Emagrecer: Quais cuidados se deve ter ao começar uma dieta?
Menu & Busca
Emagrecer: Quais cuidados se deve ter ao começar uma dieta?

Emagrecer: Quais cuidados se deve ter ao começar uma dieta?

Home > Lifestyle > Saúde > Emagrecer: Quais cuidados se deve ter ao começar uma dieta?

Seja na televisão, em revistas ou em sites, nos deparamos com vários exemplares dos “corpos perfeitos”. Magros, bronzeados e sarados. Esse fenômeno é ainda mais comum nas redes sociais, e faz com que muitas pessoas comecem a acreditar que esse padrão é correto e bonito. A partir disso, elas travam uma luta diária para alcançar esse “estereótipo ideal de corpo”. É aí que muitas pessoas começam uma dieta para emagrecer

Essa decisão, no entanto, pode ser muito perigosa, uma vez que as pessoas recorrem a dietas radicais, extremamente privativas. Muitos abandonam sua saúde em prol do tal “corpo perfeito”. Pensando nisso, a seguir, explicamos quais os cuidados que alguém deve ter ao decidir começar uma dieta para emagrecer.

Saiba quais cuidados tomar com dietas para emagrecer.
Saiba quais cuidados tomar com dietas para emagrecer. | Foto: Freepik.

Entenda os cuidados que se deve ter ao começar uma dieta para emagrecer

O conceito de dieta se dá pela quantidade habitual de líquidos e alimentos que uma pessoa ingere. Porém, a palavra dieta também pode se referir a regime, ou restrição alimentar a que uma pessoa é submetida. Normalmente, os regimes alimentares têm por objetivo diminuir a quantidade de gordura no corpo ou para adquirir massa muscular. Há também os casos de se fazer uma dieta a fim de controlar os nutrientes que uma pessoa em recuperação ou doente pode ingerir.

Em todo caso, as dietas feitas com o objetivo de alcançar um “corpo perfeito”, como também as dietas para doentes, devem ser feitas com o acompanhamento de um médico ou nutricionista. Pois somente esses profissionais são capazes de avaliar o estado de saúde de cada um e corrigir os maus hábitos alimentares sem causar perigos à saúde. 

Mas, o que vemos por aí é uma realidade bem diferente dessa. Todos nós temos conhecimento de pelo menos um exemplo de algum conhecido que começou uma dieta sem antes fazer uma avaliação preliminar de saúde. O que muita gente se esquece ou mesmo não sabe é que essa atitude tem vários riscos e que na maioria das vezes não passam de uma mentira divulgada apenas para ganhar “likes” e mais visualizações nas redes.

O perigo das dietas restritivas

Esse tipo de dieta se caracteriza pela retirada de alimentos da rotina alimentar de uma pessoa, como por exemplo os carboidratos, o que ocasiona um risco à saúde. Isso ocorre porque, em geral, essas dietas não oferecem uma alimentação balanceada, com uma quantidade de nutrientes suficientes para suprir as necessidades do corpo. Nesse caso, pode ocorrer carência nutricional. 

Geralmente, esse tipo de dieta gera uma perda de peso muito rápida, o que faz com que a pessoa fique mais motivada a continuar. Porém, o que pode ocorrer em um caso assim, é uma alteração na alimentação causando perda de água, que reflete no peso, mas por outro lado pouca gordura é perdida. Ao parar com a dieta, o ganho de peso é inevitável. 

Ademais, em algumas dietas pode haver sobrecarga dos rins e fígado, como é o caso das dietas ricas em proteínas. As dietas que restringem os carboidratos, entretanto, podem causar uma diminuição de serotonina, que é a substância relacionada à saciedade, e isso pode gerar compulsão alimentar. 

Ao se iniciar uma dieta, de forma saudável, o ideal é que ela seja composta por todos os nutrientes, mas em uma proporção satisfatória para cada organismo. E é sempre bom frisar a importância do acompanhamento de um médico ou nutricionista, para que uma dieta seja feita da maneira correta, a partir de exames e análises sobre a vida e dia a dia do paciente.

_________________________________________________

Por Maria Fernanda Ribeiro – Fala! UFG

Tags mais acessadas