Sem muitas opções na lateral direita durante o campeonato, três jogadores disputaram essa vaga na seleção do campeonato. Mas com apenas 22 jogos durante toda a competição, Marcos Rocha foi o grande destaque na posição, ficando 6 partidas sem sofrer gol e uma nota média de 7.11 segundo o SofaScore.

Os outros dois jogadores que disputaram essa vaga com o lateral palmeirense foram Mariano, do campeão brasileiro, e Fágner, do Corinthians. Sem dúvidas a premiação não poderia sair desses 3, que se destacam no futebol brasileiro há algum tempo.

Zagueiros — João Victor (Corinthians) e Júnior Alonso (Atlético Mineiro)

Júnior Alonso e João Victor foram os principais zagueiros do Campeonato Brasileiro.
Júnior Alonso e João Victor foram os principais zagueiros do Campeonato Brasileiro. | Fotos: Rodrigo Coca.
Júnior Alonso e João Victor foram os principais zagueiros do Brasileirão.
Júnior Alonso e João Victor foram os principais zagueiros do Brasileirão. | Fotos: Pedro Souza.

O primeiro zagueiro desta seleção do campeonato é João Victor, jovem revelação do Corinthians, que disputou 35 partidas na competição, ficando 12 delas sem sofrer gols. Com apenas 5 cartões amarelos na competição, o zagueiro ficou marcado pela sua excelente proteção de área, além da velocidade que mostrou, podendo acompanhar qualquer atacante.

O segundo zagueiro da seleção é o principal defensor do time campeão brasileiro, o paraguaio Júnior Alonso “roubou” a vaga de Nathan Silva no time do campeonato por ser mais regular, disputando 22 partidas e ficando 9 delas sem sofrer gols. Outra menção honrosa vai para Gustavo Gómez, do Palmeiras, principal zagueiro do Brasil há alguns anos.

Lateral Esquerdo — Guilherme Arana (Atlético Mineiro)

Arana conquistou seu 3º título no  País.
Arana conquistou seu 3º título no País. | Foto: Fernando Moreno.

Principal lateral esquerdo do futebol brasileiro nas últimas temporadas, Guilherme Arana é mais um que vai figurar em todas as seleções do campeonato. Com 26 partidas disputadas, 1 gol e 5 assistências, além de 9 partidas sem sofrer gol, o “Spider-Man” do Galo vem se consolidando também na Seleção Brasileira.

Com uma impressionante regularidade ofensiva, o lateral “ala” Guilherme Arana, de apenas 24 anos, cada ano se destaca mais no futebol brasileiro, e provavelmente, receberá propostas para voltar à Europa na próxima temporada. Outros destaques na posição foram Felipe Jonatan, do Santos, e Filípe Luís, do Flamengo.

Meio-Campo — Edenílson (Internacional) e Zaracho (Atlético Mineiro)

Zaracho e Edenílson foram destaques na competição, tanto pelos gols marcados quanto pela regularidade.
Zaracho e Edenílson foram destaques na competição, tanto pelos gols marcados quanto pela regularidade. Foto: Bruna Padro.
Zaracho e Edenílson foram destaques no Campeonato Brasileiro, tanto pelos gols marcados quanto pela regularidade.
Zaracho e Edenílson foram destaques no Campeonato Brasileiro, tanto pelos gols marcados quanto pela regularidade. | Fotos: Douglas Magno.

Principal meio-campista do Galo no Brasileirão, Matías Zaracho é quem abre o setor na seleção do campeonato. Com 7 gols marcados e 2 assistências, além de uma contribuição defensiva em 32 jogos, o argentino de 23 anos é outro que está com os clubes europeus de olho, e pode deixar o Atlético Mineiro já na janela de transferências de janeiro.

O segundo “volante” da seleção do Brasileirão é Edenílson, jogador do Internacional que se destacou principalmente pelos gols de pênalti durante a competição. Com 11 gols e 7 assistências no campeonato, o meio-campista colorado já acumula convocações para a Seleção Brasileira de Tite e busca uma vaga na Copa do Mundo de 2022.

