Estresse: entenda uma das principais causas de problemas de saúde
Menu & Busca
Estresse: entenda uma das principais causas de problemas de saúde

Estresse: entenda uma das principais causas de problemas de saúde

Home > Lifestyle > Saúde > Estresse: entenda uma das principais causas de problemas de saúde

Se existe algo que tem o poder de acabar com sua vida é o estresse. Ele afeta a sua vida muito mais do que você imagina, atrapalha sua carreira, seus negócios, sua vida social, familiar e pode gerar problemas físicos. Assim, estresse não é o vilão, mas precisa ser administrado para  evitar uma reação em cadeia que pode prejudicar e muito, a sua saúde. 

estresse
Entenda uma das principais causas de problemas de saúde. | Foto: IStock/Getty Images.

O que é o estresse?

O estresse é uma reação natural do seu corpo, da sua mente alertando que há algo de errado com você. Além disso, também serve como uma barreira de proteção para a sua vida. 

De acordo com o site da Secretaria de Saúde do Estado de Goiás, “o estresse é a resposta do organismo a determinados estímulos que representam circunstâncias súbitas ou ameaçadoras”. Em outras palavras, o estresse é a forma que o nosso corpo reage a determinadas circunstâncias de perigo.

Assim, o nosso corpo reage estimulando a produção de hormônios como a adrenalina e o cortisol. Porém, existem outras formas de estresse, como aquele ocasionado por doenças, por acidentes ou ainda causado pelas dificuldades do cotidiano. Por isso, é fundamental entender o que é o estresse, antes de qualquer outra coisa.

Sintomas e causas

Entre os principais sintomas do estresse, destacam-se:

  • Dor no corpo, em especial as dores de cabeça;
  • Cansaço e fadiga (física e mental);
  • Irritabilidade, impaciência, alterações de humor (raiva, tristeza);
  • Insônia, dificuldades para dormir e descansar;
  • Falta de concentração, dificuldade em raciocinar.

As principais causas são:

  • Exposição a situações de perigo;
  • Sobrecarga (emocional ou física);
  • Violência (bullying, violência familiar, exposição excessiva a conteúdo violento);
  • Dificuldades na execução de atividades;
  • Ausência de férias ou de períodos de descanso (físico ou mental).

O estresse natural do seu corpo te mantém em um estado de alerta, de modo que consiga se proteger de alguma ameaça ou sinal de perigo. O estresse pós-traumático, aquele ocasionado por alguma doença, por sua vez, pode causar problemas na sua forma de agir e/ou lidar com as pessoas, sempre buscando a proteção do seu corpo. Já o estresse causado pelas situações diárias, tem alto poder sobre suas relações, evitando que mantenha relações não saudáveis. 

É preciso entender que existem duas questões que precisam ser analisadas. A primeira é o estresse causado em situações naturais e a segunda questão refere-se ao estresse causado pelas relações da sociedade moderna. E é sobre isso que iremos falar a partir de agora.

Dias de luta

Vivemos dias cada vez mais estressantes e cansativos. Estamos mais on-line e cada vez menos offline em nossas atividades. O estresse, como reação natural do corpo, precisa de um certo tempo para se recuperar. O grande problema, é que não temos dado atenção a este período e, por isso, estamos nos tornando mais problemáticos, cansados, impacientes e insensíveis ao que acontece ao nosso redor. 

Há poucos anos, a qualidade de vida era muito melhor entre as pessoas, uma vez que não existia tamanha competitividade. Atualmente, a competitividade entre as pessoas cresceu, competimos pela atenção, pela produção de bens, pelo lucro e pela sobrevivência. E essa competição frenética tem criado situações de grande estresse.

Além disso, ainda precisamos lidar com a pandemia causada pelo vírus Covid-19, que potencializou o estresse a partir do confinamento das pessoas. Essa situação é considerada altamente tóxica, pois forçou medidas impopulares para o controle da propagação da doença.

O estresse nos força a viver os dias de luta frequentemente, e isso é prejudicial ao nosso organismo. A natureza humana não é predisposta para o ritmo de alta frequência, mas para formas equilibradas. Dessa forma, quando passamos a viver em um ritmo frenético, estamos desregulando nosso corpo e criando um cenário ideal para ataques de pânico, ansiedade, depressão e problemas ligados ao coração.

Como lidar com o estresse?

Após todo este discurso, fica o questionamento: como lidar com o estresse? A boa notícia é que o tratamento, bem como outras doenças, é muito simples e não custa caro. A má notícia é que lidamos com o estresse da forma errada e antinatural, influenciados por um entendimento errado sobre a vida.

Veja as formas corretas de como devemos lidar com o estresse:

  • Tenha uma vida equilibrada em suas emoções, amizades, alimentação, exercícios físicos e em muitas outras áreas;
  • Elimine ou mitigue as pessoas que causam a sensação;
  • Procure ajuda especializada de psicólogos ou terapeutas;
  • Faça uma reprogramação mental;
  • Durma bem (isso começa desde a preparação do ambiente até o momento de deitar a cabeça sobre o travesseiro para efetivamente dormir).

Vencer o estresse é como vencer qualquer outra doença: você precisa seguir com o tratamento até o final. Existem outras formas, como o uso de remédios controlados, mas esta nunca deve ser a primeira opção, já que existem formas naturais de tratamento. É importante lembrar que os remédios são drogas e, como toda droga, causam alguma dependência.

________________________
Por Paulo Augusto M. Machado – Fala! Universidade Federal do Amazonas

Tags mais acessadas