Hamilton histórico, grande início e emoção: tudo sobre o GP de Portugal
Menu & Busca
Hamilton histórico, grande início e emoção: tudo sobre o GP de Portugal

Hamilton histórico, grande início e emoção: tudo sobre o GP de Portugal

Home > Notícias > Esporte > Hamilton histórico, grande início e emoção: tudo sobre o GP de Portugal

No último domingo, a estrela inglesa, Lewis Hamilton, dentro e fora das pistas, marcou seu nome mais uma vez na história do esporte, ao conquistar sua 92ª vitória na Fórmula 1 e passar o recorde de 91, que parecia improvável de alguém alcançar, de Michael Schumacher. O GP de Portugal ainda foi marcado por um emocionante treino classificatório e uma grande corrida, que começou de maneira verdadeiramente caótica.

Vitória de Hamilton, emoção e tudo sobre o GP de Portugal

Os treinos livres de sexta-feira marcaram a primeira vez de carros de F1 na pista de Portimão, em Portugal. Novamente, Valtteri Bottas dominou na sexta-feira, e liderou durante todos os treinos; as McLaren’s voltaram a apresentar um bom desempenho e a Ferrari, principalmente com Charles Leclerc, demonstrava um desempenho acima do que mostrou ao longo de toda temporada. A imagem dos treinos ficou com um choque entre Lance Stroll e Max Verstappen, o qual foi provocado pelo canadense.

No treino classificatório, a disputa pela liderança foi decidida na última tentativa, com o cronômetro zerado, e novamente, Lewis Hamilton foi o protagonista. Em sua última tentativa, Valtteri Bottas assumiu a pole position e estava determinado a estragar a festa de seu companheiro. Porém, na última e derradeira passagem, o hexacampeão fez uma volta com um décimo a menos que o finlandês, e garantiu mais uma pole position em sua carreira. Bottas em 2º, Verstappen em 3º e a surpresa do dia, Charles Leclerc na 4ª colocação.

No domingo, a ameaça de chuva trazia uma emoção ainda maior para o fã do esporte, e dessa vez, ela realmente veio. Mesmo que por apenas algumas voltas, a leve chuva no Algarve permitiu uma das melhores largadas da temporada.

Carlos Sainz, da McLaren, que largou em 6º, ajudado por uma melhor aderência ao asfalto molhado com seus pneus macios, escalou o pelotão e assumiu a primeira posição, fazendo a alegria dos fãs que já podiam visualizar uma grande corrida. Ainda na primeira volta, Sergio Perez se chocou com Verstappen e acabou rodando e caindo para a última posição. Outro piloto que se destacou foi o veterano campeão mundial da Alfa Romeo, Kimi Raikkonen.

gp de Portugal
A largada em Portimão. | Foto: ge.

O finlandês fez uma largada histórica, pulando de 16º para 6º, mesmo com chuva e um carro muito abaixo daqueles que estavam em sua frente. A chuva passou e naturalmente, as Mercedes se recuperaram e assumiram as primeiras posições, porém, com Valtteri Bottas à frente de Lewis Hamilton.

Na 18ª volta, Lando Norris, que vinha fazendo uma sólida corrida, foi tocado por Lance Stroll (em um lance semelhante ao de sexta-feira quando bateu em Verstappen), em que o canadense rodou e futuramente viria a ser o único a abandonar a corrida em Portugal, enquanto o inglês teve que parar para trocar a asa dianteira e acabou tendo sua corrida comprometida.

Na 20ª volta, Hamilton abriu o DRS para cima de Bottas na reta dos boxes, e assumiu a primeira posição, a qual não largaria mais. Sergio Perez, da Racing Point, que havia caído para último após rodar na primeira volta, fez uma corrida de recuperação, e na metade da prova, já havia retomado a 5ª posição e foi eleito pelo público como o Piloto do Dia. Outro piloto que se destacou no meio do pelotão foi o francês da AlphaTauri, Pierre Gasly que saiu de 9º e terminou em 5º, dando um verdadeiro show no Autódromo Internacional do Algarve.

A bandeira quadriculada se agitou no Grande Prêmio de Portugal, e pela 92ª vez, Lewis Hamilton foi o primeiro a vê-la. O inglês entrou para história mais uma vez e se tornou o piloto com mais vitórias na Fórmula 1, ultrapassando o lendário Michael Schumacher. E o privilégio é de todos que amam o esporte que podem ver a história ser escrita diante de seus olhos.

Hamilton
Hamilton celebrando a vitória e o recorde. | Foto: ge.

Bottas e Verstappen completaram o pódio, com Charles Leclerc e sua Ferrari na 4ª posição, alcançando a melhor colocação da equipe italiana desde o pódio do monegasco em Silverstone. No Campeonato de Pilotos, nenhuma alteração entre os 5 primeiros, com Hamilton disparado na liderança. O mesmo vale para o Campeonato de Construtores, que segue com a Mercedes disparada na frente, seguida por Red Bull e Racing Point.

fórmula 1
O pódio no Algarve. | Foto: ge.

Em duas semanas a Fórmula 1 está de volta, e pela terceira vez na temporada, em solo italiano. O Grande Prêmio Dell’emilia Romagna, acontecerá na volta da lendária pista de Ímola à categoria após 14 anos sem receber uma prova de Fórmula 1. Uma pista de muitas memórias para o fã do esporte, principalmente o brasileiro, por ser o local do acidente fatal de Ayrton Senna, mas que retorna como um dos mais aguardados circuitos deste inusitado ano de 2020.


*Nós, do projeto Esporte em Pauta, estamos realizando uma parceria com o Fala!; se quiser ter acesso a mais conteúdos sobre os mais variados esportes, procure nossa página no Instagram (@esporte_em_pauta) e no Twitter (@EsportePauta).

____________________________
Por Filipe Saochuk – Fala! PUC

Tags mais acessadas