Meia-atacante — Raphael Veiga e Gustavo Scarpa (Palmeiras)

Gustavo Scarpa e Raphael Veiga foram os principais destaques palmeirenses na competição.
Gustavo Scarpa e Raphael Veiga foram os principais destaques palmeirenses na competição. | Foto: Reprodução.

A dupla de meias atacantes da seleção do campeonato fica dominada pelo Palmeiras, o primeiro é Gustavo Scarpa, de 27 anos, que foi o principal assistente da competição. Com 4 gols marcados e 13 assistências em 31 partidas, o meia palmeirense conseguiu se reinventar no time paulista e se tornou peça importantíssima no esquema de Abel Ferreira.

O segundo melhor jogador do futebol brasileiro no ano, Raphael Veiga foi o principal jogador do Palmeiras durante o campeonato. Com 10 gols e 4 assistências em 31 jogos, o camisa 23 palmeirense vem merecendo uma vaga na seleção brasileira do técnico Tite, e também se destaca pelo seu incrível aproveitamento em pênaltis.

Atacantes — Hulk (Atlético Mineiro) e Michael (Flamengo)

Michael e Hulk foram os principais destaques dos dois primeiros colocados do campeonato (Fotos: Thiago Ribeiro/AGIF e Pedro Souza/Atletico)
Michael e Hulk foram os principais destaques dos dois primeiros colocados do campeonato. | Fotos: Pedro Souza.
Michael e Hulk foram os principais destaques dos dois primeiros colocados do Campeonato Brasileiro.
Michael e Hulk foram os principais destaques dos dois primeiros colocados do Campeonato Brasileiro. | Fotos: Thiago Ribeiro.

Quem abre o ataque da seleção do campeonato é a principal surpresa da competição, Michael, do Flamengo, que renasceu nas mãos de Renato Gaúcho. Com 14 gols e 4 assistências em 35 jogos, o “Chucky” do Flamengo foi o terceiro artilheiro do Brasileirão, ficando atrás apenas do seu companheiro nesse ataque, Hulk, do Galo, e de Gilberto, do Bahia.

O segundo atacante dessa seleção é Hulk, artilheiro e melhor jogador do Brasileirão, sendo também o principal jogador da temporada brasileira. Com 19 gols e 7 assistências em 35 jogos, o paraibano de 35 anos voltou ao futebol brasileiro após 17 anos e ajudou o Atlético Mineiro a conquistar o tão sonhado Bi do Campeonato Brasileiro.

As menções honrosas no ataque ficam para Artur, principal jogador do RB Bragantino na competição, com 11 gols e 8 assistências, Yuri Alberto, do Internacional, que marcou 12 gols e deu 3 assistências, e por fim, Gilberto, do Bahia, que marcou 15 gols e deu 2 assistências, podendo salvar o time nordestino do rebaixamento.

Técnico — Cuca (Atlético Mineiro)

Cuca levantou seu segundo troféu do Brasileirão.
Cuca levantou seu segundo troféu do Brasileirão. | Foto: Pedro Souza.

E sem dúvidas, o técnico dessa seleção do campeonato é Cuca, do campeão brasileiro Atlético Mineiro, se tornando um dos principais treinadores de toda a história do Galo, também pela conquista da Libertadores em 2013. A campanha do time campeão foi de 26 vitórias, 6 empates e 5 derrotas, somando 84 pontos e ficando atrás apenas do título histórico do Flamengo em 2019, onde o time carioca marcou 90 pontos.

As menções honrosas aqui vão para Juan Pablo Vojvoda, que levou o Fortaleza à Libertadores pela primeira vez em sua história, e Maurício Barbieri, do Bragantino, que provavelmente também garantirá sua vaga para a principal competição da América do Sul nesta última rodada.

_______________________________________________________

Por Leonardo Pignatari – Fala! PUC-SP

ARTIGOS RECOMENDADOS