Vídeos de OVNIs dos EUA: Entenda o que é fato ou fake
Menu & Busca
Vídeos de OVNIs dos EUA: Entenda o que é fato ou fake

Vídeos de OVNIs dos EUA: Entenda o que é fato ou fake

Home > Notícias > Urbano > Vídeos de OVNIs dos EUA: Entenda o que é fato ou fake

No último dia 27, uma segunda-feira, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos (DoD) divulgou três vídeos nos quais aparecem objetos voadores não identificados, os famosos OVNIs. Um deles data de 2004, enquanto os outros dois são de janeiro de 2015. Os vídeos, contudo, já circulavam na internet previamente, tendo sido publicados pelo New York Times, em dezembro de 2017 e em março de 2018.

Ainda no fim do ano passado, o vice-chefe de operações navais da marinha americana, Joseph Gradisher, atestou a veracidade das gravações. Segundo Gradisher, os vídeos não deveriam ter vindo a público na época. A novidade no caso é que, dessa vez, foi o próprio governo estadunidense que revelou a existência das imagens, o que tem deixado a comunidade de ufólogos entusiasmada com o fato de que os Estados Unidos estariam, indiretamente, admitindo a possibilidade de existência de vida inteligente extraterrestre.

O Departamento de Defesa está divulgando os vídeos de modo a esclarecer alguns equívocos sobre a autenticidade ou não das filmagens que estão circulando, assim como a possível existência de mais vídeos. O fenômeno aéreo observado nas gravações continua caracterizado como ‘não identificado’.

Afirmou o DoD

declaração veiculada no site do DoD, lançada em conjunto com os vídeos, deixa claro que não há uma explicação concreta para os fenômenos aéreos presentes nas fitas. Sendo assim, as imagens por si só não servem de validação para possíveis teorias a respeito dos OVNIs, que “não se comporta(m) de acordo com as leis da física”, nas palavras do piloto da marinha responsável pela gravação de 2004, na costa californiana.

objetos voadores não identificáveis
Objeto voador não identificado em filmagens de 2004. | Foto: Departamento de Defesa dos Estados Unidos/Getty Images.

Em entrevista à emissora britânica Sky News, Leroy Chiao, ex-astronauta da NASA e comandante da Estação Espacial Internacional (ISS), falou sobre o que os vídeos, agora tornados públicos de forma oficial, poderiam revelar:

Esses objetos provavelmente fazem parte de algum tipo de programa militar secreto. E o que esses pilotos viram era real. Eles viram. Os filmaram e fotografaram. O Pentágono assumiu ter classificado o conteúdo como ‘não identificado’ porque havia muita especulação. Os vídeos já haviam sido divulgados, então por que não vir a público admitir que as filmagens existem e são legítimas, ainda que não sabiam o que são?

Disse o ex-astronauta americano

Segundo as palavras de Leroy Chiao, pode ainda não ter sido dessa vez que um registro de um encontro com uma inteligência alienígena foi feito. Por outro lado, animando os mais entusiastas do assunto, não há um posicionamento oficial sobre a origem dos OVNIs até o momento, o que significa que nenhum cenário pode ser excluído antecipadamente.

Após uma análise criteriosa, o departamento determinou que a divulgação oficial desses vídeos, ainda não classificados, não revela nenhum sistema ou capacidade sensitiva, e não compromete investigações posteriores sobre fenômenos aéreos desconhecidos no espaço aéreo militar

Declarou o DoD

_________________________________________
Por Carlos Vinícius Magalhães – Fala! UFRJ

Tags mais acessadas