Cultura Cubana: Conheça a riqueza do país de Havana
Menu & Busca
Cultura Cubana: Conheça a riqueza do país de Havana

Cultura Cubana: Conheça a riqueza do país de Havana

Home > Entretenimento > Cultura > Cultura Cubana: Conheça a riqueza do país de Havana

Quando imaginamos Cuba, logo pensamos em comunismo, Guerra Fria, médicos e carros velhos. São ideias que fazem parte do imaginário da maioria dos habitantes das democracias ocidentais. Esquecemos, porém, que esta ilha no meio do Caribe é habitada por pessoas que têm cultura e costumes próprios. Hoje, iremos romper as fronteiras das análises políticas e econômicas acerca deste país, falaremos de cultura cubana.

Fotografia de uma avenida da capital cubana, vê-se um carro antigo no centro da imagem.
Imagem de uma avenida da capital cubana. | Foto: Unsplash.

História e cultura cubana

Cuba, assim como o Brasil, foi  colônia de uma metrópole europeia, no seu caso, a Espanha. No entanto, antes da chegada dos castelhanos a ilha já era habitada por populações nativas (que foram dizimadas), com sua própria identidade cultural característica.

Ademais, com a chegada dos espanhóis iniciou-se o envio de pessoas escravizadas oriundas da África para a então colônia, fazendo com que ainda hoje a população afrodescendente represente uma parcela significativa do povo cubano. Sendo assim, o que conhecemos como cultura cubana é o fruto de anos de intersecção entres essas culturas distintas.

Provavelmente, a expressão cultural cubana mais conhecida fora dos limites do país é a salsa. Esse ritmo e a dança correspondente a ele foi eternizado em diversos filmes. O estilo musical criado ainda na década de 40 influencia artistas até hoje, tal qual uma cubana bastante conhecida, Camila Cabello. No seu single Havana se vê claras referências ao estilo musical seja na composição musical ou na construção visual do videoclipe.

Vale ressaltar que, no princípio, o estilo não se chamava salsa, este nome só passou a ser usado para chamar o ritmo por volta de 1970. Até aquele momento o que existia era o son cubano, uma junção das músicas espanholas com instrumentos de origem africana. Com o passar dos anos, o ritmo ganhou lugar no mercado americano, algo um tanto improvável em tempos de Guerra Fria. Consolidando-se no panteão de imagens “latinas” dos norte-americanos.

Outro estilo musical tipicamente cubano que é recorrente nos filmes hollywoodianos é o Cha Cha Cha. Quem nunca assistiu a Jennifer Lopez e o Richard Gere dançando em Dança Comigo? na Sessão da Tarde? O cha cha cha é uma dança de salão enérgica embalada por um ritmo que nos transporta para o Caribe, na qual o par de dançarinos exala sensualidade e paixão.

Não obstante, a cultura de um povo não se limita apenas a suas danças e músicas. Cuba também não decepciona no tocante a culinária, que se utiliza de ingredientes bem conhecidos nossos. Os pratos são a mescla da culinária nativa dos indígenas (mandioca, abóbora, feijão e milho), da culinária européia (carne de porco, galinha e arroz) e da culinária tradicional africana (inhame, quiabo e banana). 

Outro aspecto em que Cuba e o Brasil são semelhantes culturalmente é o Carnaval. Isso aí, não é só o nosso país que tem Carnaval. O país insular costuma ter desfiles de carros alegóricos e blocos de rua. E, assim como em nosso país, o Carnaval é considerado a maior festa popular da nação.

A colonização espanhola pautada na produção de cana-de-açúcar também deixou suas marcas no comportamento dos cubanos. O acesso fácil ao álcool oriundo das plantações possibilitou a criação das bebidas típicas cubanas: o rum, o mojito (coquetel feito com rum, limão, açúcar, gelo e hortelã) e o guarapo (garapa).

Fotografia que mostra copos de minutos, bebida típica cubana.
Mojitos, bebida típica cubana. | Foto: Unsplash.

Esses são apenas alguns aspectos culturais de Cuba, não há como citar todos. Se o assunto te interessou, tem muita informação legal na Internet. Agora, é sua vez de buscar mais informações. ‘Vamos a conocer Cuba!’

____________________________________
Por Jefferson Ricardo – Fala! UFPE

Tags mais acessadas