Ceará 2 x 1 Corinthians: Após nova derrota, Timão se encontra no Z-4
Menu & Busca
Ceará 2 x 1 Corinthians: Após nova derrota, Timão se encontra no Z-4

Ceará 2 x 1 Corinthians: Após nova derrota, Timão se encontra no Z-4

Home > Notícias > Esporte > Ceará 2 x 1 Corinthians: Após nova derrota, Timão se encontra no Z-4

A história se repete. Corinthians enfrentou o Ceará no Castelão, neste domingo à noite. Com um jogo sem vontade e com um jogador a mais na partida, o clube alvinegro perde chegando a sua 5ª partida sem vencer, com 3 empates e 2 derrotas. Depois da derrota, Timão se encontra na 17ª colocação do Campeonato Brasileiro, abrindo a zona de rebaixamento somente à frente de Goiás, Bragantino e Coritiba. 

Análise – Ceará 2 x 1 Corinthians

Antes do jogo, o técnico Coelho optou jogar com Luan como centroavante, fazendo uma função de falso nove na área, colocando três volantes na partida sendo que um deles, Ederson, não estava sendo relacionado nas partidas. Porém, Coelho escolheu colocá-lo na partida ignorando os pedidos da torcida de colocar o jovem Xavier em campo.

Primeiro tempo, gols de ambos os lados. Primeiro saiu com a falha de Fernando Prass, no chute de Leo Natel fora da área, na ponta esquerda do campo adversário. Minutos depois do jogo, Gil faz gol contra, abrindo a perna e sem intenção uma bola forte para Cassio, empatando no Castelão. 

No segundo tempo, a posse era cearense, dando trabalhos para Cássio, porém, numa jogada na ponta defensiva do Ceará, Eduardo foi expulso após cotovelada no queixo de Leo Natel. Com um jogador a mais na partida, Corinthians não conseguiu atacar, jogando num modo sem a bola e defensivo.

O jogo estava indo para o empate, porém Cássio fez pênalti numa atrapalhada da zaga, ao fazer a reposição para o goleiro, Cássio se complicou e acabou dando o pênalti, e o Ceará marcou seu segundo gol na partida. No apito final, Cássio foi expulso após confrontar o juiz. Apesar da derrota, o Timão teve mais posse de bola no jogo todo, com 61%, mas chutando menos ao gol (15×10).

Depois da partida, Coelho foi dar entrevistas coletivas, retrucando o jornalista que fez uma pergunta do porquê optou três volantes sendo que um deles não vinha jogando e não escolher a promessa da base, Xavier, para partida, que vinha tendo bons resultados. A resposta de Coelho foi simples e curta: “Próxima pergunta, por favor”.

Os confrontos anteriores, o único time que o Timão enfrentou que estava brigando na parte de cima da tabela, era o seu rival Santos que acabou no empate, ou seja, quatro jogos contra times que estão brigando para não cair, com o total de 15 pontos jogados, e apenas 3 pontos feitos.

É seu pior começo de Campeonato desde seu último rebaixamento em 2007, de acordo com torcedores fanáticos pelo clube, esse Corinthians não sabe o que está dando errado, mas é o pior futebol apresentado pelo clube em anos. De acordo com presidente, Andrés Sanchez, a culpa não é do técnico, e sim dele e dos jogadores, e vão fazer de tudo para tirar o clube dessa situação. 

O próximo jogo do Corinthians será contra o Athletico Paranaense fora de casa, as 21h30 no horário de Brasília. Timão precisará da vitória para fugir de sua situação horrível, e contará com um novo técnico, Vagner Mancini, que não foi muito bem recebido pela torcida corinthiana.

Corinthians
Cássio confronta juiz em partida do Corinthians contra o Ceará. | Foto: Reprodução.

Nota dos jogadores

  • Cássio – Nota 3,5: Não falhou no primeiro gol, mas fez uma atitude infantil fazendo pênalti, dando a derrota para o clube. Para completar, foi expulso e desfalcará no jogo contra o Athletico.
  • Fagner – Nota 5: Não apareceu muito na partida, fazendo seu trabalho.
  • Bruno Mendes – Nota 5: Jogou no lugar de Danilo Avear, que se machucou na última partida. O uruguaio fez uma boa partida, mas não apareceu muito, dando mais destaque negativo para seu companheiro de zaga.
  • Gil – Nota 2: Fez gol contra e participou na atrapalhada da reposição, teve sua chance de se redimir no final da partida, sozinho, chutou na trave, desperdiçando as chances de empate. Além, também, de vários passes incompletos e jogadas falhadas.
  • Lucas Piton – Nota 5: Se machucou no começo da partida, dando lugar ao Sidcley.
  • Sidcley – Nota 4,5: Não ajudou muito na defensiva, deixando adversários passarem no seu canto, perdendo disputas que poderiam ser mortais.
  • Gabriel – Nota 5: Fez sua melhor partida desde que volto como titular, principalmente não fez falta e não prejudicou o ataque. Deu bons passes e boas reposições, porém não atacou, voltando para a defesa.
  • Cazares – Nota 5: Não apareceu muito, entrou no meio do segundo, porém deu opção para Mancini de ser o novo titular.
  • Ederson – Nota 5,5: Atacou no gol com seus chutes e fez bons passes. 
  • Roni – Nota 5: Entrou no segundo tempo, mas não fez a diferença. 
  • Ramiro – Nota 6: Jogou bem, deu chutes perigosos e protegeu bem o centro do campo.
  • Gustavo Mantuan – Nota 5: Sua melhor partida como titular, porém não foi eficaz na partida.
  • Jo – Nota 4: Colocou Luan de volta para sua posição, fazendo o jogo ficar mais lento e repetindo os mesmos erros de vários jogos.
  • Leo Natel – Nota 6,5: Vem se destacando nas partidas, fez o gol, inverteu de posição com Mantuan, procurando espaços na defesas.
  • Gustavo Mosquito – Nota 4: Não fez a diferença, entrando no lugar do melhor a partida e, como o Jo, desacelerou o jogo, não encontrando uma solução. 
  • Luan – Nota 4,5: Testado em uma nova posição, não foi bem, mas trouxe leveza para a equipe fluir no meio de campo. 
  • Coelho – Nota 1: Escolheu jogadores errados, insistindo no erro do último jogo, não arrumou as peças no meio da partida, espalhando seus jogadores no campo, parecia que estava perdido. Ainda mais, irritou mais a torcida, com sua resposta da coletiva, desrespeitando o jornalista e também a torcida corinthiana.

_________________________________
Por Fernando Sid – Fala! Mack

Tags mais acessadas