NCAA March Madness: as emoções e surpresas do First Round
Menu & Busca
NCAA March Madness: as emoções e surpresas do First Round

NCAA March Madness: as emoções e surpresas do First Round

Home > Notícias > Esporte > NCAA March Madness: as emoções e surpresas do First Round

Após mais dois dias de competição, 32 equipes se mantiveram vivas no NCAA March Madness, que já tem a sua próxima fase começando hoje

NCAA March Madness
A comemoração da surpreendente vitória dos jogadores de Abilene Christian, em meio à frustração de um atleta da equipe do Texas. | Foto: AP Photo/Mark Humphrey.

Alegria, tristeza, surpresa, emoção. Essas foram algumas das palavras que marcaram o 2º e 3º dias de disputa do NCAA March Madness, principal competição de basquete universitário dos Estados Unidos. Metade das universidades voltaram para casa, e a outra metade segue viva no torneio, onde o Second Round já será jogado nos dias 21 e 22 de março, mais especificamente domingo e segunda-feira. A transmissão para o Brasil será realizada novamente pela ESPN, que passa as partidas no canal ESPN 2. Vale lembrar que o único confronto que não pôde ser realizado foi entre Oregon e VCU, por conta de um surto de Covid-19 no time da cidade de Richmond. Confira alguns dos destaques dos jogos pelo First Round!

Favoritos que mostraram a sua força no March Madness

March Madness
Partida entre Gonzaga e Norfolk State, que terminou com uma grande vitória dos Bulldogs no NCAA March Madness. | Foto: Adam Cairns/INDYSTAR.

Um dos fatos do basquete universitário é de que nem só de zebras vive o March Madness. Algumas universidades que entraram como favoritas nesses jogos pelo First Round, confirmaram o seu favoritismo e venceram com facilidade outras equipes mais fracas. Foi o caso de Gonzaga, time que está invicto na temporada com 27 vitórias e nenhuma derrota até aqui. Em partida realizada no Bankers Life Fieldhouse, às 22h20 de sábado, os Bulldogs não tomaram conhecimento da pequena faculdade de Norfolk State e meteram 43 pontos de diferença no placar (98×55). O grande destaque foi o ala Corey Kispert, que anotou 23 pontos, 5 rebotes e incríveis 6 bolas de 3 pontos. Outro atleta com boa atuação foi o ala-pivô Anton Watson, que saiu do banco para contribuir com 17 pontos, 7 rebotes e 4 assistências.

Na sexta-feira, no Lucas Oil Stadium às 16h30, Baylor enfrentou o estreante Hartford e também teve uma vitória tranquila por 79×55. Destaques para o veterano MaCio Teague que marcou 22 pontos e pegou 4 rebotes, e para o armador Jared Butler, dono de 13 pontos, 9 assistências e excelentes 5 roubadas de bola. Ainda na sexta, Illinois confirmou o favoritismo e derrotou a universidade de Drexel por 78×49. Olho na dupla Ayo Dosunmu e Kofi Cockburn. O armador anotou 17 pontos, 11 rebotes e ainda 3 steals, enquanto o pivô fez 18 pontos, apanhou 5 rebotes e deu 2 tocos. Agora no sábado, assim como Gonzaga, Michigan venceu Texas Southern por 16 pontos de vantagem (82×66), com ênfase para a atuação do novato Hunter Dickinson que marcou 16 pontos e distribuiu 3 blocks em 24 minutos jogados, apesar de ter cometido 5 faltas.

Os famosos upsets

basquete
Atletas de Ohio festejando a vitória em cima da atual campeã Virginia. | Foto: Robert Goddin-USA TODAY Sports.

