Benazira Djoco: conheça a empreendedora guineense 
Menu & Busca
Benazira Djoco: conheça a empreendedora guineense 

Benazira Djoco: conheça a empreendedora guineense 

Home > Notícias > Mercado > Benazira Djoco: conheça a empreendedora guineense 

A empreendedora guineense, Benazira Djoco, criou a sua marca de roupas BD com o intuito de empregar mães solteiras, refugiadas imigrantes e demais pessoas com poucos recursos financeiros, sobretudo neste período da pandemia de Covid-19. A fundadora acredita que esse empreendimento será um regaço acolhedor no sentido de minimizar desafios de muitas mulheres, proteger as mais necessitadas e promover a equidade de género.

A seguir, conheça mais detalhes da marca de Benazira Djoco. 

Benazira
Benazira Djoco, criadora da marca de roupas BD. | Foto: Kátia Reis

BD, marca de Benazira Djoco 

A ideia de dinamizar as causas sociais através da moda sempre foi o modus operandis da Benazira Djoco. Essa ideia sempre a acompanhou, desde o início da sua carreira como manequim e miss. É de realçar que a Benazira foi eleita Miss Mundo Paraíba em 2011 e sempre priorizou a área social como um desafio da sua vida e onde gostaria de realizar os seus sonhos de infância. 

Tem dedicado a sua vida, uma década, ao serviço das causas sociais, abraçou inúmeros projetos sociais de diferentes ONGs, sempre com o objetivo de contribuir efetivamente na vida dos mais carenciados. 

O seu último projeto, que surgiu através de convivências com muitas mulheres carentes no pique da pandemia, consiste em valorizar o trabalho artesanal de muitas mulheres no Brasil na sua marca BD. A marca surgiu como o rosto de muitas vozes oprimidas e desvalorizadas nos subúrbios do Brasil.

Benazira
A BD busca incentivar a liderança feminina . | Foto: Reprodução

A BD acredita piamente que, por meio da inclusão social e da valorização da mão-de-obra dessas mulheres, a marca poderá ser a ponte entre as comunidades mais desfavorecidas e futuras empreendedoras vindas dessas comunidades. Com essa cooperação pretende-se que haja um maior compromisso com as mulheres que sofrem de violência doméstica, desempregadas, mendigas e outras em situações precárias.

Não obstante os fatos acima discutidos, a BD tem como missão capacitar essas mulheres com aptidões sociais e laborais. Nesse sentido, a BD pretende potencializar mais mulheres na liderança das suas próprias empresas. A liderança feminina no mercado de trabalho tem sido um tabu em muitas empresas, muitas mulheres com perfil de líder e com competências para tal, são subvalorizadas só porque são mulheres.

Em suma, a marca visa apoiar mulheres vulneráveis, vítimas de violência doméstica, premiar mulheres talentosas desconhecidas que vivem em situações precárias, criar parcerias com entidades e pessoas com o mesmo objetivo

_________________________
Por Benazira Djoco – Fala! UNIESP PB

Tags mais acessadas