Em meio a discussões, Campeonato Carioca volta a campo
Menu & Busca
Em meio a discussões, Campeonato Carioca volta a campo

Em meio a discussões, Campeonato Carioca volta a campo

Home > Notícias > Esporte > Em meio a discussões, Campeonato Carioca volta a campo

Parado desde o dia 16 de março, por conta da pandemia do coronavírus, o Campeonato Carioca já tem data de volta. Após reuniões com alguns representantes dos clubes da série A do campeonato, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) resolveu retomar o campeonato a partir do dia 18/06 (quinta-feira), quando joga Flamengo x Bangu, no Maracanã, às 21h, jogo da quarta rodada da Taça Rio, mas sem transmissão pela televisão.

As próximas partidas do campeonato, além da partida na quinta-feira (18) anteriormente mencionada, são entre Portuguesa-RJ x Boavista na sexta-feira (19), às 15h30. No domingo (21), entram em campo Madureira x Resende, às 15h45, e Vasco x Macaé, às 16h. Sujeitas a mudanças, mas até então confirmadas, devem ocorrer as partidas Botafogo x Cabofriense e Fluminense x Volta Redonda, às 17h30 e 20h, respectivamente.

retorno do futebol no Brasil
Campeonato Carioca volta a campo nesta quinta-feira (18). | Foto: Unsplash.

Retorno do futebol no Rio de Janeiro

Embora o Rio de Janeiro viva uma situação de alerta, com estatísticas graves em relação ao coronavírus, a volta do futebol foi liberada. A Ferj resolveu colocar em pauta o assunto e divulgou, após reuniões, as datas dos jogos. Segundo comunicado assinado pelo diretor de competições, Marcelo Vianna, estão autorizadas apenas as atividades dos clubes da série A do Campeonato Carioca, as outras devem permanecer suspensas.

A reuniões realizadas virtualmente foram repletas de polêmicas e opiniões contrárias entre os clubes. A discussão envolve, principalmente, as quatro grandes equipes cariocas: Flamengo, Vasco, Botafogo e Fluminense. O Flamengo, desde que se estuda a volta da competição, vem pressionando a Federação para agilizar a volta aos treinos e dos jogos. Além disso, foi a primeira equipe a realizar os testes em todos os funcionários e atletas do clube. O Vasco, apesar de não ter mandado nenhum representante ao Conselho Arbitral, não se opôs à decisão e joga, no domingo, em São Januário contra o Macaé, às 16h.

O Fluminense e o Botafogo discordam dessa decisão e pedem a volta apenas para o próximo mês. Realizados os testes, o Botafogo tem uma parcial de 5 positivos para o vírus. Já o Fluminense, ainda não tem o resultado dos exames, que podem demorar até uma semana, já que foram realizados na última terça-feira (16). Tanto o tricolor como o alvinegro ainda não retomaram os treinos presenciais e devem recorrer à Justiça para pedirem o adiamento de suas partidas, marcadas para segunda-feira (22). 

Após liberar a volta do futebol no estado, com a aprovação da Vigilância Sanitária do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, prefeito da cidade, também esteve presente no encontro. Crivella pediu que os clubes que não concordassem com a decisão, não fossem punidos.

Em documento que visa a volta dos jogos no Rio de Janeiro em segurança, “Jogo Seguro”, a Ferj priorizou os estádios Maracanã, Engenhão e São Januário para receberem as partidas. Outros estádios podem ser utilizados, desde que cumpram as regras de segurança. Outras medidas que fazem parte desse protocolo são: restrição nas delegações (máximo 40 pessoas), obrigatoriedade antes de acessar os vestiários, distanciamento entre os atletas do banco de reservas, uso obrigatório de máscaras nos suplentes e comissão técnica, entre outras formas de higienização.

Além de não ser permitida a entrada de torcida, não haverá a presença da imprensa em campo. Ainda, no início da partida, não será possível o cumprimento habitual entre as equipes e, em caso de gol, os jogadores não poderão se aglomerar e não será permitido beijar bola e nem toques de mãos entre eles e comissão técnica.

__________________________
Por Victória Romanelli Amorim – Fala! Cásper

Tags mais acessadas