terça-feira, 23 abril, 24
HomeEsporteFórmula 1: saiba o que esperar dessa nova temporada 

Fórmula 1: saiba o que esperar dessa nova temporada 

Após o título de Max Verstappen, numa temporada acirrada definida na última volta de uma corrida maluca em Abu Dhabi, a Fórmula 1 está de volta para uma nova era. Cheia de mudanças nos carros, regras pilotos e equipes. A seguir, veja o que esperar da nova temporada. 

Fórmula 1
Saiba mais sobre as mudanças da Fórmula 1. | Foto: Reprodução/ MotorShow

O que esperar das equipes?

Mercedes

A equipe campeã do mundial de construtores da última temporada vem tendo dificuldades com o carro para esse ano, o desempenho dos pilotos foi bem abaixo do padrão Mercedes. Mas não dá para apostar contra a escuderia que tem em seu cockpit o hepta campeão Lewis Hamilton. Com alguns ajustes, a equipe voltará às primeiras linhas do grid.

Suprindo a saída de Valteri Bottas, a escuderia trouxe o jovem George Russel, vindo com bons desempenhos da Equipe Williams.

Red Bull

A equipe do campeão Max Verstappen e Sergio ‘Checo’ Perez manteve seus dois pilotos para a temporada. A empresa fez bastante mudanças em seu carro que acabaram por não se mostrarem tão promissoras por enquanto, mas com alguns ajustes a escuderia vai com certeza brigar pelos títulos.

Ferrari

Após 2 temporadas no purgatório da Fórmula 1 com seus carros mornos, a Escuderia mais tradicional do grid vem com um verdadeiro canhão para essa temporada. Com um motor impressionante e um carro fácil de guiar, seus excelentes pilotos Charles Leclerc e Carlos Sainz vem com toda a força para buscar o título mundial.

McLaren

A equipe britânica vem com sérios problemas para essa temporada, o carro tem se mostrado péssimo, uma encrenca sem fim, cheio de problemas. Os pilotos Daniel Ricciardo e a joia da escuderia Lando Norris terão um grande desafio no grid. A equipe terá que cortar um dobrado se quiser se manter no alto da tabela.

Alpine

A equipe vem com um carro que se mostra promissor, porém ainda precisando de muitos ajustes que devem levar um tempo. Se a equipe fizer bem seu trabalho, Fernando Alonso e Esteban Ocon podem apresentar bons resultados ao longo da temporada.

Alpha Tauri

Com um carro sem muita ambição, a Alpha Tauri não deve ter grandes evoluções nessa temporada apesar do bom desenvolvimento de seu piloto Yuki Tsunoda e Pierre Gasly, o francês que com certeza merecia uma escuderia melhor para correr.

Aston Martin

O carro com certeza é um dos mais bonitos do grid, porém quanto ao desempenho o carro é bem fraco. Vai ser um desafio enorme para os pilotos Sebastian Vettel e Lance Stroll manterem a equipe na prateleira do meio do Fórmula 1.

Willians

Em seu segundo ano fora da mão da família Williams, a escuderia já fez ótimos avanços dentro de seu projeto a longo prazo e vem sempre aparecendo nas posições intermediárias. Com a saída de George Russel, a equipe trouxe de volta para o grid o tailandês Alexander Albon e manteve Nicholas Latifi em seu cockpit. Com o bom carro que fez, a Williams com certeza subirá na tabela.

Alfa Romeo

A equipe é uma das mais decepcionantes do grid. Sem um projeto consistente, a equipe que funciona como um verdadeiro laboratório de testes para a Ferrari, não deve sair das últimas posições da tabela. A escuderia conta com dois novos pilotos para a temporada, Valteri Bottas e o primeiro chines a chegar na Formula 1, o estreante Guanyou zhou.

Mudanças nos carros

“Basicamente, só o volante é igual”, disse Mike Elliott, diretor técnico da Mercedes.

Os novos carros vieram para causar uma verdadeira revolução na Fórmula 1. O objetivo de todas essas mudanças é causar uma menor turbulência para o carro de trás. As ultrapassagens acontecerão com muito mais facilidade, veja oque muda nos carros.

Winglets

As asas sobre rodas vêm com a função de controlar o fluxo de ar que sai da roda dianteira e jogá-lo para longe da asa traseira de maneira mais aerodinâmica.

Pneus maiores

O aro passará de 13 polegadas para 18 polegadas, alteração feita para reduzir os casos de superaquecimento dos pneus, além de dar um ar muito mais agressivo pros carros.

Calotas nas rodas

Com pneus maiores, a turbulência deixada para o piloto de trás aumenta, para resolver o problema, a Fórmula 1 aderiu as calotas nas rodas do carro. Um visual totalmente novo nas rodas.

Retorno do efeito solo

É a volta do efeito solo que havia sido banido em 1982. A mudança no assoalho, que agora é cheio de curvas e túneis para a passagem de ar, muda totalmente o carro. A mudança gera um maior ‘Downforce’, prendendo o carro no chão, além de deixar um ar mais limpo para o carro de trás.

Asa dianteira

A asa dianteira vem com um design com menos peças, mais simples e tenta impedir que o ar sujo vá para fora do carro e seja direcionado para a asa traseira.

Asa traseira

A asa traseira ganhou um design mais avançado, com formato curvado, jogando o fluxo de ar para cima, deixando um ar mais limpo para o carro de trás e causando menor turbulência.

Mudanças nas regras

Sprint

As corridas sprint acontecerão nos GPs de Emilia-Roamana, Áustria e Interlagos, porém com mudança na pontuação. Agora os 8 primeiros pontuam. O primeiro colocado ganha 8 pontos, o segundo 7 e assim vai. A corrida Sprint não define mais as posições de largada que serão definidas nos classificatórios de sexta.

Safety Car

A polêmica da decisão do título da última temporada sofreu agora uma mudança para deixar a regra mais clara. O regulamento agora diz que todos os carros que estiverem com uma volta de atraso, deverão passar o Safety Car. A regra que antes era “any car” (qualquer carro) agora é “all cars” (todos carros).

____________________________________
Por Pedro Joshua Santos – Fala! Anhembi

ARTIGOS RECOMENDADOS