Home / Colunas / 30 Curiosidades da Copa do Mundo que você nem imagina

30 Curiosidades da Copa do Mundo que você nem imagina

A Rússia já foi sede de diversos eventos esportivos, incluindo os Jogos Olímpicos. Mas é a primeira vez na história que o maior país do mundo passa a sediar a Copa.

E já que estamos no clima, dê uma olhada em algumas das maiores curiosidades da Copa do Mundo, desde quando ela foi criada!

1. O mascote da Copa do Mundo da Rússia é um lobo chamado Zabivaka (em sua tradução significa “aquele que escreve”). O mais curioso é que ele foi escolhido por crianças russas através de uma pesquisa online.

2. A Copa do Mundo foi disputada 20 vezes e o Brasil é o único país que participou de todas elas

3. O torneio de 2018 será realizado em um total de 11 cidades russas, dentre elas, Moscou, São Petersburgo ou Samara.

4. A maioria desses estádios está localizada na parte ocidental da Rússia, coincidindo com as áreas de poder econômico. De fato, o único assento pertencente ao lado asiático será Yekaterinburg.

5. O jogo de abertura será disputado entre a Rússia e a Arábia Saudita e realizado no remodelado estádio Luzhniki (Moscou), que também será o local da final no dia 15 de julho.

6. Apesar da copa ser sediada em 11 cidades, a Copa do Mundo da Rússia será jogada em um total de 12 estádios; 2 deles, o Luzhniki Olympic e o Spartak, estão localizados em Moscou.

7. O frio característico de algumas regiões exigiu a instalação de grandes máquinas de aquecimento nos estádios, a fim de manter o campo de jogo em estado ótimo.

8. Ao se referir à Copa do Mundo da Rússia, deve-se ter em mente que poderíamos estar falando sobre a copa mais movimentada de todos os tempos, de acordo com estatísticas de vendas, com convidados de todos os cantos do mundo.

9. Além disso, todos esses torcedores têm ingressos para os jogos em sua posse, eles podem se mover livremente entre as cidades-sede; uma grande vantagem considerando as enormes distâncias.

10. Ao longo da história da Copa do Mundo foram concedidos dois troféus separados de 1930 a 1970. Um deles foi dedicado a Jules Rimet em homenagem ao ex-presidente da FIFA e feito de prata esterlina banhado em ouro e lápis-lazúli. Em 1974, o troféu atual foi inaugurado, feito com ouro de 18 quilates e uma forma de duas figuras humanas segurando a Terra.

11. A bola da competição foi chamada Telstar, a mais moderna da história do mundo.

12. O vídeo-arbitragem também fará sua estreia nesta competição, que deverá reduzir a margem de erro nas decisões de arbitragem.

13. O custo estimado é de cerca de US $ 20,9 bilhões, embora analistas digam que o valor pode dobrar, considerando os 51 bilhões das Olimpíadas de Inverno em Sochi.

14. Na Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, o árbitro inglês Graham Poll cometeu um erro grave durante o jogo entre Croácia e Austrália, pela fase de grupos, mostrando o cartão amarelo ao zagueiro crota Josip Šimunic por três vezes! Segundo a regra do futebol, se um jogador receber dois cartões numa mesma partida deve ser expulso, mas o árbitro só mostrou o cartão vermelho ao zagueiro após a terceira advertência.

15. Maradona era o grande jogador da Copa do Mundo do México, em 1986. O craque argentino levou a seleção ao título. Mas, no caminho até lá, em jogo contra a Inglaterra, o atleta usou a mão para marcar um dos dois gols que garantiu a classificação argentina. Os ingleses reclamaram muito, pois não havia possibilidade de um baixinho como Maradona ganhar do goleiro Shilton em altura e conseguiu cabecear a bola para o gol. O atacante no final do jogo não negou a infração e ainda batizou o feito de “La Mano de Diós”.

16. Garrincha chegou a ser expulso nas semifinais contra o Chile após agredir um adversário. Após pedidos de Tancredo Neves e dos presidentes João Goulart, do Brasil, e Jorge Alessandri, do Chile, ao comitê disciplinar da Fifa, Garrincha foi perdoado e pôde jogar a final do Mundial de 1962, em que o Brasil foi bicampeão.

