Aumente sua imunidade apenas com uma alimentação natural
Menu & Busca
Aumente sua imunidade apenas com uma alimentação natural

Aumente sua imunidade apenas com uma alimentação natural

Home > Lifestyle > Saúde > Aumente sua imunidade apenas com uma alimentação natural

A frequente ingestão de nutrientes é o segredo para a imunidade alta. Veja o que comer para blindar sua saúde

Aumente sua imunidade apenas com uma alimentação natural. | Foto: Reprodução.

Em linhas gerais, imunidade é a capacidade do organismo se defender de um patógeno (bactéria, fungo ou parasita), ou seja, um agente causador de doenças. E o sistema imune é formado por medula óssea, timo, vasos linfáticos, linfonodos e glóbulos brancos (anticorpos). 

De maneira simples, estes últimos atuam como células de defesa, que desempenham a função de soldados protetores de um território (corpo humano) e atacam os inimigos (microrganismos) na guerra (doença).

No entanto, para uma atuação eficiente  dos combatentes, precisamos fazer a nossa parte. E é pela ingestão de alimentos, ricos em substâncias importantíssimas, que tudo começa!

É necessário informar que os alimentos listados a seguir foram indicados por profissionais que acumulam mais de 10 anos de experiência na área. Lucianna Jardim é Nutricionista pela Uerj e Mestre em Ciência dos Alimentos pela UFRJ, e Tatiana Zanin, Licenciada em Ciências da Nutrição e Alimentação pela Universidade Católica de Santos (UniSantos) e especialista em Nutrição Clínica pela Universidade do Porto.

Alimentos que aumentam a imunidade

Água

benefícios da água
A água é essencial para a saúde do corpo. | Foto: Reprodução.

O hábito de beber, no mínimo, 2L de água por dia é fundamental. Quando há pouca água dentro da célula, as atividades metabólicas ficam prejudicadas, como o transporte de nutrientes e de oxigênio, além de o aspecto do sangue alterar. Esses danos significam falhas na resposta imunológica.

A protagonista das reações químicas dos organismos também é crucial para regular a temperatura do nosso corpo.

Alho 

Apresenta uma composição rica de selênio e zinco, nutrientes antioxidantes, capazes de evitar gripes, resfriados e outras doenças. Além de vitamina A e C, ele é fonte de alicina, uma substância estimuladora da resposta imunológica.

O alho pode diminuir e diluir o muco nos pulmões.  E, mais: a ingestão, em grande quantidade, de alho está diretamente ligada à redução do risco do aparecimento de câncer.

Alimentos com betacaroteno

Tomate, pimentão, pimenta e cenoura são exemplos de fontes do betacaroteno. Essa substância se transforma  em vitamina A e protege o corpo contra infecções.

Carnes

benefícios das carnes
As carnes são ricas em proteínas. | Foto: Reprodução.

Elas contêm aminoácidos, vitamina B12 e zinco, fundamentais para fortalecer a imunidade.

Cebola

A quercetina nela presente potencializa a imunidade, prevenindo doenças virais e alérgicas. O ideal é ingeri-la crua.

Cogumelo shitake

Esse cogumelo é rico em alicina, que é um princípio ativo estimulante da produção das células de defesa (macrófagos e linfócitos). Somado a isso, ele também contém aminoácidos  imunoprotetores.

Frutas cítricas

A laranja, o limão, a tangerina, a acerola e o abacaxi são altamente concentradas em vitamina C. Essas frutas têm poder antioxidante que ajuda a diminuir o dano celular. Entretanto, essa vitamina é perdida quando exposta ao sol, assim como,  ao ser aberta, a fruta deve ser consumida imediatamente. 

Gengibre

Por sua importante ação bactericida e alto teor de vitamina B6 e C, ele auxilia na defesa do organismo. É rico em antioxidantes e em propriedades antibacterianas.

Mel 

benefícios do mel
Além de gostoso, o mel ajuda a aumentar a imunidade. | Foto: Reprodução.

Alimento fonte de vitaminas, minerais e flavonoides (antioxidantes), ele tem ação bactericida e ajuda a combater infecções. Mas, atenção, consuma moderadamente, pois ele tem muitos carboidratos e pode te fazer engordar.

Oleaginosas

Nozes, castanhas, amêndoas e óleos vegetais são ricos em vitamina E. Essa vitamina é excelente para os idosos, pois age no combate à diminuição de imunidade natural  provocado pela idade.

Contudo, não exagere. As castanhas, por exemplo, são calóricas e o selênio consumido em excesso pode provocar intoxicação.

Peixes

Indispensável para a saúde cerebral, os peixes apresentam um tipo de gordura insaturada (saudável) que não é produzida pelo corpo: o Ômega 3.  O atum, a sardinha e o salmão são bons exemplos de alimentos com esse composto.

Vegetais verde-escuros

benefícios dos vegetais verde-escuros
Vegetais verde-escuros são aconselhados para quem quer aumentar a imunidade. | Foto: Reprodução.

Couve, brócolis e espinafre são exemplos ricos em minerais e vitaminas (potássio, ácido fólico, magnésio e vitaminas A, C e K). Esses alimentos colaboram no funcionamento intestinal, pois alimentam as “bactérias boas” que habitam a nossa flora intestinal. Eles também atuam na maturação das células imunes, combatendo infecções. 

_____________________________________
Por Ana Paula Jaume – Fala! UFRJ

Tags mais acessadas