Filme sobre Suzane von Richthofen ganha primeiras imagens, veja
Menu & Busca
Filme sobre Suzane von Richthofen ganha primeiras imagens, veja

Filme sobre Suzane von Richthofen ganha primeiras imagens, veja

Home > Lifestyle > Filme sobre Suzane von Richthofen ganha primeiras imagens, veja

Conforme anunciado pela Galeria Distribuidora, o cinema brasileiro ganhará duas novas produções contando a história de Suzane von Richthofen, jovem que planejou o assassinato dos pais em outubro de 2002.

Ambas chegarão aos cinemas em 2020 e terão suas sessões alternadas nas mesmas salas.

No elenco, teremos a atriz Carla Diaz interpretando Suzane von Richthofen, e o ator Leonardo Bittencourt no papel de Daniel Cravinhos.

Confira as primeiras imagens do filme sobre Suzane von Richthofen:

FIlme sobre Suzane von Richthofen
FIlme “A menina que matou os pais”. | Foto: Divulgação.
FIlme sobre Suzane von Richthofen
FIlme “A menina que matou os pais”. | Foto: Divulgação.
FIlme sobre Suzane von Richthofen
FIlme “A menina que matou os pais”. | Foto: Divulgação.

Relembre o caso

suzane e os irmãos cravinhos
Suzane von Richtofen e os irmãos cravinhos foram presos 2002.

Réu confessa, Suzane von Richthofen foi condenada a 39 anos de prisão por ter planejado a morte dos pais, Manfred e Marísia von Richthofen. Eles foram assassinados a pauladas no dia 31 de outubro de 2002 pelos irmãos Daniel (namorado de Suzane na época) e Cristian Cravinhos.

O crime ganhou forte repercussão nacional e é um dos mais lembrados casos policiais do Brasil.

Daniel também foi condenado a 39 anos, mas já cumpre pena no regime aberto. Já Cristian, condenado a 38 anos e seis meses, estava no mesmo regime, mas, segundo o UOL, foi condenado a quatro anos de prisão, em regime fechado, em outubro de 2018, por corrupção passiva. Ele tentou subornar policiais em abril do ano passado, em Sorocaba (SP).

Em outubro de 2015, Suzane von Richthofen obteve a progressão do regime fechado para o semiaberto. Em maio deste ano, ela deixou a prisão para “saidinha” do Dia das Mães e ficou em liberdade até o dia 14 de maio, quando retornou à Penitenciária Feminina Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé (SP).

0 Comentários

Tags mais acessadas