Covid-19 e o cérebro: como afeta até os pacientes de casos leves
Menu & Busca
Covid-19 e o cérebro: como afeta até os pacientes  de casos leves

Covid-19 e o cérebro: como afeta até os pacientes de casos leves

Home > Lifestyle > Saúde > Covid-19 e o cérebro: como afeta até os pacientes de casos leves

É um fato que, para encontrar a cura de uma doença, é necessário ter o máximo de informações sobre tal. Contudo, muitas vezes, podemos não conhecer o suficiente e nem entendê-la em sua complexidade que é o caso da Covid-19.

A doença provocada pelo novo coronavírus, ou SARS-CoV-2, tem intrigado a comunidade científica, principalmente na variação e nos diferentes sintomas que a virose pode causar no organismo. Diante disso, novas descobertas foram feitas a partir de estudos brasileiros, os quais unem as universidade da Unicamp, UFRJ e USP com mais de 50 pesquisadores direcionados à área neurológica que a doença poderia atingir.

Covid-19
Cientistas brasileiros descobrem que a Covid-19 atinge o cérebro, que pode desencadear danos neurológicos. / Foto: Reprodução.

Covid-19 pode gerar danos neurológicos

Segundo o G1, o estudo revelou resultados intrigantes sobre a ação da Covid-19 no cérebro, a qual promove mudanças significativa no córtex -parte responsável pela memória, inconsciente, linguagem e entre outros -, atrofia das células no cérebro em alguns casos e há uma grande replicação nos astrócitos, que é a célula mais abundante do sistema nervoso central.

Dessa forma, o desenvolvimento do vírus no cérebro traz outras sequelas, como explicou uma das coordenadoras do estudo, a Clarissa Lin Yasuda (Unicamp):

Nós encontramos muitos pacientes que, mesmo já tendo se curado da Covid-19 há cerca de 2 meses, continuavam apresentando sintomas neurológicos, como fortes dores de cabeça, sonolência excessiva, alteração da memória, além de perda de olfato e paladar. Em alguns casos raros, até convulsões, e esses pacientes nunca tinham sentido isso antes.

Pesquisadora e coordenadora da Unicamp, a Clarissa Lin Yasuda, segundo o G1.

A pesquisadora ainda afirmou que é possível que tal virose possa desencadear uma ativação em doenças genéticas como Alzheimer, esquizofrenia e Parkinson. Além disso, a pesquisa aponta que cerca de 30% dos pacientes apresentam problemas psiquiátricos e neurológicos por causa da Covid-19.

Em relação aos estudos anteriores, foi relatado pela revista The Lancet Neurology o resultado de uma pesquisa feita em cadáveres de pessoas que morreram com o coronavírus, em que 53% apresentou o vírus no tecido cerebral, além de constatar que tais sintomas neurológicos eram causados por uma resposta do sistema imunológico, conforme as informações do site CanalTech.

De acordo com os estudos, é importante uma maior pesquisa sobre a Covid-19 e seus sintomas que parecem não se limitar à parte respiratória, mas também se abranger ao cérebro humano. Somado a isso, também é imprescindível entender esses sintomas para que a devida imunização seja eficiente e a doença seja combatida.

______________________________
Por Amanda Marquers – Redação Fala!

Tags mais acessadas