'O Escândalo' - Confira a crítica do filme
Menu & Busca
‘O Escândalo’ – Confira a crítica do filme

‘O Escândalo’ – Confira a crítica do filme

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > ‘O Escândalo’ – Confira a crítica do filme

Lançado no Brasil em janeiro de 2020, O Escândalo, até hoje, divide as opiniões dos críticos. O drama, dirigido por Jay Roach e escrito por Charles Randolph, mesmo roteirista de A Grande Aposta, é baseado na história de mulheres que trabalharam na Fox News, as quais pretendem expor o CEO, Roger Ailes, por assédio sexual. 

Para estudantes de jornalismo ou amantes de notícias, o filme é perfeito por trazer à tona a história de um dos maiores nomes da televisão.

O Escândalo gira em torno de um trio de mulheres distintas, mas que compartilham algo em comum, a infelicidade de terem sofrido com os assédios na Fox News. O roteiro escrito pelo ganhador do Oscar, Charles Randolph, se concentra em mostrar ao telespectador, o ambiente desprezível ao qual estas mulheres estão submetidas em seu local de trabalho.

O Escândalo
O Escândalo. | Foto: Reprodução.

O Escândalo – Leia a crítica

É importante ressaltar, que o intuito do filme não é trazer unicamente uma mensagem feminista, mas mulheres que lutaram contra o pedantismo sexual de um homem que era “dono” de suas carreiras. 

O elenco é fascinante. As protagonistas Charlize Theron, Nicole Kidman e Margot Robbie dão vida às personagens de uma forma singular, ainda mais, lidando com uma temática tão delicada. 

Por suas atuações, Theron e Robbie foram indicadas para Melhor Atriz em Filme de Drama e Melhor Atriz Coadjuvante, respectivamente, na 77ª edição dos Prêmios Globo de Ouro, assim como receberam indicações nas mesmas categorias nos Prêmios Critics’ Choice, no BAFTA e no Oscar. Para os Prêmios Screen Actors Guild 2020, Theron foi nomeada a Melhor Atriz, ao passo que Robbie e Kidman, a Melhor Atriz Coadjuvante.

Por algumas vezes, O Escândalo se perde. O roteiro é rápido, para um leigo que, talvez, não entenda nada sobre como funciona um canal de televisão, pode se perder na narrativa. O tema, por sua vez, é extremamente delicado e, em alguns momentos, parece ser levado como superficial. 

Por hora, é suficiente. É bom e necessário como pontapé para algumas discussões que precisam ser debatidas.

A começar pelos formatos dos jornais atuais, e é possível questionar inclusive a nossa própria televisão. O que podemos encontrar? Qual é a estética dos telejornais? Qual a estética dos conteúdos? Existe ou não diversidade? 

O Escândalo é um filme eficiente, traz a mensagem que queria transmitir, obviamente, poderia ter abordado mais a luta das mulheres dentro dessa estrutura masculina e predatória. Mesmo que o roteirista e diretor tenham consciência de que essa história não acaba bem de verdade – o filme não nos deixa esquecer que o sistema ainda é dominado pelos interesses de homens brancos poderosos.

______________________________
Por Alexandre Melo – Fala! Mack

Tags mais acessadas