Conheça 5 podcasts sobre crimes reais produzidos por mulheres
Menu & Busca
Conheça 5 podcasts sobre crimes reais produzidos por mulheres

Conheça 5 podcasts sobre crimes reais produzidos por mulheres

Home > Entretenimento > Cultura > Conheça 5 podcasts sobre crimes reais produzidos por mulheres

Para este ano, a melhor recomendação para o Dia Internacional da Mulher é ouvir podcasts macabros sobre crimes brutais que não vão deixar você dormir, todos comandados por mulheres incríveis. 

podcasts
Conheça 5 podcasts sobre crimes reais produzidos por mulheres. | Foto: Reprodução/ Twitter.

Podcasts sobre crimes reais produzidos por mulheres

1 – Que crime foi esse?

As amigas Anna Lívia Marques e Fernanda Rentz começaram a produzir o podcast em fevereiro de 2020, com o objetivo principal de recontar e comentar crimes reais brasileiros. 

Os episódios contam casos de assassinato de alcance nacional, como o caso Von Richthofen e Isabella Nardoni, bem como tratam de outros crimes e personalidades, como o caso de Maria da Penha, a história de Lampião, os horrores do Hospital Colônia de Barbacena e o pânico com o maior acidente radioativo brasileiro, popularmente conhecido como “Césio 137”. 

Dedicadas a dinamizar seu trabalho, as amigas trazem convidados de outros podcasts da mesma temática, e também desenvolveram uma série de episódios sobre crimes internacionais e a “Casa de Praia QCFE?”, em que discutem filmes e séries, que claro, envolve crimes e outras problemáticas sociais. 

Variando entre 30 minutos e 1 hora e meia, Anna e Rentz contam detalhadamente os fatos e apresentam os envolvidos, enquanto tecem comentários e utilizam humor ácido para envolver o ouvinte, que se sente em uma roda de conversa (macabra) entre amigos. 

2 – Cena do Crime

A jornalista e escritora Isabelle Reis começou seu podcast em 2019, roteirizando, gravando e editando cada episódio por conta própria, a jovem visita crimes de grande repercussão, nacional e internacional, como o caso de Bárbara dos Prazeres e Mary Bell. 

Em mais de 30 episódios postados, Isabelle traz especialistas para comentarem sobre os casos. Assim, advogados, historiadores e psicólogos já colaboraram com o programa. 

Um diferencial do podcast é a participação de pessoas que vivem nas proximidades de onde os fatos narrados aconteceram, complementando a narrativa com uma visão mais coletiva e atual sobre os crimes. Um ótimo exemplo é o episódio 11, sobre os crimes da Rua do Arvoredo, que traz um morador de Porto Alegre para comentar como os acontecimentos permearam a cultura local, bem como para discorrer como a população se comporta em relação aos crimes, se a história ainda corre fiel aos fatos, se é um tabu ou não.

3 – Fábrica de Crimes

As amigas Mari e Rob produzem o podcast desde 2019, e fielmente no primeiro e décimo quinto dia do mês, um episódio de até uma hora é postado.

Intercalando a narrativa entre elas, as amigas estabelecem uma conversa, em uma dinâmica mais intimista, com uma delas contando sobre um crime e a outra comentando e fazendo perguntas. Diversos crimes já foram abordados. No Instagram do podcast, todos os documentos, fontes e, sobretudo, imagens relacionadas estão disponíveis para os seguidores.

4 – Mulheres Criminosas

Ainda se sabe pouco sobre as apresentadoras do podcast, original das produtoras Spotify Studios & Parcast, lançado em novembro de 2020, e de episódios semanais.

Apresentando-se como Sônia e Luciana, tratam de crimes cometidos por mulheres, dedicando-se, principalmente, ao perfil psicológico e motivações da criminosa. Dividindo a história em dois episódios, as apresentadoras contam a sucessão de fatos de maneira detalhada, com uma trilha sonora e efeitos que buscam trazer o ouvinte para dentro da narrativa.

Decifrando o pensar e agir de uma criminosa, Sônia e Luciana já trataram sobre as Bruxas de Salém, as “Meninas Manson” e Bonnie Parker, conhecida por seus crimes ao lado de seu parceiro, Clyde.

5 – Modus Operandi

Com um ano recém-completado no ar, a produção de Carol Moreira e Mabê Bonafé terminou 2020 sendo o podcast de true crime mais ouvido do Brasil, e para 2021, promete ainda mais com o “Além do Crime”, programa apresentado no canal de YouTube oficial da Netflix, sobre as séries de crimes reais do streaming, e o lançamento de um livro pela editora Intrínseca. 

Os mais de 60 episódios contam crimes de repercussão mundial, como alguns dos mais pedidos pelo público: Jack, o Estripador e o Zodíaco. 

Há também os quadros especiais de cada apresentadora, o “Caso Bizarro”, em que Mabê conta sobre crimes que envolvem mistérios sobrenaturais ou teorias da conspiração e lê e-mails dos ouvintes contando suas próprias experiências, e o FAQ, apresentado por Carol Moreira, que além de responder perguntas do público sobre o podcast, traz especialistas da área jurídica e da psicologia para tratar de diversos assuntos. 

No Instagram do podcast, as apresentadoras se revezam no “Modus Dicas”, que toda sexta-feira dá aos seguidores indicações de filmes, séries e livros. Pelo canal oficial do podcast no YouTube, você pode conferir a gravação em vídeo de alguns episódios.

_________________________________
Por Mariana Naves – Fala! UFG

Tags mais acessadas