Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Grandes frases do Cinema

Grandes frases do Cinema

Por Redação Fala!


Todo mundo tem uma grande frase de filme que é a sua favorita. O cinema tem esse poder de transformar um diálogo ou uma frase marcante em elemento constante na imaginação e no vocabulário de gerações inteiras. Algumas circulam com tanta frequência na cultura popular, e estão há tanto tempo por aí, que quase ninguém mais se lembra de que filme elas saíram.

Mas é curioso notar que algumas das grandes frases do cinema só conservam seu brilho na língua original do filme. Duvida? Olha aí:  


“You talking to me?”

Travis Bickle (De Niro), ensaiando um confronto no espelho em Taxi Driver.

Traduzida, a frase perde a urgência ameaçadora da original. “Tá falando comigo?” não só não assusta ninguém, como deixa Travis Bickle com cara de bebum arrumando briga no centro da cidade.

[read more=”Leia Mais” less=””]

“I’m going to make him an offer he can’t refuse”
Don Vito Corleone (Marlon Brando) assegurando sua ajuda ao sobrinho.

Aí a questão talvez não passe nem pelo idioma, mas pela atuação fabulosa de Marlon Brando. É impossível repetir a frase sem entortar os cantos da boca e imitar o sussurro rouco de Don Vito; e se não for em inglês com sotaque siciliano, não tem graça.


“If you let my daughter go now, that’ll be the end of it. I will not look for you, I will not pursue you. But if you don’t, I will look for you, I will find you, and I will kill you.”
Bryan Mills (Liam Neeson) ameaçando os raptores de sua filha em Busca Implacável

Parece que as frases de efeito são sempre mais aterrorizantes em inglês. “Vou te procurar, te encontrar e te matar” assim, em português, soa como um irmão mais velho ameaçando o mais novo caso ele não volte logo com o controle do Playstation.

“My precious!”
Gollum se referindo ao Um Anel em O Senhor dos Anéis – As Duas Torres

Por mais que “Meu Precioooso” também seja legal, fale a verdade: sempre que você imita o pobre Sméagol, é o “My Precioousss” arrastado e sibilante do original em inglês que lhe vem primeiro à mente.

Agora, se você ainda não domina o inglês e está disposto a se livrar dos filmes dublados; se não aguenta mais perder as melhores cenas porque estava ocupado demais em ler a legenda; se não consegue repetir seu diálogo favorito no idioma original sem parecer uma criança cuspindo paçoca,  um curso de inglês pode ser uma boa!

E “Hasta la vista, baby”.

[/read]

 

0 Comentários

Tags mais acessadas