17. Na Copa do Mundo de 1954 na Suíça o Brasil passou a usar seu consagrado uniforme com camisa amarela e calção azul, o uniforme canarinho. Anteriormente, o Brasil usava, desde 1919, camisa branca e o calção azul. A troca de uniforme foi motivada pela derrota do Brasil na final da Copa do Mundo de 1950.

18. Serão 32 países que disputarão a taça de campeão mundial de futebol em 2018, sendo 14 seleções da Europa, 5 da Ásia, 5 da África e 8 das Américas.

19. Das 32 seleções, sete delas já foram campeãs: Brasil (5 títulos), Alemanha (4 títulos), Itália (4 títulos), Uruguai (2 títulos), Argentina (2 títulos), Espanha (1 título), França (1 título), Inglaterra (1 título).

20. O Brasil não queria correr riscos na Copa do Mundo de 1962 no Chile. Antes de disputar a semi-final contra os anfitriões, o Brasil tomou todas as medidas de segurança, incluindo preparar a própria alimentação com medo de sabotagem na comida do hotel. Ficou a cargo do dentista da equipe, Mário Trigo, comprar todos os ingredientes para preparar os sanduíches que alimentaram os brasileiros.

21. A organização da Copa do Mundo de 1978 na Argentina fez de tudo para beneficiar os anfitriões. Dentre várias coisas, fez o Brasil se deslocar nada menos que 4.255 km dentro da Argentina: de Mar del Plata para Mendoza, de lá para Rosário, de volta a Mendoza e depois para Buenos Aires. Enquanto isso, o deslocamento da seleção Argentina foi de apenas 616 km: de Buenos Aires para Rosário e de volta a Buenos Aires.

22. Islândia e Panamá vão participar da Copa pela primeira vez da Copa do Mundo.

23. Dez países que não disputaram a Copa de 2014 estarão na Rússia. São elas: Arábia Saudita, Peru, Dinamarca, Sérvia, Suécia, Polônia, Egito, Marrocos, Senegal e Tunísia.

24. O logo da Copa é inspirado na matriosca, aquela boneca tradicional russa que é um dos símbolos do país.

25. O Brasil é a seleção mais valiosa da Copa da Rússia. Com as transferências de Neymar ao PSG e Philippe Coutinho para o Barcelona, chegou a um valor de mercado de R$ 2,07 bilhões, acima de Espanha (R$ 2,03 bilhões) e Bélgica (R$ 2 bilhões).

26. O Thomas Müller é o jogador na atualidade com mais chances de se tornar o maior artilheiro da Copa do Mundo. Ele tem 10 gols em duas participações e pode superar seu compatriota Miroslav Klose como o maior goleador. O atual recordista tem 16 gols. Em 2014, no Brasil, ele ultrapassou Ronaldo, que soma 15.

27. A taça tem espaço para escrever os nomes dos vencedores até 2038. Depois de lá, provavelmente farão uma outra taça para o torneio.

28. A última vez que os italianos não estiveram em um Mundial foi há 60 anos, em 1958, na Suécia. Na Rússia, a seleção é a única das sete campeãs a não estar na disputa

29. Os voluntários estarão ajudando no processo de gerenciamento e hospedagem da Copa do Mundo da FIFA e da Copa das Confederações. Por consequência, todos receberão treinamento especial para 20 direções funcionais. Portanto, os organizadores planejam incluir mais de 5 mil pessoas para hospedar cerca de 15 mil pessoas na Copa de 2018. Dessa forma, cerca de 20 mil voluntários participarão do programa intitulado City Volunteers.

30. Além das partidas de futebol, os hóspedes também poderão visitar o FIFA Fan Fests, eventos especiais organizados pela FIFA. Consequentemente, serão áreas oficialmente dedicadas para assistir as partidas, onde todos os que não conseguem chegar ao estádio são bem-vindos. Portanto, a maneira perfeita para assistir com segurança e comodidade a cobertura ao vivo dos jogos entre as melhores equipes do mundo.

 

 

Confira também

Resenha: Christopher Robin (ursinho Pooh)

Christopher Robin – Um Reencontro Inesquecível é a mais nova aventura da Walt Disney Pictures, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *