'365 Dni': 'Azul é a Cor Mais Quente' é opção para assistir hoje
Menu & Busca
‘365 Dni’: ‘Azul é a Cor Mais Quente’ é opção para assistir hoje

‘365 Dni’: ‘Azul é a Cor Mais Quente’ é opção para assistir hoje

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > ‘365 Dni’: ‘Azul é a Cor Mais Quente’ é opção para assistir hoje

365 Dni é famoso por suas cenas quentes, mas também por suas polêmicas. Quando Massimo Torricelli (Michele Morrone) sequestra Laura Biel (Anna-Maria Sieklucka), ele dá à jovem um ano para que ela se apaixone por ele. No entanto, se ela não se apaixonar, ele a libertará após os 365 dias.

Com isso, sua trama foi alvo de diversas críticas. Assim, a romantização do abuso e a idealização do sequestro foram alguns dos pontos mais criticados. Apesar de explicações por parte da Netflix, petições ainda pedem a remoção do erótico do catálogo. De acordo com o porta-voz da plataforma, não há motivos para retirá-la, já que o serviço apenas comprou sua licença para exibir.

Por mais que a gigante do streaming tenha exposto seu ponto de vista, assinantes continuaram reclamando de sua postura perante o longa. Além disso, a cantora Duff alertou que a produção é “irresponsável, além de perigosa”, e também questionou a Netflix.

Em contrapartida, Azul é a Cor Mais Quente foi um dos queridinhos das críticas. De acordo com o Screen Rant, o longa francês foi um dos “filmes eróticos/romances mais aclamados pela crítica de todos os tempos”. Pensando nisso, conheça sua história abaixo.

365 Dni
Azul é a Cor Mais Quente e 365 Dni. | Foto: Montagem/Reprodução.

365 Dni: Azul é a Cor Mais Quente é opção para assistir hoje

Tanto 365 Dni quanto Azul é a Cor Mais Quente trazem narrativas dramáticas. No entanto, o primeiro aborda a questão do sequestro, e o segundo, a descoberta da sexualidade.

Adèle (Adèle Exarchopoulos) é uma jovem introvertida de 15 anos. Durante o ensino médio, a garota passa a se questionar sobre sua sexualidade. Mas, um dia, ao passear pelas ruas, vê Emma (Léa Seydoux), uma estudante de arte com cabelos azuis. Assim que observa a garota, percebe que ela é sua primeira paixão – pelo menos por outra mulher.

Vivendo em um ambiente conservador, Adèle se vê no meio de um dilema. De um lado, ama Emma e quer ter um relacionamento com ela; do outro, não quer decepcionar sua família. Dessa forma, decide viver um amor secreto e passa a questionar a moral vigente de seus familiares.

Assim como 365 Dni, o filme francês apresenta várias cenas quentes entre as protagonistas. Inclusive, elas chamaram atenção e provocaram uma resposta controversa de algumas pessoas mais conservadoras.

Apesar de tudo, Azul é a Cor Mais Quente tem avaliação máxima no site AdoroCinema e recebe 7,7/10 do IMDb.

_____________________________________
Por Isabela Cagliari – Redação Fala!

Tags mais acessadas