GP do Azerbaijão: a melhor corrida da temporada da Fórmula 1
Menu & Busca
GP do Azerbaijão: a melhor corrida da temporada da Fórmula 1

GP do Azerbaijão: a melhor corrida da temporada da Fórmula 1

Home > Notícias > Esporte > GP do Azerbaijão: a melhor corrida da temporada da Fórmula 1

Em prova caótica da Fórmula 1, Pérez, Vettel e Gasly subiram ao pódio em Baku

fórmula 1
Verstappen após seu acidente no GP do Azerbaijão. | Foto: Reprodução/Twitter.

Neste domingo (6) foi disputado pelas ruas de Baku, o Grande Prêmio do Azerbaijão de 2021. Em uma corrida extremamente caótica, Verstappen abandonou; Hamilton caiu para o último lugar na penúltima volta e Sergio Pérez foi o vencedor da prova, subindo ao pódio com Sebastian Vettel e Pierre Gasly.

A classificação e a pole de Charles Leclerc na Fórmula 1

Nos treinos livres, a Red Bull seguiu andando à frente das outras equipes, sendo seguida de perto em todas as três sessões, pela Ferrari. Já a Mercedes, não conseguiu se encontrar na sexta-feira, e a previsão era de uma classificação complicada para os heptacampeões dos Construtores.

Chegada à classificação, logo cedo ela já dava sinais de que seriam sessões conturbadas. No Q1, Lance Stroll e Antonio Giovinazzi bateram na curva 15 e foram eliminados sem conseguirem marcar tempo. No Q2, em meio a uma boa volta, Daniel Ricciardo também se encontrou com a barreira de proteção e acabou eliminado na segunda sessão classificatória.

No Q3, após a primeira passagem dos pilotos, Charles Leclerc fez a volta mais rápida, Lewis Hamilton, mesmo com toda a dificuldade que enfrentou no fim de semana, foi o segundo e Verstappen, o terceiro. Quando os carros saíram para a segunda tentativa, Yuki Tsunoda bateu na curva um, levando a uma bandeira vermelha, que encerrou a classificação no Azerbaijão. Segunda pole consecutiva para Leclerc, seguido de Hamilton e Verstappen. Sergio Pérez, que foi muito bem durante o fim de semana, largaria em 7º, e Valtteri Bottas seria apenas o 10°.

A melhor corrida da temporada 

No domingo, as luzes se apagaram e os pilotos estavam correndo em Baku. No pelotão da frente, todos largaram bem e mantiveram suas posições na primeira volta. Surpreendentemente, nenhum tipo de acidente aconteceu na volta de abertura do Grande Prêmio.

GP do Azerbaijão
A largada do GP do Azerbaijão. | Foto: Grande Prêmio.

A alegria de Leclerc na liderança não durou muito, pois, na segunda volta, Lewis Hamilton o ultrapassou na principal reta do circuito e assumiu a ponta. No início da sétima volta, foi a vez de Max Verstappen ir para cima de Leclerc e o ultrapassar, chegando à segunda posição.

Uma volta depois, Sergio Pérez, que havia largado em sétimo, já ocupava o quarto lugar e partiu para cima da Ferrari de número 16. Sem muito ritmo de corrida, Leclerc não conseguiu segurar o mexicano, que subiu para a terceira colocação.

Na 11ª volta, o espanhol Carlos Sainz, que havia largado em quinto, perdeu o ponto de frenagem na Curva do Castelo, e acabou passando reto, perdendo diversas posições. Três voltas depois, Sergio Pérez fez sua parada no pit stop, e conseguiu retornar para a pista à frente de Hamilton, assumindo a vice-colocação da corrida.

Após 31 voltas no Azerbaijão, aconteceu o primeiro acidente da prova. Sem dar nenhum tipo de aviso, o pneu traseiro esquerdo de Lance Stroll explodiu no começo da reta principal do circuito. O canadense não teve o que fazer e bateu com muita força no muro, tendo que abandonar a boa corrida que fazia. Felizmente, o piloto saiu ileso.

Quando a corrida foi retomada, um piloto em especial se destacou na relargada: Sebastian Vettel. O alemão ocupava a sétima posição e, após um belo reinício, ultrapassou Yuki Tsunoda e Charles Leclerc, subindo para a quinta colocação. Pouco tempo depois, foi a vez de Pierre Gasly sofrer o ataque de Vettel, que acabou sendo ultrapassado e perdendo a quarta posição.

Na 46ª volta, restando apenas cinco para o final da corrida, o líder da prova, Max Verstappen, também teve seu pneu traseiro esquerdo estourado e bateu na barreira de proteção da reta principal, abandonando uma vitória que era praticamente garantida. Com isso, Pérez assumia a ponta, Hamilton era o segundo, Vettel o terceiro e Gasly o quarto.

A direção de prova acionou a bandeira vermelha, assim todos poderiam trocar seus pneus, evitando que novos acidentes como os de Stroll e Verstappen acontecessem. Restavam apenas duas voltas, mas a corrida teria uma nova largada parada.

Na relargada, Hamilton saiu muito bem e passou Pérez antes da primeira curva, porém, acabou acelerando demais e travou as rodas de sua Mercedes no momento da freada e acabou passando reto, caindo para a última posição da prova. Perez manteve a liderança, Vettel subiu para o segundo lugar e Gasly entrou na zona de pódio com o terceiro lugar. O grande destaque ficou no meio do pelotão, pois Fernando Alonso pulou da 10ª posição para a 6ª, nas duas últimas voltas restantes.

Hamilton
A saída da pista de Hamilton. | Foto: F1.

Na corrida mais caótica da temporada até aqui, Sergio Pérez conquistou a segunda vitória de sua carreira e a primeira como piloto da Red Bull. Sebastian Vettel, eleito o piloto do dia, voltou ao pódio e conquistou o seu primeiro com a Aston Martin, terminando na segunda posição. Pierre Gasly, com um fim de semana praticamente perfeito, completou o pódio, terminando em terceiro lugar.

fórmula 1 Azerbaijão
O pódio no Azerbaijão. | Foto: F1 Mania.

Com estes resultados, Max Verstappen manteve a liderança do campeonato com 105 pontos, seguido de Lewis Hamilton com 101 e Sergio Pérez assumiu a terceira posição, com 69 pontos. No Campeonato de Construtores, a Red Bull abriu vantagem com as duas Mercedes fora dos pontos, e lidera com 174; a equipe alemã ocupa o segundo lugar com 148 e a Ferrari subiu para a terceira posição, com 94 pontos.

Em duas semanas, a Fórmula 1 volta às pistas para o Grande Prêmio da França, no Circuito de Paul Ricard. Após este agitado e improvável GP do Azerbaijão, a expectativa para o decorrer da temporada apenas aumenta, na temporada da Fórmula 1 mais disputada dos últimos anos.


*Nós, do projeto Esporte em Pauta, estamos realizando uma parceria com o Fala!; se quiser ter acesso a mais conteúdos sobre os mais variados esportes, procure nossa página no Instagram (@esporte_em_pauta) e no Twitter (@EsportePauta).

______________________________
Por Filipe Saochuk – Fala! PUC-SP

Tags mais acessadas