Melhores Filmes relacionados a Segunda Guerra Mundial
Menu & Busca
Melhores Filmes relacionados a Segunda Guerra Mundial

Melhores Filmes relacionados a Segunda Guerra Mundial

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Melhores Filmes relacionados a Segunda Guerra Mundial

A sétima não deixou de retratar o conflito mais lembrado pela História atual. Diversos filmes foram produzidos e levaram muitas pessoas às salas de cinemas, aos sofás de casa e às telas dos computadores e celulares para apreciar o embate entre nações mais conhecido de todos os tempos. De dramas mais introspectivos a ações frenéticas, confira os dez melhores filmes sobre a Segunda Guerra Mundial.

Os 10 Melhores Filmes sobre a Segunda Guerra Mundial

1- Até o último homem – Mel Gibson, 2016

Um soldado que vive um dilema enorme: por ser religioso, não aceita tocar em armas. Os superiores de Desmond Toss, no início, tentar reverter a crença do rapaz, que se mantém irredutível na ideia de não matar ninguém na guerra. Ainda assim, Toss é mandado para a  Segunda Guerra Mundial como um soldado destinado a salvar pessoas no campo de batalha. As atitudes que o personagem toma são interessantes e motivadoras. 

2 – Bastardos Inglórios – Quentin Tarantino, 2009

Ao contrário do filme acima, os personagens de Bastardos Inglórios não hesitam em matar nazistas e inimigos.  Um tenente, interpretado por Brad Pitt, fica responsável por unir um pelotão com o objetivo de matar o maior número de nazistas das formas mais horrendas. Com muita ação, envolvimento com os personagens e momentos tensos, o filme vale a pena de ser assistido. 

3 – A queda! As últimas Horas de Hitler –  Oliver Hirschbiegel, 2005

Você já se perguntou como é que Adolf Hitler, principal causador da Segunda Guerra, reagia ao ver as tropas alemãs sendo dizimadas na URSS? Este filme mostra, a partir de relatos históricos e ótimas atuações, as ações do Fuhrer da Alemanha horas antes de se suicidar junto aos próprios generais nazistas. 

4 – O grande ditador – Charles Chaplin, 1940

Um ano após o início da Segunda Guerra Mundial, Charles Chaplin incorporava, de maneira caricata, a figura de um comandante totalitarista europeu. A trama do filme é divertida e com pequenas reviravoltas, sem contar com o discurso emblemático no fim do longa. 

5 – O menino do pijama listrado – Mark Herman, 2008

Talvez, da lista, seja o filme que mais corta o coração de quem o vê. A amizade improvável entre um menino judeu e o filho de um nazista mostra que a pureza da infância se prova acima de qualquer ideologia. Trágico, porém cativante, o filme pode arrancar com facilidade lágrimas dos espectadores. 

6 – Dunkirk – Christopher Nolan, 2016

Com muita ação e embasamento histórico, o filme de Nolan, diretor da trilogia Cavaleiro das Trevas, conta em três momentos – um passado em terra, um no ar e um no mar – uma operação de resgate a soldados que foram encurralados pelo exército nazista. 

7- A menina que roubava livros – Brian Percival, 2013

Na Alemanha nazista, uma série de livros foram proibidos de serem veiculados e publicados. Muitos também foram queimados em praça pública, para mostrar o perigo que seria se alguém fosse flagrado com um deles. Ainda assim, uma menina astuta ousou roubar livros para entender o que é que acontecia no mundo e ter contato com as fantasias.

8 – Pearl Harbor – Michael Bay, 2001

Um dos motivos que levou os Estados Unidos a entrarem de fato na Segunda Guerra Mundial foi o ataque à base americana de Peal Harbor. O episódio ocorreu depois que aviões japoneses atentaram contra os soldados americanos. A prática dos que ficaram conhecidos como Kamikazes marcou a História como uma tentativa desesperada de infligir danos aos EUA. O filme retrata isso e muito mais nos minutos de intensa ação e drama. 

9 – A Lista de Schindler – Steven Spielberg, 1993

Um homem não muito bondoso, ligado ao Partido Nazista, usa da mão de obra judia para prosperar com a fábrica que abriu durante a Segunda Guerra. O que parece apenas mais uma exploração, por conta do amor de Oksar Schindler ao ser humano, se transforma em uma atitude quase que heróica de salvação de vidas.

10 – A Vida é Bela – Roberto Benigni, 1999 

Pai e filho, judeus, são levados a um campo de concentração. O pai usa a imaginação para tentar disfarçar a situação para o filho.  

Bônus: Ele está de volta –  David Wnendt, 2015

Para terminar com uma surpresa, já imaginou como seria se Hitler estivesse vivendo no mundo atual? Que coisas ele faria, como ele reagiria? O longa é divertido e reflexivo para confrontar um Hitler menos raivoso com a realidade do nosso mundo.

___________________________________________
Por Gustavo Magalhães – Fala! PUC Rio

0 Comentários

Tags mais acessadas