segunda-feira, 17 junho, 24
HomeFamosos e TVGlória Maria, repórter da Globo, morre vítima de câncer

Glória Maria, repórter da Globo, morre vítima de câncer

Na manhã desta quinta-feira, 02 de fevereiro, a repórter da TV Globo Glória Maria morreu vítima de um câncer no pulmão, que foi diagnosticado em 2019. A notícia foi dada pela próprio Grupo Globo por meio de um comunicado oficial, que informou que Glória Maria morreu no Hospital Copa Star, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Apesar das especulações, Glória Maria nunca revelou sua idade e já brincou diversas vezes com o suspense sobre sua verdadeira data de nascimento. Em entrevistas recentes, a jornalista chegou a revelar que pediu que Globo não informasse sua idade.

Glória Maria morreu
Glória Maria morre vítima de câncer. | Foto: Montagem/ Instagram

Quando a doença foi descoberta, a jornalista iniciou um tratamento de imunoterapia e fez um cirurgia para tratar a metástase no cérebro. A princípio, o tratamento deu certo, mas em meados do ano passado ela precisou começar uma nova fase do tratamento para combater novas metástases cerebrais. No entanto, segundo o comunicado da emissora, o procedimento parou de fazer efeito nos últimos dias.

“Glória marcou a sua carreira como uma das mais talentosas profissionais do jornalismo brasileiro, deixando um legado de realizações, exemplos e pioneirismos para a Globo e seus profissionais. Glória deixa duas filhas: Laura e Maria”, informou o comunicado do Grupo Globo.

Carreira e conquistas de Glória Maria, um dos maiores nomes do jornalismo brasileiro

Glória Maria é um dos grandes nomes do jornalismo brasileiro, protagonizando diversos pioneiros da profissão de repórter. A jornalista nasceu em Vila Isabel, zona Norte do Rio de Janeiro, e era filha de um alfaiate, Cosme Braga da Silva, e uma dona de casa, Edna Alves Matta.

A repórter se formou em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio). Durante a graduação, chegou a conciliar os estudos com o trabalho de telefonista na Embratel. Em 1970, ela começou sua carreira na Globo como rádio-escuta.

Ela foi a primeira repórter a aparecer na Tv em uma época em que os repórteres ainda não apareciam. ela também foi a primeira mulher a aparecer ao vivo em cores no Jornal Nacional e protagonizou a primeira transmissão em HD da TV brasileira.

Primeira mulher negra a se destacar no telejornalismo brasileiro, Glória Maria inspira outras mulheres negras e inspira a luta contra o racismo no jornalismo. A repórter Ana Paula Santos lamentou a morte da colega de profissão e destacou a importância de seu legado.

Glória Maria inspirou muitas garotas da minha geração. Eu tive a oportunidade de conversar com ela e dizer que o sonho de ser jornalista se realizou pra mim porque ela começou com uma carreira linda com muita coragem. Toda conversa no camarim eu repetia: ‘Glória, te amo'”.

Ana Paula Santos

_____________________________
Por Giovana Rodrigues – Redação Fala!

ARTIGOS RECOMENDADOS