Entenda porquê os Dublês são injustiçados na premiação do Oscar
Menu & Busca
Entenda porquê os Dublês são injustiçados na premiação do Oscar

Entenda porquê os Dublês são injustiçados na premiação do Oscar

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Entenda porquê os Dublês são injustiçados na premiação do Oscar

No dia 9 de fevereiro de 2020 acontece a 92.ª cerimônia de entrega dos Academy Awards, ou popularmente conhecida como a premiação do Oscar edição 2020 e mais uma vez os dublês serão esquecidos.

Dublês
Dublês

CORINGA É O FILME DE QUADRINHOS MAIS INDICADO AO OSCAR DE TODOS OS TEMPOS

Por que os Dublês são injustiçados na premiação do Oscar?

Esse evento anual é realizado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e tem como intuito premiar as melhores produções, atores, técnicos e filmes que estiveram em cartaz no ano anterior a sua edição.

Mas como nem tudo são flores no mundo do show biz, uma ou outra categoria acaba sendo injustiçada e como todos os anos os esquecidos da vez são os dublês.

Esses profissionais que dão a vida pela arte acabam sendo deixados de escanteio pela ausência de uma premiação especifica para celebrar a valorização de seu trabalho, que faz suar a camisa, de forma literal, para que aconteça com veracidade a magia do cinema, além de preservar a integridade física das grandes estrelas da telona.

CONFIRA OS INDICADOS AO OSCAR 2020 EM TODAS AS CATEGORIAS E ONDE ASSISTI-LOS

Grande conhecido dos estúdios hollywoodianos, o stuntman veterano Jake Gill, promete fazer barulho na próxima edição da premiação segundo os jornais americanos.

Ele que foi responsável por coordenar cenas de ação em filmes como Velozes e Furiosos e Jumanji é um forte defensor da classe de dublês e há 27 anos vem batalhando para que haja um reconhecimento maior da profissão de dublê por parte dos organizadores do Oscar.

A última lembrança à classe na festa do cinema faz exatamente 53 anos, quando o primeiro dublê da história do cinema mundial e campeão de rodeios, Yakima Cannut recebeu a estatueta em homenagem a criação da profissão e contribuições prestadas para a indústria cinematográfica.

DEMOCRACIA EM VERTIGEM: DOCUMENTÁRIO BRASILEIRO É PRÉ-INDICADO AO OSCAR 2020

Dublês No Brasil

De lá pra cá em meio a protestos, polêmicas, cachês elevadíssimos muita coisa aconteceu, mas não para o Brasil. Infelizmente essa profissão que envolve grandes riscos e adrenalina ainda continua pouco conhecida e valorizada em solo tupiniquim.

Modestos avanços aconteceram se comparado aos gigantes da indústria cinematográfica norte americana. Em uma breve análise, podemos verificar que vários são os fatores que mantiveram o Brasil se posiciona quilômetros de distância do panorama das produções do cinema americano.

Um dos motivos sem dúvida algum é o alto custo de produção na realização de uma cena de ação, tal como a compra de itens de segurança e matérias primas importada para confecção de efeitos especiais de alta qualidade.

Outro fator verificado foi o tardio surgimento de um centro preparatório de formação que reunisse todas as informações necessárias para que pudessem surgir novos talentos na área atendendo aos mais diversos perfis.

É necessário que o mercado brasileiro aprenda com quem fez história e não repita os mesmos erros, além de ficar atento para atender a essa nova demanda e suas exigências.

VEJA A LISTA DE PREMIADOS DO OSCAR 2019

Os perigos da profissão

Em 2017 os Estados Unidos tiveram  aumento significativo no número de acidentes de trabalho decorrentes à contratação de dublês sem experiência, tudo isso devido ao boom no crescimento de novas vagas de emprego em produções de conteúdos de entretenimento para televisão.

É óbvio que como toda nova profissão, muitas dúvidas ainda hão de surgir e a relação profissional x mercado deverá se moldar e se adaptar a essa nova realidade que indubitavelmente deve crescer consideravelmente com novas produções no cenário nacionais e a chegada de novas plataformas de streaming no país.

Não basta ter apenas coragem para trabalhar de forma profissional em uma cena de ação, é necessário muito treino, estudos em artes artes marciais, teatro, vivência e pratica de diversos esportes radicais, direção defensiva, experiência em manuseio de armas, conhecimento de efeitos especiais e apoio e parcerias órgãos públicos como o Exército, Polícia Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, CET, entre outros.

Disse Bruno Santana, Coordenador de Ação do Centro de Treinamento Tático Dublês e Atores

A carreira de dublê em nosso país ainda não possui uma forte representatividade e para garantir o respeito e os direitos do profissional.

O dublê profissional deve buscar primeiramente o auxílio profissional de alguém especializado em prestação de serviços artísticos e negociação de cachês para o mercado publicitário, televisivo e cinematográfico e em segundo lugar uma orientação jurídica para que não haja dúvidas contratuais

explica Marcos Mascaretti da agência Royal Actors, responsável pelo gerenciamento de carreira dos profissionais do Centro de Treinamento Tático Dublês e Atores.

Ainda que distante dos altos cachês pagos pelos estúdios americanos, algumas lacunas ainda devem ser preenchidas ao longo dessa caminhada, porém é sempre bom lembrar alguns pontos importantes com relação a nossa realidade de mercado de trabalho.

1 Comentário

Tags mais acessadas