Estudar em outra cidade? 7 dicas para a vida fora de casa
Menu & Busca
Estudar em outra cidade? 7 dicas para a vida fora de casa

Estudar em outra cidade? 7 dicas para a vida fora de casa

Home > Universidades > Estudar em outra cidade? 7 dicas para a vida fora de casa

Começar os estudos na universidade já é uma grande mudança, imagina ter que sair da casa dos pais e ir para outra cidade ou até mesmo outro estado para conseguir seguir com os estudos.

A vida muda radicalmente de uma hora para outra e, muitas vezes, o calouro mal consegue associar tudo o que está acontecendo. O sentimento de solidão predomina e, para ajudar aqueles que estão passando por isso ou que futuramente enfrentarão a mesma situação, entrevistei alguns estudantes que deram dicas sobre o que poderá ajudá-los. 

7 dicas para a vida fora de casa.

VOU MORAR SOZINHO! E AGORA? – DICAS PARA UNIVERSITÁRIOS LONGE DE CASA

Confira 7 dicas para quem vai estudar em outra cidade:

1- Amizades 

Publicidade

Fazer novas amizades pode ser difícil para muitas pessoas, principalmente aquelas que são mais tímidas e fechadas. No entanto, são essas amizades que irão ajudar você a se sentir melhor, até porque sempre terá mais pessoas passando pelo mesmo e elas te entenderão. 

A estudante de fisioterapia da Unesp, Marcela Falcão, concorda com esse ponto de vista.

As novas amizades me ajudaram muito porque todo mundo ali estava no mesmo barco.

Reflete Marcela Falcão.

2- Objetivos 

Se atenha aos seus sonhos e objetivos. Muitos sonham com o tão esperado momento em que seu nome aparecerá na lista de convocados da faculdade. A mudança é difícil, mas manter em mente que está ali realizando um sonho ajuda bastante.

Publicidade

Marcela Sayuri, estudante de Letras da USP diz que “a imensidão da cidade e o fato de enfrentar tudo sozinha, sem a família é meio assustador, além de me sentir incapaz no ambiente acadêmico.

O que me ajuda a continuar seguindo é que lembro da pequena-eu que sonhava com isso e que nós chegamos lá.”

Afirma Marcela Sayuri.

3- Aproveite 

Não fique trancado em casa. Se divertir e deixar a mente descansar é essencial. A faculdade traz ótimas oportunidades para você, então aproveite ao máximo tudo que ela oferece, seja a biblioteca e os laboratórios ou as entidades que seu curso possui. 

Geralmente, todos os cursos possuem uma Atlética e um Centro Acadêmico, além de uma bateria. Participar deles traz uma sensação de imersão e pertencimento ainda maior nessa nova vida universitária. 

Gabriel Junqueira, estudante de Química da USP, defende esse pensamento:

Temos que abraçar as oportunidades que aparecem sem medo do novo.

4- Converse 

É muito importante sempre ter alguém com quem conversar, seja um amigo ou mesmo um profissional, já que com tantas mudanças os sentimentos acabam ficando confusos e aflorados.

Mas tenha em mente: é uma fase de grande aprendizado e levaremos essas experiências para a vida toda. 

5- Explore 

Muitas pessoas saem de cidades interioranas ou então vêm de outro estado. É comum sentirem medo do desconhecido, mas a chave de tudo é abraçar essa nova experiência.

Chame seus amigos e saiam para conhecer os pontos mais importantes da cidade como museus, parques, centros culturais e outros. Conhecer o local que será sua casa pelos próximos anos é essencial para que se sinta melhor e assim tudo será menos assustador. 

6- Moradia 

Uma das maiores dúvidas dos calouros é: morar sozinho ou morar em uma república? Essa decisão é rodeada por vários fatores como a distância entre a casa e a faculdade, o preço da moradia, o acesso ao transporte público, entre outras questões.

Muitos preferem uma república porque tem todo um ar “universitário”. Se você gosta de companhia e de estar sempre rodeado por várias pessoas, essa é uma ótima opção.

Já aqueles que são mais caseiros, morar sozinho é ótimo, pois terá seu próprio cantinho. Procure pesquisar bastante antes da mudança; tenha em mente que será ali que você irá morar nos próximos meses ou anos.  

7- Alimentação 

Uma alimentação saudável e balanceada é o que garante que você terá energia e disposição para encarar a intensidade dos estudos universitários. 

Toda faculdade possui um bandejão, mas o preço varia de uma para outra. O bandejão é a melhor opção para aqueles que procuram facilidade e economia, mas perto da faculdade também há vários restaurantes.

Outra opção é cozinhar em casa, opção econômica para quem já sabe cozinhar ou acaba tendo que aprender na marra. Os calouros que conseguem voltar frequentemente para a casa dos pais também podem trazer marmitas congeladas para comer durante a semana. 

Não se desespere, há sempre uma solução. É tudo questão de planejamento. Camilo Libério é bolsista integral do ProUni, estuda jornalismo na PUC, e compartilhou:

Nós (bolsistas) temos direito à uma refeição no bandejão gratuitamente por dia, valendo também para os sábados.

Explica Camilo.

COMO MANTER UM FÍSICO SAUDÁVEL DURANTE A FACULDADE

Mais alguns lembretes

Não se esqueça de procurar as entidades de seu curso para mais informações sobre a faculdade e o que ela pode oferecer. Para aqueles que gostam de praticar esportes, se jogue nessa aventura, você poderá até disputar em jogos universitários.

Procure também por cursos de línguas. Muitas faculdades oferecem alguns desses cursos de forma gratuita. Não fique por fora. Aproveite tudo e viva essa nova fase da melhor forma possível. 

___________________________________________
Por Rafaela Thomaz Leite – Fala!PUC

Tags mais acessadas