5 curiosidades sobre Brunei: saiba tudo sobre este país
Menu & Busca
5 curiosidades sobre Brunei: saiba tudo sobre este país

5 curiosidades sobre Brunei: saiba tudo sobre este país

Home > Lifestyle > Viagens > 5 curiosidades sobre Brunei: saiba tudo sobre este país

Brunei é um pequeno país no Sudeste Asiático, pouco conhecido dos brasileiros, próximo a países como Indonésia e Malásia. O país, inclusive, possui nome e sobrenome, Negara Brunei Darussalam, que traduzido para o português significa “Nação de Brunei, a Morada da Paz”.

brunei
Skyline de Bandar Seri Begawan, em 2019. | Foto: Wikimedia.

Brunei quase não aparece nos noticiários, a última grande repercussão internacional sobre o país foi por conta de uma lei controversa. Em 2019, Brunei iria aprovar uma lei que punia a homossexualidade com apedrejamento, com a crítica internacional, a lei foi deixada de lado. No entanto, a homossexualidade ainda é crime no país e é passível de até 10 anos de prisão.

Apesar das inúmeras polêmicas envolvendo os direitos humanos e o país, o interesse turístico por este pequeno sultanato no meio do Sudeste Asiático só aumenta. Então, iremos te contar 5 curiosidades sobre o país.

Curiosidades sobre Brunei

turismo em brunei
Mapa de Brunei. | Foto: Wikimedia.

Principais informações sobre o país:

  • Capital: Bandar Seri Begawan
  • Língua: Malaio
  • Moeda: Dólar de Brunei (BND)
  • População: 411.900

O 5º país mais rico do mundo

Em 2012, a revista americana Forbes classificou Brunei como o 5º país mais rico do mundo, usando como base o PIB per capita. No período, o país possuía um PIB per capita de US$48,333. O pequeno país ficou à frente de países europeus desenvolvidos, como Holanda, Suíça e Áustria.

A riqueza do país é majoritariamente oriunda de recursos minerais. O petróleo foi descoberto na região em 1929 e, atualmente, é responsável por mais da metade do PIB do país. O petróleo e o gás natural são os alicerces do enriquecimento do país e da família real bruneana.

Brunei é um sultanato

No imaginário ocidental, sultanatos são formas de governo que se perderam com o tempo, só existentes nos filmes como Aladdin (1992). Mas Brunei é um sultanato moderno, lá o sultão é chefe de Estado e governo, além de acumular as funções de Ministro da Defesa e das Finanças.

O atual sultão é Hassanal Bolkiah e o herdeiro é seu filho mais velho, Al-Muhtadee Billah, que já possui cargos políticos no país. O sultão, além de ser chefe de Estado e governo, também é responsável pelo legislativo, todos os membros do parlamento são nomeados por ele.

O sultão de Brunei é uma das pessoas mais ricas do planeta

Sultão de Brunei
Sultão de Brunei em visita aos EUA em 2002. | Foto: WIkimedia.

O sultão de Brunei, Hassanal Bolkiah, é uma das pessoas mais ricas do planeta, com uma fortuna próxima a US$20 bilhões. Hassanal costuma gastar seu enorme patrimônio com carros, de acordo com o Guinness Book, ele possui a maior coleção de Rolls-Royce do mundo. O Guinness estimou, em 2011, que Bolkiah possuía 500 carros da marca.

O sultão também possui outro recorde registrado pelo Guinness: o de maior palácio residencial. O Istana Nurul Iman, residência oficial do sultão, possui 200.000 m², 1.788 cômodos e 257 banheiros. O palácio foi construído em 1984, desenhado pelo arquiteto Leandro V. Locsin com o designer de interiores Khuan Chew e custou US$1.4 bilhões.

Um país majoritariamente muçulmano

Brunei, assim com seus vizinhos Malásia e Indonésia, possui uma significativa população islâmica. Estudiosos acreditam que o islamismo se enraizou por volta do século XIV e, atualmente, é a religião seguida por maior parte da população, além de ser considerada a religião oficial do país.

A influência do islã na vida cotidiana e política é tão grande que o sultão também se intitula chefe da religião em Brunei. Inclusive, o sistema jurídico do país, baseado no direito comum britânico devido ao período em que Brunei foi protetorado do país europeu, vem sendo substituído pela sharia, lei islâmica. Um exemplo foi a lei polêmica sobre punição para homossexualidade, que abarcava outros crimes sexuais, como adultério e estupro também.

turismo
Mesquita do sultão Omar Ali Saifuddin  em Brunei. | Foto: Wikimedia.

Eles não falam árabe, mas escrevem no alfabeto árabe

Se você for para Brunei, verá em todos os cantos escritos no alfabeto árabe, mas os bruneanos não falam árabe. Pode parecer contraditório, mas a língua oficial do país é o malaio, língua falada em várias ilhas do Sudeste Asiático.

Porém ao contrário do que acontece em outros países da região, onde o malaio é escrito no alfabeto latino, em Brunei, o idioma é escrito com o alfabeto árabe. Então, se Brunei for o destino das suas férias em 2021, é bom aprender um pouquinho de alfabeto árabe.

_____________________________________
Por Jefferson Ricardo – Fala! UFPE

Tags mais acessadas