A evolução de Pedro Neto, português que se destaca na Premier League
Menu & Busca
A evolução de Pedro Neto, português que se destaca na Premier League

A evolução de Pedro Neto, português que se destaca na Premier League

Home > Notícias > Esporte > A evolução de Pedro Neto, português que se destaca na Premier League

Na atual temporada do futebol europeu, alguns jovens jogadores têm se destacado atuando nas principais ligas do continente. Na França, os centroavantes Moise Kean e Amine Gouiri, ambos aos 20 anos, já marcaram 11 e 10 gols, respectivamente, na liga até agora. Na Itália, o sérvio Dušan Vlahović é o grande destaque da Fiorentina na temporada, enquanto na Alemanha, a dupla Erling Haaland e Jadon Sancho acumula 23 gols e 13 assistências na Bundesliga. Já na terra da rainha, o português Pedro Neto vem sendo uma boa surpresa atuando pelo Wolverhampton, substituindo com excelência o seu compatriota Diogo Jota, que foi vendido ao Liverpool.

Pedro Neto
O português Pedro Neto em ação pelo Wolverhampton, da Inglaterra. | Foto: Semferr Sport.

Pedro Neto

Nascido em Viana do Castelo, no extremo norte de Portugal, Pedro integrou as categorias de base do Braga aos 13 anos de idade, após atuar alguns anos no pequeno Vianense da sua cidade natal.

Ele foi se desenvolvendo com o passar do tempo, tendo estreado na equipe B em maio de 2017, ao entrar no 2º tempo da derrota para o Porto B por 3×2 pela 2ª divisão portuguesa. Na mesma semana, o garoto também estreou no time principal na elite, na goleada por 4×0 contra o Nacional pela 33ª rodada, além de, com apenas 9 minutos em campo, marcar o último gol da partida, tornando-se o mais jovem a anotar pelo Braga na história do torneio. Pedro Neto também atuou na última rodada, jogo em que o Braga perdeu por 2×0 para o Tondela.

futebol
O jovem Pedro Neto comemorando o seu primeiro gol como profissional pelo Braga. | Foto: Reprodução/Twitter/@PortuBall.

Com essa ascensão meteórica, o português atraiu o interesse de grandes clubes europeus e a Lazio, da Itália, contratou o ponta-direita e seu compatriota Bruno Jordão, também jogador do Braga, por empréstimo, com uma obrigação de compra de 26 milhões de euros para obter ambos.

Inicialmente, Pedro Neto foi integrado à equipe sub-19, tendo atuado em 10 jogos na Primavera 1 pela temporada 2017/2018. No ano seguinte, ele se juntou ao time principal, mas não teve muitas chances, jogando apenas 4 partidas na liga italiana e uma pela Copa Itália. Sem espaço no clube italiano, o jovem foi contratado pelo Wolverhampton, da Inglaterra, por quase 18 milhões de euros.

Na temporada 2019/2020, Pedro estreou na nova equipe no jogo de volta da 3ª fase classificatória da Liga Europa, em uma goleada por 4×0 contra o FC Pyunik, onde o português anotou 1 gol e deu uma assistência. Ao todo, ele atuou em 44 partidas, marcando 5 vezes e distribuindo 5 passes para gol, tendo entrado no 2º tempo na maior parte dos jogos.

Pela seleção portuguesa, Pedro Neto é convocado com frequência desde a categoria sub-17. Sua estreia no time sub-21 aconteceu em setembro de 2019, em uma goleada por 4×0 contra Gibraltar pelas eliminatórias da próxima Eurocopa dessa idade. Já o seu primeiro jogo pela equipe principal, ocorreu ano passado, em um amistoso contra a seleção de Andorra que resultou na vitória por 7×0, onde ele abriu o placar da partida e se tornou o primeiro jogador nascido em 2000 a atuar por Portugal.

futebol europeu
Pedro Neto em sua estreia pela seleção principal de Portugal. | Foto: Getty Images.

Mantendo essa sua grande evolução, Pedro Neto vem tendo grande destaque na atual temporada nos Wolves. Já são 5 gols e 4 assistências, tendo jogado 26 das 29 rodadas da Premier League como titular. O elenco do clube inglês conta com mais 7 portugueses e dois brasileiros, além do treinador Nuno Espírito Santo, fator que auxilia muito na rápida adaptação do jovem atleta.

Características do jogador

Pedro é um ponta que pode atuar tanto na direita quanto na esquerda, e até de segundo atacante. Tem um cruzamento excepcional, é muito bom no drible e extremamente útil nos contra-ataques. Também possui uma bela visão de jogo e ótimo chute de fora da área, pecando apenas na sua contribuição defensiva e nos duelos aéreos.

Com contrato até 2025, ele é o jogador mais promissor do time do Wolverhampton, uma joia que tem que ser lapidada ao longo dos anos e que, com certeza, renderá grandes frutos, tanto para os ingleses quanto para a seleção de Portugal.


*Nós, do projeto Esporte em Pauta, estamos realizando uma parceria com o Fala!; se quiser ter acesso a mais conteúdos sobre os mais variados esportes, procure nossa página no Instagram (@esporte_em_pauta) e no Twitter (@EsportePauta).

____________________________
Por Victor Fardin – Fala! PUC

Tags mais acessadas