Belo é preso após show que gerou aglomerações no Complexo da Maré
Menu & Busca
Belo é preso após show que gerou aglomerações no Complexo da Maré

Belo é preso após show que gerou aglomerações no Complexo da Maré

Home > Entretenimento > Famosos e TV > Belo é preso após show que gerou aglomerações no Complexo da Maré

O cantor Belo foi preso na tarde de hoje, quarta-feira (17), após causar aglomerações. O artista é investigado por realizar um show no último sábado (13) no Complexo da Maré.

Belo é acusado de gerar aglomerações no Rio de Janeiro.
Belo é acusado de gerar aglomerações no Rio de Janeiro. | Foto: Reprodução/TV Globo.

Além de Belo, são alvos da investigação sócios da produtora Série Gold e o chefe do tráfico do Parque União. A averiguação foi realizada pela Delegacia de Combate às Drogas (DCOD).

O cantor já foi preso anteriormente por tráfico de drogas e associação ao tráfico.

Belo é acusado de promover aglomerações no Complexo da Maré

O cantor Belo foi preso na tarde de hoje após a DCOD realizar uma investigação sobre uma festa clandestina no Complexo da Maré. No último sábado, ele realizou um show no local que gerou aglomerações, algo que estava proibido no Rio de Janeiro devido a pandemia de Covid-19.

A apresentação foi realizada dentro de uma escola estadual no Parque União e investigações apontam que o evento foi organizado pelo tráfico de drogas da Maré.

Imagens do show de Belo no último sábado (13).
Imagens do show de Belo no último sábado (13). | Foto: Reprodução/TV Globo.

Além de Belo, foram averiguados os produtores musicais Célio Caetano e Henrique Marques e o chefe do tráfico do Parque União, Jorge Luiz Moura Barbosa (Alvarenga).

Policiais afirmam que será investigada a invasão à Escola Estadual Professor César Pernetta, local em que o show foi realizado. Segundo as autoridades, a escola é propriedade do Estado do Rio de Janeiro e não foi concedida para eventos.

Belo declarou que não cometeu crime algum. Segundo o artista, sua equipe seguiu todos os protocolos exigidos contra o novo coronavírus e não são responsáveis pelo número de pessoas no local. Ele afirma que realizar um show não é um crime.

Fizemos o show seguindo todos os protocolos. Não temos controle do geral. Isso nem os governantes têm. As praias estão lotadas, transportes públicos, e só quem sofre as consequências são os artistas. Que foi o primeiro segmento a parar, e até agora não temos apoio de ninguém sobre a nossa retomada. Sustentamos mais de 50 famílias.

trecho de entrevista concedia à TV Globo

A equipe de Belo não se manifestou até o fim dessa matéria e o cantor permanece detido provisoriamente. A investigação intitulada É O Que Eu Mereço (nome de uma das canções do artista) segue em andamento.

Histórico criminal

Essa não será a primeira vez que Belo é preso. O cantor foi acusado de tráfico de drogas e associação ao tráfico em 2004, com uma pena de 8 anos de reclusão. Ele foi encontrado em sua casa, escondido em um cômodo com paredes falsas, cerca de 40 minutos após a chegada da polícia em sua residência.

Belo, porém, já havia sido condenado, em 2002, há 37 dias de reclusão por envolvimento com traficantes da região em que morava.

Em 2007, 3 anos após sua prisão, o artista conseguiu o direito à liberdade condicional. Em 2008, a pena foi cumprida e o artista se manteve afastado, até então, de acusações.

_____________________________________________

Por Luiza Nascimento – Redação Fala!

Tags mais acessadas