General Eduardo Pazuello, o novo Ministro da Saúde
Menu & Busca
General Eduardo Pazuello, o novo Ministro da Saúde

General Eduardo Pazuello, o novo Ministro da Saúde

Home > Notícias > Política > General Eduardo Pazuello, o novo Ministro da Saúde

O especialista em Logística Operacional, General Eduardo Pazuello, assumiu, interinamente, a função de Nelson Teich, que pediu demissão do cargo na sexta-feira (15). Conheça o atual ministro que, em menos de 1 semana no comando, já nomeou mais de 10 militares para o Ministério da Saúde. 

General Eduardo Pazuello
General Eduardo Pazuello, o novo ministro da Saúde. | Foto: Poder 360 – Anderson Riedel/PR.

Natural do Rio de Janeiro (onde Bolsonaro cresceu politicamente) e formado na Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende (RJ), bem como o atual presidente da República, o militar ativo Eduardo Pazuello já participava da gestão atual do país.

Desde 22 de abril, como secretário-executivo do Ministério da Saúde, ele coordenava a transição da gestão entre Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich. Hoje, Pazuello é mais um ministro militar do governo, nomeado por Bolsonaro.

Carreira Pré-Brasília

Com graduações como mestre de salto, salto livre e avançado de salto livre, o atual ministro da Saúde fez curso de paraquedista. Como Oficial Superior, ele fez o curso de Comando e Estado-Maior no Exército e o de Política e Estratégia Aeroespaciais, na Força Aérea Brasileira (FAB).

Antes de Brasília, Pazuello estava à frente da 12° Região Militar da Amazônia (Manaus). Ele também comandou um batalhão de paraquedistas e dirigiu o Depósito Central de Munição (Seropédica). 

À posição de general, Eduardo Pazuello chegou em 2014 e coordenou a logística do Exército, que deu suporte às Olimpíadas de 2016, no Rio. Em 2018, no governo de Michel Temer, ele estava à frente da Operação Acolhida, que prestava atendimento do Exército a imigrantes que chegavam em Roraima, em Boa Vista e Pacaraima.

A Operação Acolhida surgiu em 2018, com o objetivo de receber de forma humanitária os imigrantes e refugiados venezuelanos. A iniciativa do Governo Federal, com apoio da ONU, baseia-se em 3 pilares: acolhimento, abrigamento e interiorização.

Além disso, dentre funções que ele já desempenhou, como oficial general, está a de assessoria de Planejamento e Controle Orçamentário do Comando Logístico do Exército.

Luiz Eduardo Ramos, ministro da Secretaria de Governo, traçou elogios à excepcional habilidade de Pazuello lidar com assuntos administrativos. “Se a parte de gestão e logística no Ministério da Saúde estiver enrolada, o Pazuello vai resolver.” 

Você sabe qual é a função do Ministério da Saúde?

De acordo com o site oficial do Governo Federal:

“O Ministério da Saúde é o órgão do Poder Executivo Federal responsável pela organização e elaboração de planos e políticas públicas voltados para a promoção, a prevenção e a assistência à saúde dos brasileiros.

É função do Ministério dispor de condições para a proteção e recuperação da saúde da população, reduzindo as enfermidades, controlando as doenças endêmicas e parasitárias e melhorando a vigilância à saúde, dando, assim, mais qualidade de vida ao brasileiro.

Missão – ‘Promover a saúde da população mediante a integração e a construção de parcerias com os órgãos federais, as unidades da Federação, os municípios, a iniciativa privada e a sociedade, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e para o exercício da cidadania’.”

Resta, agora, a dúvida: será que essa extraordinária competência de Eduardo Pazuello também pode ser aplicada na contenção de uma devastadora pandemia, como a que vivemos atualmente?

___________________________________
Por Ana Paula Jaume – Fala! UFRJ

Tags mais acessadas