O grande prazer de assistir e acompanhar ao March Madness é presenciar vitórias surpreendentes de universidades mais fracas e menor ranqueadas sobre programas de basquete universitário históricos. No First Round, ao todo, foram 10 upsets (triunfos de seeds menores sobre seeds maiores), número que representa 31% das partidas já disputadas. A primeira delas aconteceu na sexta-feira, na Mackey Arena às 16h. A pequena Oral Roberts do estado de Oklahoma derrotou a favorita Ohio State (que foi classificada como seed 2) pelo placar de 75×72, chocando os Estados Unidos e todo o mundo. O grande destaque foi a dupla Max Abmas e Kevin Obanor que, somados, anotaram 59 pontos e 16 rebotes. Outra zebra que rolou na sexta foi o triunfo da faculdade de North Texas sobre a seed 4Purdue, única equipe que estava jogando em casa, pois fica situada no estado de Indiana. O placar terminou em 78×69 e o nome do jogo foi o veterano Javion Hamlet que marcou 24 pontos e pegou 12 rebotes.

Já no sábado, às 20h15 no Simon Skjodt Assembly Hall, a primeira boa surpresa foi a vitória de Ohio sobre a atual campeã Virginia, pelo placar de 62×58. O cara da partida foi o armador Jason Preston, dono de 11 pontos, 13 rebotes e 8 assistências, além de ter jogado todos os minutos do confronto. Porém, a principal zebra do dia ainda estava por vir. No jogo marcado para às 22h50, no Lucas Oil Stadium, os garotos de Abilene Christian derrotaram a excelente equipe de Texas por 53×52 e avançaram de fase na competição. Em um duelo muito equilibrado, o destaque ficou pelo ala-pivô Joe Pleasant, autor de 11 pontos e 8 rebotes, além de ter sido o jogador que marcou os últimos dois lances livres decisivos para os Wildcats. Os upsets restantes foram (9) Wisconsin 85×62 North Carolina (8), (11) UCLA 73×62 BYU (6), (10) Maryland 63×54 Connecticut (7), (12) Oregon State 70×56 Tennessee (5), (11) Syracuse 78×62 San Diego State (6) e (10) Rutgers 60×56 Clemson (7).

Partidas decididas nos últimos segundos

basquete universitário
Tristeza do jogador de UC Santa Barbara após a derrota para a universidade de Creighton pelo First Round do NCAA March Madness. | Foto: Andrew Nelles-USA TODAY Sports.

Ano após ano, os playoffs do basquete universitário sempre reservam muita emoção e equilíbrio, com diversas partidas sendo decididas nos últimos segundo ou no último arremesso. E o First Round de 2021 não foi diferente. Um dos jogos com esse desfecho foi entre Creighton e UC Santa Barbara, realizado no sábado às 16h30 no Lucas Oil Stadium. Em um duelo movimentado do início ao fim, os Gauchos (isso mesmo, assim que é conhecida a equipe de Santa Barbara) perdiam por um ponto quando restava 16 segundos no relógio. Após uma marcação forte dos Bluejays, o pivô Amadou Sow apareceu livre no meio do garrafão e recebeu a bola. Ele tentou a bandeja com a mão direita, mas não conseguiu fazer a cesta. Resultado: vitória de Creighton por 63×62 e uma oportunidade de upset desperdiçada.

Outra partida decidida apenas nos últimos momentos, foi o confronto entre Florida e Virginia Tech, duelo que inaugurou o First Round do NCAA March Madness às 13h15 de sexta-feira, no ginásio Hinkle Fieldhouse. Quando restavam apenas 7.3 segundos, Florida estava vencendo por 3 pontos de vantagem e o ala Anthony Duruji foi para a marca de lance livre chutar dois arremessos. Porém, o atleta errou ambos e, no rebote do segundo, o ala-armador Nahiem Alleyne correu e acertou uma excelente bola de 3 pontos, empatando o jogo em 64×64. Mas, na prorrogação, o armador Tre Mann, dos Gators, decidiu o embate e o seu time saiu vitorioso pelo placar de 75×70.


*Nós, do projeto Esporte em Pauta, estamos realizando uma parceria com o Fala!; se quiser ter acesso a mais conteúdos sobre os mais variados esportes, procure nossa página no Instagram (@esporte_em_pauta) e no Twitter (@EsportePauta).

___________________________
Por Victor Fardin – Fala! PUC

Tags mais acessadas