Michele Morrone revela problemas de viver na zona de conforto
Menu & Busca
Michele Morrone revela problemas de viver na zona de conforto

Michele Morrone revela problemas de viver na zona de conforto

Home > Entretenimento > Famosos e TV > Michele Morrone revela problemas de viver na zona de conforto

Atualmente, Michele Morrone é um dos artistas mais queridos da Itália. No entanto, nem sempre essa foi sua realidade. No início da carreira, inclusive, o ator passou por diversas dificuldades, principalmente em questões financeiras. De acordo com ele, já chegou a dormir em um banco de um parque porque não tinha dinheiro para pagar o aluguel de sua casa e trabalhou como jardineiro por um tempo para juntar um dinheirinho.

Felizmente, nos últimos tempos, o astro teve uma grande mudança de vida. Com o erótico polonês 365 Dni, conquistou fama e outras oportunidades de trabalho. Assim, conseguiu papéis no cinema e para séries. Além disso, também adquiriu um espaço na moda, estrelando campanhas publicitárias de grandes marcas e grifes – como Guess, Gucci e Dolce & Gabbana.

Na trama do filme, interpretou o misterioso Massimo Torricelli, um gângster com muita influência na Sicília. Quando sofre uma cilada e perde seu pai, se vê obrigado a assumir a chefia da máfia. Anos após o incidente, reencontra a curiosa jovem que estava no dia fatídico, Laura Biel (Anna-Maria Sieklucka). Com isso, decide sequestrá-la para que ela se apaixone por ele em até 365 dias.

Como teve uma vida difícil, Michele Morrone não confia na zona de conforto. Conforme o artista, é importante sair do conforto para abraçar novas oportunidades e se aventurar. Pensando nisso, então, saiba o que o famoso acha de ficar na zona de conforto e quais são os problemas disso, segundo ele.

michele morrone
Italiano revela problemas de viver na zona de conforto. | Foto: Montagem/Reprodução.

Michele Morrone conta a importância de sair da zona de conforto

Para alguém que já dormiu na rua porque não tinha dinheiro para pagar as contas da residência, é difícil falar sobre zona de conforto. Por isso, Michele Morrone não concorda com o estado e acredita que todas as pessoas têm que se aventurar. Em entrevista ao Live Now, comentou sobre a importância de explorar o “novo”.

Se ficamos sempre na zona de conforto, não vivemos de verdade. Nós não descobrimos mais nada. E eu acho que a vida não deve ser vivida [apenas na zona de conforto], por exemplo, [a vida não deve seguir um padrão].

Portanto, para Michele Morrone, sair da zona de conforto é essencial e pode ser um meio de abrir novas portas. Mais do que isso, acredita que, se não saímos de nossas próprias bolhas, dificilmente estamos vivendo a vida da melhor forma possível.

___________________________
Por Isabela Cagliari – Redação Fala!

Tags mais acessadas